Clique e assine por apenas 8,90/mês

Como chineses pronunciam os nomes das marcas de carro?

Vídeo mostra como fabricantes são chamados na Ásia e também revela a verdadeira pronúncia das empresas chinesas

Por Redação - Atualizado em 1 ago 2020, 10h06 - Publicado em 1 ago 2020, 10h02

Já percebeu que nós, brasileiros, acabamos “aportuguesando” algumas marcas de carros ­– provavelmente há algum inglês rindo cada vez que ouve “Evóque”. E como será que fica a pronúncia do outro lado do mundo, na China, onde algumas palavras ocidentais são completamente desconhecidas?

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

O canal MG (por favor, não confunda com o fabricante anglo-chinês) publicou um vídeo no qual demonstra como as empresas automotivas passaram a ser chamadas no país asiático. Além disso, também revela como os nativos falam BYD, Chery e até Haval, marca de SUVs cotada para o Brasil.

Continua após a publicidade

Há três anos, o site Coches.net fez algo parecido. Só que, em vez de demonstrar as adaptações do nome em determinado país, os espanhóis foram atrás das pronuncias corretas: colocaram conterrâneos para falar cada empresa. Nesta, entram trava-línguas, como a sueca Koenigsegg e a tcheca Škoda.

E nem é preciso apelar aos fabricantes que nunca chegaram oficialmente ao Brasil para surgirem dúvidas. É o caso de modelos bem conhecidos do público, mas que ainda dividem opiniões quanto à entonação. Afinal, o Chevrolet é “Côbalt” ou “Cobált”? E BMW se lê como sigla ou termina em “vê?

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da edição de maio da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Arte/Quatro Rodas
Publicidade