Clique e assine por apenas 8,90/mês

Confira as novidades do Salão de Milão de 2014

Evento reúne as principais marcas do mercado motociclístico

Por Redação - Atualizado em 9 nov 2016, 14h09 - Publicado em 11 nov 2014, 16h46
Confira as novidades do Salão de Milão de 2014

Um dos mais renomados eventos da indústria motociclística global é o Salão de Milão (EICMA), cuja edição de 2014 ocorreu entre os dias 6 e 9 deste mês. Veja abaixo os principais lançamentos feitos pelas montadoras.

BMW

Entre os destaques da BMW no Salão de Milão estão os modelos F800R e S1000 XR 2015. Além de passar por grande reestilização visual, a moto naked teve sua mecânica revisada, com a potência ampliada de 87 para 90 cv. Primeira e segunda marchas do câmbio de seis velocidades foram encurtadas. Com novo guidão e pedaleiras mais baixas e recuadas, a posição de pilotagem ficou mais agradável.

Agora a F800R 2015 conta com suspensão com garfos invertidos na dianteira, freios ABS com pinças radiais Brembo, suspensão eletrônica, controles de tração e pressão dos pneus.

Já a completamente nova BMW S1000 XR é a versão tourer da grande naked S 1000 R. A moto conta com visual bastante esportivo, com bloco quatro cilindros, o mesmo 999 cc da S1000 R (versão mais mansa do motor da S1000 RR) e entrega 160 cv de potência a 11.000 rpm, com torque máximo de 11,42 kgfm a 9.250 giros.

Como itens de série, a novidade da BMW em Milão traz freios ABS desconectáveis, sistema ASC de controle de estabilidade em curvas e modos de pilotagem “Rain” e “Road”. Já como opcionais aparece o ABS Pro, que pode controlar a frenagem em terrenos inclinados. Há ainda o controle de tração dinâmico DTC e os modos de condução “Dynamic” e “Dynamic Pro”, além da suspensão eletrônica Dynamic ESA.

Ducati

A grande novidade da Ducati em Milão foi, sem dúvida alguma, a superesportiva 1299 Panigale. Com motor Superquadro de 1.285 cc, a moto entrega 205 cavalos a 10.500 rpm e um torque máximo de 14,75 kgfm a 8.750 rpm, pesando 166,5 kg (peso seco).

A 1299 Panigale standard apresenta três modos de condução (Race, Sport e Wet), tela de LCD com sistema indicador de inclinação, sistema de Unidade de Medição Inercial (IMU), que melhora a estabilidade, Ducati Safety Pack (com controle de tração e freios ABS com a função de curvas), Ducati Quickshift, amortecedores Sachs, anti-wheelie e controle de estabilidade em frenagem.

A Ducati 1299 Panigale S, por sua vez, acrescenta controles adicionais para funções como controle de tração e anti-wheelie, suspensão semi-ativa Öhlins Smart EC, luzes full LED, telemetria, rodas de alumínio forjado e pára-choques de fibra de carbono.

O outro destaque da fabricante italiana fica por conta da nova Multistrada 1200, equipada com motor desmodrômico de 1198 cc com 160 cavalos a 9.500 rpm e 13,87 kgfm de torque a 7.500 rpm.

A Ducati Multistrada 1200 conta com três versões e quatro pacotes de equipamentos. Na cor vermelha com rodas pretas, a moto vem equipada com controle de cruzeiro, quatro modos de condução, Ride-by-wire, controle de tração com oito níveis, anti-wheelie, altura do assento ajustável e painel de instrumentos com display de LCD.

A versão S soma ainda freio dianteiro com disco duplo de 330 milímetros Brembo M504 de 4 pistões, rodas leves de alumínio, suspensões Sachs semiativas, sistema multimídia Ducati, faróis full LED com função de curva e tela de LCD de cinco polegadas.

>> VEJA MAIS: Confira nossa galeria do Salão de Milão 2014!

Continua após a publicidade

Honda

A motocicleta mais esperada no estande da Honda no Salão de Milão 2014 finalmente deu as caras, mas sem muitos detalhes. A RS213V-S, versão de rua da badalada moto campeã do Mundial de MotoGP, apareceu em forma de protótipo. A fabricante japonesa, porém, não revelou nenhum dado técnico e de desempenho do modelo.

Ainda na onda dos conceitos, agora para o fora-de-estrada, a Honda expôs a True Adventure Concept, que será a sucessora da Honda Africa Twin, vencedora do Paris-Dakar 1989 com Gilles Lalay. Como aconteceu com a RC213V-S Concept, a Honda não divulgou nenhum dado técnico e desempenho da True Adventure.

A Honda aproveitou o Salão de Milão para mostrar a linha VFR atualizada, como a completamente nova VFR800X Crossrunner 2015, que agora conta com suspensão de curso mais longo e novas rodas com visual agressivo, controle de tração (HSTC), sistema de freios ABS, conjunto óptico com LED e manoplas com aquecimento. Agora o modelo gera mais torque em médias rotações e mais potência. O bloco V4-VTEC de 16 válvulas entrega 106 cavalos a 10.250 rpm e 7,65 kgfm de torque a 8.500 giros.

Sem mudanças na parte mecânica, a VFR1200F 2015 agora também será oferecida na nova cor Pearl Glare White. A VFR1200X Crosstourer, esportiva aventureira, ganhou Edições Especiais nas cores Digital Silver Metallic/Pearl Glare White e Digital Silver Metallic/Black, sem alterações no restante da moto.

Kawasaki

Depois de mostrar o conceito H2R em Colônia, todas as expectativas no estande da Kawasaki no Salão de Milão estavam voltadas para a nova Ninja H2. Equipada com o motor de quatro cilindros em linha de 998 cc, com compressor, gera 200 cavalos de potência a 11.000 rpm e 13,56 kgfm de torque a 10.500 giros, com câmbio manual de seis velocidades. Aceleração, velocidade média e consumo não foram divulgados pela Kawasaki.

A outra sensação da fabricante japonesa em Milão foi a pequena Z300, versão naked da Ninjinha. O modelo conta com o mesmo motor bicilíndrico em paralelo e chassi tubular de aço da irmã esportiva, entregando 39 cv de potência e 2,8 kgfm de torque, com câmbio de seis marchas.

Triumph

Os grande destaque da Triumph no Salão de Milão 2014 ficou por conta da nova Tiger 800 2015 e suas quatro novas versões. O modelo agora é oferecido como Tiger 800 XR, mais esportiva, e Tiger 800 XC, voltada para o uso off-road, com edições mais equipadas, chamadas de Tiger 800 XRx e XCx.

O design dos modelos ficou mais agressivo e a segunda geração do bloco de 800 cc três cilindros produz 95 cavalos de potência a 9.250 rpm e 8 kgfm de torque a 7.850 giros, passando por otimização para reduzir o consumo em 17%. O modelo também conta com ride-by-wire atualizado, controle de tração Triumph (TTC), freios ABS desconectáveis, computador de bordo e tomada 12V de série.

Yamaha

As superesportivas roubaram a cena no Salão de Milão 2014, e no estande da Yamaha não podia ser diferente, com o destaque para a nova YZF-R1. Com motor quatro cilindros de 998 cc, a nova R1 entrega 200 cv de potência a 13.500 rpm e torque de 11,46 kgfm a 11.500 rpm, com relação peso/potência de 1 kg por cv. A novidade da Yamaha vem com controle de largada, anti-wheelie, controle de tração e sistema de unificado de freio com ABS de competição.

Recém-lançada no Brasil, a nova MT-09 ganhou uma versão tourer, apresentada no Salão de Milão. O motor é o mesmo três cilindros, quatro válvulas e refrigeração líquida de 850 cc, da naked, que gera 115 cv de potência a 10.000 rpm e 8,9 kgfm de torque a 8.500 rpm, com câmbio de seis marchas.

A nova dianteira carenada e aerodinâmica, traz faróis de LED e para-brisa ajustável em três posições, com visual atrativo e simplista. Display multifuncional de LCD também se destaca.

Continua após a publicidade
Publicidade