Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

BMW revela o novo Série 8, nosso próximo cupê dos sonhos

Cupê de quatro lugares tem a missão de substituir o Série 6

Por Henrique Rodriguez 18 jun 2018, 11h50
BMW 8 Series Coupe
Divulgação/BMW

Um dos ícones da década de 90 está de volta. O BMW Série 8 é a resposta da fabricante bávara ao luxuoso Mercedes-Benz Classe S Coupé.

O melhor de tudo é que o Série 8 de produção está bem próximo da versão conceitual mostrada há um ano

BMW 8 Series Coupe
Lanterna traseira é inspirada no BMW i8 Divulgação/BMW

A estreita grade dianteira bipartida foi deslocada para cima, mas os faróis definitivos continuam afilados (e, como opção, podem ser de laser). As tomadas de ar do para-choque ganharam formato mais próximo do convencional.

A traseira não tem linhas tão limpas quanto as do conceito, mas as lanternas mantiveram muitas das formas originais.

BMW 8 Series Coupe
Série 8 tem faróis laser como opcional Divulgação/BMW

O interior foge do convencional dos BMW. O console central é elevado e não é tão voltado para o motorista. Os botões estão concentrados ao redor da alavanca de câmbio e sob as saídas de ar centrais.

Ele ainda tem um novo quadro de instrumentos digital com tela de 10,25 polegadas. A central multimídia, com tela horizontal, é sensível ao toque.

BMW 8 Series Coupe
Console central é largo e alto Divulgação/BMW

O Série 8 é grande: são 4,84 m de comprimento, 1,90 m de largura, 1,34 m de altura e 2,82 m de entre-eixos. Isso explica seus 1.965 kg. 

Continua após a publicidade
BMW 8 Series Coupe
Quadro de instrumentos digital é uma das novidades do cupê Divulgação/BMW

Mas a preocupação com a aerodinâmica também é grande. A parte inferior do carro é praticamente toda vedada e há controle ativo das aletas da grade para diminuir o arrasto aerodinâmico.

Os braços dos espelhos retrovisores, bastante estreitos, também foram criados pensando no fluxo do ar.

BMW 8 Series Coupe
Teto é feito de composto leve e tem vincos aerodinâmicos Divulgação/BMW

O teto é feito de plástico reforçado com fibra de carbono (CFRP, na sigla em inglês). Este material ajuda a abaixar o centro de gravidade, mas as ondulações da superfície facilitam o fluxo do ar.

  • Há duas opções de motores. Em vez de um V12, o motor mais potente desta fase é o V8 4.4 biturbo. Na versão M850i ​​xDrive ele produz 530 cv e 76,5 mkgf.

    BMW 8 Series Coupe
    BMW Sério 8 tem 0-100 km/h declarado de 3,7 segundos Divulgação/BMW

    São 68 cv e 10,2 mkgf (praticamente um Renault Kwid) a mais em relação ao antigo 650i, quem ele substitui.

    Com tração integral e câmbio automático de oito marchas, o M850i ​​chega aos 100 km/h em 3,7 segundos, de acordo com a BMW. A velocidade é limitada eletronicamente em 250 km/h.

    BMW 8 Series Coupe
    Divulgação/BMW

    A versão mais mansa é a 840d xDrive, com motor 3.0 de seis cilindros em linha com 320 cv e 69,3 mkgf. Esta versão acelera de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos. 

    O esportivo também contará com uma versão M8, que deverá ser revelada nos próximos meses.

    Continua após a publicidade
    Publicidade