Clique e assine por apenas 5,90/mês

Chevrolet Cobalt está mais equipado – e caro – na linha 2018

Pela primeira vez o sedã rompeu a barreira dos R$ 70 mil – versão Elite custa R$ 71.490

Por Henrique Rodriguez - Atualizado em 29 jun 2017, 19h36 - Publicado em 29 jun 2017, 19h34
Cor Cinza Satin Steel é novidade Divulgação/Chevrolet

A Chevrolet já iniciou as vendas do Cobalt 2018. O sedã recebe alguns equipamentos, como luz de neblina na base do para-choque traseiro e os sistemas Isofix e Top Tether, ambos utilizados em ancoragem para cadeirinha infantil.

As mudanças mais relevantes são notadas nos preços. O sedã rompeu a barreira dos R$ 70 mil na versão topo de linha Elite. Com aumento de R$ 1.500, passou dos R$ 69.990 para os R$ 71.490.

Agora há uma luz de neblina no meio do para-choque traseiro Divulgação/Chevrolet

A versão de entrada, LTZ com câmbio manual de seis marchas, passou dos R$ 62.990 para R$ 64.390, um aumento de R$ 1.400. Para o LTZ com câmbio automático de seis marchas o aumento foi menor, de R$ 780: passou dos R$ 67.780 para R$ 68.570.

A linha 2018 do Cobalt também ganha nova cor metálica para a carroceria: cinza Satin Steel. Outras opções são branco Summit, prata Switchblade, marrom Mogno Brown, cinza Graphite, azul Blue Eyes e preto Ouro Negro.

Divulgação/Chevrolet

Como aconteceu com Onix e Prisma, os logotipos da traseira foram reposicionados. Agora o nome do carro fica na esquerda e o da versão, na direita – como é no resto do mundo.

Continua após a publicidade
Publicidade