Clique e assine por apenas 8,90/mês

Após incêndios, Tesla diz que análise do Model S não apontou defeitos

Entidades alemã e norte-americana submeteram os modelos a testes

Por Natali Chiconi - Atualizado em 9 nov 2016, 12h54 - Publicado em 5 dez 2013, 11h35
fabricantes

Após três casos de incêndio no Model S, da Tesla, a National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA) iniciou uma investigação para verificar se o veículo possuía algum defeito de fabricação. Além dessa entidade, a Federação do Transporte alemã promoveu outro estudo que, segundo a fabricante, foi concluído e não apontou defeitos de fabricação nos modelos.

Segundo a Tesla, a Kraftfahrt-Bundesamt (KBA) não fará mais investigações, pois descobriu que os dois casos de incêndio nos Estados Unidos e um no México nada têm a ver com defeitos de fabricação.

“Fornecemos à KBA dados e informações adicionais sobre esses acidentes”, informou a Tesla, completando, na sequência, que defeitos não foram encontrados.

Publicidade