Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Compacto ou médio? Hyundai Creta está mais caro que iX35 pela primeira vez

Novo Creta 2022 teve aumento de preços tão significativo que já invadiu o segmento de SUVs médios

Por Henrique Rodriguez 31 ago 2021, 08h44

Hyundai tem leds nas luzes de posição e nos retrovisores

A fábrica da Hyundai em Piracicaba (SP), hoje responsável pela produção da família HB20 e do Creta, estava em construção quando o Hyundai iX35 estreou no Brasil, em 2010. Importado da Coreia do Sul no início, o SUV médio encontrou seu espaço como alternativa mais moderna ao velho Tucson.

Mas o tempo passou. Mesmo sendo nacional desde 2013, o Hyundai iX35 se tornou daqueles carros que você nem lembra que ainda são vendidos – foram emplacadas 1.739 unidades de janeiro a julho. E agora, pela primeira vez, ele está mais barato que o Hyundai Creta.

Novo Hyundai Creta 2022 testado por QUATRO RODAS
Fernando Pires/Quatro Rodas

Com reestilização profunda, o Hyundai Creta 2022 tem versões com preços entre R$ 107.490 e R$ 146.990. Já o iX35 é vendido em versão única há alguns anos, a GL 2.0 que custa R$ 130.990. Inclusive é vendido como linha 2022.

O visual não é moderno, mas ainda é atual

Desta forma, o iX35 ainda é mais barato que o Creta nas versões Platinum com motor 1.0 TGDI, de R$ 135.490, e também mais barato que o Creta Ultimate 2.0, de R$ 146.990.

Novo Hyundai Creta testado por QUATRO RODAS
Fernando Pires/Quatro Rodas
Continua após a publicidade

Por sinal, houve uma atualização do motor 2.0 16V aspirado que equipa o Creta, que ganhou 1 cv e passou a receber o nome “Smartstream”. Na prática, ele passou a usar o mesmo motor que equipava o iX35 desde 2017 – quando recebeu start-stop.

Na prática, os dois carros têm motor 2.0 16V flex de 167/157 cv a 6.200 rpm e 20,6/19,2 kgfm a 4.600 rpm. Além do mesmo câmbio automático de seis marchas.

Painel tem acabamento inferior com aplicação de plástico duro

É curioso. O iX35 ainda tem todas as benesses de um SUV médio, como a carroceria maior (são 21 cm a mais no comprimento e 3 cm a mais no entre-eixos) e a suspensão traseira multilink. Mas seu pacote de equipamentos está defasado. Até tem controles de estabilidade e tração, central multimídia com câmera de ré, limitador e controlador de velocidade, chave presencial e rodas aro 17″. Mas tem apenas dois airbags, os dianteiros, obrigatórios.

Novo Hyundai Creta testado por QUATRO RODAS

Todo Creta tem seis airbags. A versão Platinum, que talvez seja a mais interessante do SUV compacto, ainda soma teto solar panorâmico, sistema de câmeras 360º e o monitoramento de pontos cegos nos retrovisores externos.

O Creta Ultimate ainda tem faróis full-LED, rodas aro 18” e o pacote de segurança avançada com alerta de colisão com frenagem autônoma, assistente de permanência em faixa, farol alto automático e controle de cruzeiro adaptativo. Mas seria difícil justificar os R$ 146.990 pedidos até mesmo se fosse um SUV médio.

 

Continua após a publicidade

Publicidade