Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Corolla Cross: novo SUV da Toyota tem porte do Compass e motor híbrido

Novo SUV médio será fabricado no Brasil em 2021 com motor híbrido flex e será posicionado entre o Corolla sedã e o RAV4

Por Henrique Rodriguez Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 12 mar 2021, 11h01 - Publicado em 9 jul 2020, 00h52
A despeito do nome, pouca coisa no design remete ao sedã Corolla
A despeito do nome, pouca coisa no design remete ao sedã Corolla (Divulgação/Toyota)

O mistério acabou. O Toyota Corolla Cross, SUV derivado do sedã médio mais vendido do Brasil, foi revelado na Tailândia.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

Mas não se deixe enganar pela distância entre o Brasil e o país asiático. O modelo já está com passaporte carimbado e terá produção nacional em 2021.

Traseira com lanternas horizontais lembra o RAV4
Traseira com lanternas horizontais lembra o RAV4 (Divulgação/Toyota)

A plataforma é a TNGA-C, mesma arquitetura modular encontrada no próprio Corolla. E ainda que o design exterior seja bem diferente do sedã, basta ver o interior: é exatamente igual nos dois carros, com direito ao mesmo quadro de instrumentos digital.

Corolla Cross tem porte de Jeep Compass
Corolla Cross tem porte de Jeep Compass (Divulgação/Toyota)

As dimensões deixam mais claro com quem o Corolla Cross concorrerá no Brasil. Tem 4,46 m de comprimento, 1,82 m de largura, 1,62 m de largura e 2,64 m de entre eixos – 4 cm a menos que o sedã Corolla e exatamente a mesma medida de um Jeep Compass. O porta-malas tem 487 l de capacidade com kit de reparos ou 440 l quando com estepe de uso temporário.

Corolla Cross tem porte de Jeep Compass
(Divulgação/Toyota)

O irmão maior RAV4, que parece inspirar algumas linhas do SUV Corolla, é baseado na plataforma TNGA-K e ainda maior: tem 4,60 m de comprimento, 1,85 m de largura, 1,68 m de altura e entre eixos de 2,69 m.

Corolla Cross tem porte de Jeep Compass
(Divulgação/Toyota)

A lista de equipamentos do SUV para o mercado tailandês é mais farta que a do Corolla vendido no Brasil. Inclui frenagem autônoma de emergência, assistente de permanência em faixa e piloto automático adaptativo.

Corolla Cross tem porte de Jeep Compass
(Divulgação/Toyota)

O modelo ainda tem seletor de modos de condução, central multimídia com tela de nove polegadas, sete airbags, ar-condicionado de duas zonas, farol alto automático, monitor de pontos cegos, câmeras com visão 360° e alerta de tráfego traseiro.

Corolla Cross tem porte de Jeep Compass
(Divulgação/Toyota)

Versões mais baratas na Tailândia terão motor 1.8 de 142 cv que chegou a ser usado pelo Corolla no passado. Por aqui, será substituído pelo 2.0 flex com injeção direta e 177 cv. Ele vem acoplado ao câmbio CVT com 10 marchas simuladas.

Mas a motorização que rouba as atenções é a híbrida, idêntica a usada pelo sedã médio nacional. Combina o motor 1.8 de ciclo Atkinson e 98 cv a motores elétricos integrados ao câmbio CVT, com mais 72 cv. A potência combinada é de 122 cv.

Continua após a publicidade
Corolla Cross tem porte de Jeep Compass
(Divulgação/Toyota)

O Toyota Corolla Cross nacional será produzido em Sorocaba (SP), na mesma fábrica hoje responsável por Etios e Yaris. Internamente o SUV médio é chamado de Projeto 740B e o início da produção local está previsto para 2021.

O cronograma inicial previa o início da produção em março do ano que vem, mas o prazo pode atrasar em alguns meses devido à pandemia do novo coronavírus.

Continua após a publicidade
Corolla Cross tem porte de Jeep Compass
(Divulgação/Toyota)

Até lá, os vindouros VW Tarek e Ford Territory já terão sido lançados no Brasil. Estes serão os principais rivais do Toyota.

O Corolla Cross deverá orbitar a faixa de R$ 150.000, aproximando-se de R$ 200.000 nas versões mais caras. É a faixa de preço onde, até o ano passado, estava o Toyota RAV4.

Continua após a publicidade

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da nova edição de quatro rodas? clique aqui e tenha o acesso digital.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da nova edição de quatro rodas? 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.