Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Austrália quer garantir permanência da Toyota no país

Governo pretende assegurar investimentos da marca

Por Vitor Matsubara Atualizado em 9 nov 2016, 12h28 - Publicado em 5 jun 2013, 14h06
fabricantes

O recente anúncio de que a Ford deixará o mercado australiano depois de 2016 ainda está causando rebuliço na indústria automotiva local. As autoridades já estão se mexendo para garantir que outras montadoras não sigam pelo mesmo caminho da Ford: o governo concedeu um incentivo de 215 milhões de dólares australianos à GM para garantir investimentos de 1 bilhão de dólares australianos e a permanência da empresa no país pelo menos até 2022. Agora a bola da vez é a Toyota.

Atualmente, a Toyota possui apenas uma planta no país, localizada em Victoria. Por lá são fabricados os modelos Camry e Aurion, este segundo feito exclusivamente para o mercado australiano. De acordo com informações do site GoAuto, a montadora estaria negociando a concessão de incentivos financeiros junto ao governo australiano, permitindo inclusive a produção de um terceiro modelo na fábrica. O escolhido seria o novo RAV4, uma vez que o utilitário esportivo compartilha várias peças com o Camry.

O Ministro para Inovação e Indústria da Austrália, Greg Combet, não quis revelar a quantia que o governo está disposto a conceder para garantir a permanência da Toyota no país, mas confirmou as negociações. A Toyota, por sua vez, não quis comentar o assunto, mas pode fazer um anúncio oficial durante a próxima semana, quando divulgará seu relatório financeiro do ano fiscal de 2012-13.

Continua após a publicidade

Publicidade