Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

BYD King estreia no Brasil em duas versões e parte dos R$ 175.800

Sedã híbrido plug-in repete motorização do Song Plus, pode rodar até 120 km em modo totalmente elétrico mas será oferecido sem nenhum recurso ADAS

Por João Vitor Ferreira
Atualizado em 8 jul 2024, 15h22 - Publicado em 18 jun 2024, 11h28

Por aqui, você acompanhou o anunciou do BYD King e até a chegada das primeiras centenas de unidades do sedã no porto de Suape, em Pernambuco. Quem assistiu à TV no domingo, pôde acompanhar a revelação oficial do carro no programa Caldeirão do Huck, junto de um bônus de R$ 6 mil para quem adquirir o carro na pré-venda. Mas ainda faltava o preço.

Agora, não falta mais. A montadora anunciou hoje que o híbrido plug-in chega ao Brasil por R$ 175.800 em sua versão básica GL. Acima dela, ainda teremos a versão GS que custará R$ 187.800. O carro ainda está nos processos finais de homologação. Com o bônus, que segue válido até amanhã (19), o King acaba saindo por R$ 169.800 e R$ 181.800, nas respectivas versões.

A principal diferença das versões são as baterias e o motores elétricos. O King GL terá bateria de 8,3 kWh, enquanto o King GS terá bateria de 18,3 kWh. Na prática, uma versão tem motores do Song Plus 2024 e outra tem os motores do 2025.

Outra mudança está nos motores. O motor 1.5 aspirado a gasolina, que antes tinha 110 cv, agora tem 105 cv e os mesmos 13,8 kgfm. O motor elétrico da versão com 8,3 kWh tem 179 cv e 32,2 kgfm, enquanto a versão com bateria de 18,3 kWh recebe um motor de 194 cv e 33,1 kgfm.

BYD King DM-I 2024
(Divulgação/BYD)

Com as mudanças, o King GL chega aos 209 combinados. Já o topo de linha totaliza 235 cv e, segundo os números da versão chinesa de mesma configuração, ele vai de 0 a 100 km/h em 7,9 segundos. Já a autonomia máxima é de 1.200 km, podendo rodar ainda 120 km em modo puramente elétrico na versão topo de linha. Na versão mais básica, o alcance elétrico cai para 55 km.

Em termos de dimensões, o BYD King é maior que um Toyota Corolla. São 4,78 m de comprimento (14 cm a mais), 2,72 m de entre-eixos (2 cm a mais)), 1,84 m de largura (6 cm a mais) e 1,49 m de altura (6 cm a mais). No banco traseiro, o assoalho é mais alto para acomodar as baterias, o que tira um pouco o conforto. Mas há saídas de ar dedicadas e duas portas USB.

Equipamentos do BYD King

O King GL chega equipada com central multimídia de 12,8” com Android Auto e Apple CarPlay, wifi integrado, quatro portas USB, painel de instrumentos de 8,8”, aplicativo sem chave NFC, câmera 360º, sistema de som com 6 alto-falantes, quatro portas USB tipo A (duas dianteiras e duas traseiras), freio de estacionamento eletrônico e sensores de estacionamento dianteiros e traseiros.

BYD King DM-I 2024
(Divulgação/BYD)

A versão GS ganha ainda sistema de som de oito auto falantes, iluminação ambiente, ar-condicionado digital de duas zonas, ajuste elétrico para o banco do passageiro e faróis de LED com DLR integrado.

Porém, a lista encerra por aí. Ficam faltando ao King sistemas ADAS, uma diferença em relação ao modelo equivalente vendido em sua terra natal. Na China, o sedã traz recursos avançados de assistência ao motorista, como por exemplo piloto automático adaptativo (ACC), assistente de permanência em faixa e reconhecimento de placas.

Compartilhe essa matéria via:

A BYD também está dando inicio a uma parceria com a Arval para iniciar a oferta de carros por assinatura. O King estará disponível nessa modalidade, com uma mensalidade de R$ 4.992, em um contrato de 36 meses com franquia de 1.500 km por mês.

BYD King DM-I 2024
Retoques internos podem incluir seletor giratório de marcha, mas não espere grandes mudanças (Divulgação/BYD)

Briga acirrada

Em questão de preços, o King chegou para rivalizar com o Toyota Corolla, o sedã grande que domina o segmento atualmente. Pelo preço base de ambas as versões, o BYD é mais barato que o Corolla Altis Hybrid, que está custando R$ 190.120. Ele também tem a possibilidade de tirar possíveis compradores da versões a combustão do sedã japonês, que custam entre R$ 151.010 e R$ 185.320

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.