Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

BMW mais vendido no Brasil, X1 ganha tapa no visual a quase R$ 200.000

Com preços promocionais para o lançamento, reestilização chega com missão de manter modelo como best seller também entre SUVs premium

Por Renan Bandeira Atualizado em 17 out 2019, 23h31 - Publicado em 17 out 2019, 14h31
A grade dianteira segue a identidade visual dos lançamentos da marca. Divulgação/BMW

A BMW anunciou que a linha 2020 do X1 começará a ser vendida na próxima segunda-feira (21).

SUV premium e também carro da marca alemã mais vendido no Brasil, o modelo segue com as três versões de acabamento: sDrive 20i GP, sDrive 20i XLine e xDrive 25i Sport.

QUATRO RODAS já conheceu e experimentou as novidades do X1 em sua apresentação mundial, em Munique, na Alemanha. Produzido no Brasil, o novo X1 é uma reestilização da geração atual, lançada em 2015.

O SUV ganhou faróis novos, tipo full-led matriciais, e trocou as antigas luzes de neblina redondas por novas em formato retangular.

Assim como em outros modelos da BMW, também recebeu uma grade dianteira em duplo-rim (bem) maior.

Porém, a mudança não é só estética: aletas móveis internas variam a abertura da tomada de ar, a fim de melhorar a refrigeração do motor ou a eficiência aerodinâmica do carro, a depender das condições de uso.

X1 está renovado para enfrentar a concorrência Divulgação/BMW

Na traseira, as ponteiras de escapamento ganharam diâmetro maior e as lanternas também são full-led.

Por dentro, pouco mudou. O veículo ganhou mais materiais e padrões de acabamento e agora contará com iluminação ambiente com seis possibilidades de cores distintas (branco, laranja, bronze, lilás, verde e azul).

Continua após a publicidade

Além disso, a central multimídia cresceu. Na versão de entrada, subiu de 8 para 8,8 polegadas; nas demais, foi 10,25 polegadas.

Sob o capô, o X1 conta com um motor flex quatro-cilindros turbo de 2 litros. Nas versões de entrada e intermediária, o propulsor é acoplado a uma transmissão automática de oito marchas com paddleshift e rende 192 cv (5.500 rpm) e 28,5 mkgf (1.250 rpm). Nessa configuração, faz o 0 a 100 km/h em 7,7 segundos e atinge a máxima de 225 km/h.

A cabine ganhou novos materiais e padrões de acabamento Divulgação/BMW

A topo de linha compartilha motor e câmbio, mas conta com sistema de tração integral. Ela é capaz de entregar 231 cv (5.000 rpm) e 35,7 mkgf (1.250 rpm), e vai de 0 a 100 km/h em 6,5 segundos, com uma máxima de 235 km/h.

O modelo segue com o Driving Experience Control, no qual o condutor pode ajustar o modo de condução entre: Comfort (padrão), Eco-Pro (mais eficiente) e Sport (mais dinâmica).

A marca já divulgou os preços de cada versão. Os acabamentos de entrada e intermediária terão desconto para compra exclusivamente no dia do lançamento. Confira:

Versão Preço normal Preço no lançamento
X1 sDrive 20i GP R$ 196.950 R$ 189.950
X1 sDrive 20i XLine R$ 216.950 R$ 209.950
X1 xDrive 25i Sport R$ 235.950

Itens de série

O acabamento X1 sDrive 20i GP conta com ar-condicionado automático digital; volante esportivo multi-funcional revestido em couro; retrovisores externos com memória, aquecimento e rebatimento; abertura e fechamento automático do porta-malas; pacote de luzes internas; assistente de estacionamento com câmera de ré; sensores de estacionamento; sensores de luminosidade e chuva; controle de cruzeiro; rodas de liga leve aro 18.

  • A sDrive 20i X Line vem com os itens da versão de entrada, mais assentos dianteiros esportivos com regulagem elétrica e memória, Sistema de Navegação Plus, Head-up Display e teto solar panorâmico.

    A mais completa, xDrive25i Sport, conta com todos os equipamentos da intermediária mais: sistema de áudio Hi-Fi e rodas de liga-leve de 19 polegadas.

    Continua após a publicidade
    Publicidade