Confira as novidades do Salão de Milão de 2014

Evento reúne as principais marcas do mercado motociclístico

Confira as novidades do Salão de Milão de 2014 Confira as novidades do Salão de Milão de 2014

Confira as novidades do Salão de Milão de 2014 (/)

Um dos mais renomados eventos da indústria motociclística global é o Salão de Milão (EICMA), cuja edição de 2014 ocorreu entre os dias 6 e 9 deste mês. Veja abaixo os principais lançamentos feitos pelas montadoras.

BMW

Entre os destaques da BMW no Salão de Milão estão os modelos F800R e S1000 XR 2015. Além de passar por grande reestilização visual, a moto naked teve sua mecânica revisada, com a potência ampliada de 87 para 90 cv. Primeira e segunda marchas do câmbio de seis velocidades foram encurtadas. Com novo guidão e pedaleiras mais baixas e recuadas, a posição de pilotagem ficou mais agradável.

Agora a F800R 2015 conta com suspensão com garfos invertidos na dianteira, freios ABS com pinças radiais Brembo, suspensão eletrônica, controles de tração e pressão dos pneus.

Já a completamente nova BMW S1000 XR é a versão tourer da grande naked S 1000 R. A moto conta com visual bastante esportivo, com bloco quatro cilindros, o mesmo 999 cc da S1000 R (versão mais mansa do motor da S1000 RR) e entrega 160 cv de potência a 11.000 rpm, com torque máximo de 11,42 kgfm a 9.250 giros.

Como itens de série, a novidade da BMW em Milão traz freios ABS desconectáveis, sistema ASC de controle de estabilidade em curvas e modos de pilotagem “Rain” e “Road”. Já como opcionais aparece o ABS Pro, que pode controlar a frenagem em terrenos inclinados. Há ainda o controle de tração dinâmico DTC e os modos de condução “Dynamic” e “Dynamic Pro”, além da suspensão eletrônica Dynamic ESA.

Ducati

A grande novidade da Ducati em Milão foi, sem dúvida alguma, a superesportiva 1299 Panigale. Com motor Superquadro de 1.285 cc, a moto entrega 205 cavalos a 10.500 rpm e um torque máximo de 14,75 kgfm a 8.750 rpm, pesando 166,5 kg (peso seco).

A 1299 Panigale standard apresenta três modos de condução (Race, Sport e Wet), tela de LCD com sistema indicador de inclinação, sistema de Unidade de Medição Inercial (IMU), que melhora a estabilidade, Ducati Safety Pack (com controle de tração e freios ABS com a função de curvas), Ducati Quickshift, amortecedores Sachs, anti-wheelie e controle de estabilidade em frenagem.

A Ducati 1299 Panigale S, por sua vez, acrescenta controles adicionais para funções como controle de tração e anti-wheelie, suspensão semi-ativa Öhlins Smart EC, luzes full LED, telemetria, rodas de alumínio forjado e pára-choques de fibra de carbono.

O outro destaque da fabricante italiana fica por conta da nova Multistrada 1200, equipada com motor desmodrômico de 1198 cc com 160 cavalos a 9.500 rpm e 13,87 kgfm de torque a 7.500 rpm.

A Ducati Multistrada 1200 conta com três versões e quatro pacotes de equipamentos. Na cor vermelha com rodas pretas, a moto vem equipada com controle de cruzeiro, quatro modos de condução, Ride-by-wire, controle de tração com oito níveis, anti-wheelie, altura do assento ajustável e painel de instrumentos com display de LCD.

A versão S soma ainda freio dianteiro com disco duplo de 330 milímetros Brembo M504 de 4 pistões, rodas leves de alumínio, suspensões Sachs semiativas, sistema multimídia Ducati, faróis full LED com função de curva e tela de LCD de cinco polegadas.

>> VEJA MAIS: Confira nossa galeria do Salão de Milão 2014!

Honda

A motocicleta mais esperada no estande da Honda no Salão de Milão 2014 finalmente deu as caras, mas sem muitos detalhes. A RS213V-S, versão de rua da badalada moto campeã do Mundial de MotoGP, apareceu em forma de protótipo. A fabricante japonesa, porém, não revelou nenhum dado técnico e de desempenho do modelo.

Ainda na onda dos conceitos, agora para o fora-de-estrada, a Honda expôs a True Adventure Concept, que será a sucessora da Honda Africa Twin, vencedora do Paris-Dakar 1989 com Gilles Lalay. Como aconteceu com a RC213V-S Concept, a Honda não divulgou nenhum dado técnico e desempenho da True Adventure.

A Honda aproveitou o Salão de Milão para mostrar a linha VFR atualizada, como a completamente nova VFR800X Crossrunner 2015, que agora conta com suspensão de curso mais longo e novas rodas com visual agressivo, controle de tração (HSTC), sistema de freios ABS, conjunto óptico com LED e manoplas com aquecimento. Agora o modelo gera mais torque em médias rotações e mais potência. O bloco V4-VTEC de 16 válvulas entrega 106 cavalos a 10.250 rpm e 7,65 kgfm de torque a 8.500 giros.

Sem mudanças na parte mecânica, a VFR1200F 2015 agora também será oferecida na nova cor Pearl Glare White. A VFR1200X Crosstourer, esportiva aventureira, ganhou Edições Especiais nas cores Digital Silver Metallic/Pearl Glare White e Digital Silver Metallic/Black, sem alterações no restante da moto.

Kawasaki

Depois de mostrar o conceito H2R em Colônia, todas as expectativas no estande da Kawasaki no Salão de Milão estavam voltadas para a nova Ninja H2. Equipada com o motor de quatro cilindros em linha de 998 cc, com compressor, gera 200 cavalos de potência a 11.000 rpm e 13,56 kgfm de torque a 10.500 giros, com câmbio manual de seis velocidades. Aceleração, velocidade média e consumo não foram divulgados pela Kawasaki.

A outra sensação da fabricante japonesa em Milão foi a pequena Z300, versão naked da Ninjinha. O modelo conta com o mesmo motor bicilíndrico em paralelo e chassi tubular de aço da irmã esportiva, entregando 39 cv de potência e 2,8 kgfm de torque, com câmbio de seis marchas.

Triumph

Os grande destaque da Triumph no Salão de Milão 2014 ficou por conta da nova Tiger 800 2015 e suas quatro novas versões. O modelo agora é oferecido como Tiger 800 XR, mais esportiva, e Tiger 800 XC, voltada para o uso off-road, com edições mais equipadas, chamadas de Tiger 800 XRx e XCx.

O design dos modelos ficou mais agressivo e a segunda geração do bloco de 800 cc três cilindros produz 95 cavalos de potência a 9.250 rpm e 8 kgfm de torque a 7.850 giros, passando por otimização para reduzir o consumo em 17%. O modelo também conta com ride-by-wire atualizado, controle de tração Triumph (TTC), freios ABS desconectáveis, computador de bordo e tomada 12V de série.

Yamaha

As superesportivas roubaram a cena no Salão de Milão 2014, e no estande da Yamaha não podia ser diferente, com o destaque para a nova YZF-R1. Com motor quatro cilindros de 998 cc, a nova R1 entrega 200 cv de potência a 13.500 rpm e torque de 11,46 kgfm a 11.500 rpm, com relação peso/potência de 1 kg por cv. A novidade da Yamaha vem com controle de largada, anti-wheelie, controle de tração e sistema de unificado de freio com ABS de competição.

Recém-lançada no Brasil, a nova MT-09 ganhou uma versão tourer, apresentada no Salão de Milão. O motor é o mesmo três cilindros, quatro válvulas e refrigeração líquida de 850 cc, da naked, que gera 115 cv de potência a 10.000 rpm e 8,9 kgfm de torque a 8.500 rpm, com câmbio de seis marchas.

A nova dianteira carenada e aerodinâmica, traz faróis de LED e para-brisa ajustável em três posições, com visual atrativo e simplista. Display multifuncional de LCD também se destaca.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s