Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Alta nas vendas motiva indústria de motos

Marcas devem lançar novos produtos em 2011

Por Vitor Matsubara Atualizado em 9 nov 2016, 11h50 - Publicado em 7 fev 2011, 16h52
Yamaha XT Teneré Super

O bom desempenho da indústria de motocicletas no Brasil deve servir como motivação para as fabricantes que atuam no país. Segundo dados fornecidos pela Abraciclo, apenas em 2010, foram emplacadas mais de 1,8 milhão de Motors no país. O resultado bateu todos os recordes, inclusive o de 2009, quando foram licenciadas 1,56 milhão de unidades.

Sendo assim, várias empresas pretendem lançar produtos mais sofisticados por aqui. A Honda será uma delas. A marca japonesa prepara a chegada da XL700V Transalp, que conta com um motor de 60 cv e torque máximo de 6,12 mkgf. Algumas tecnologias já difundidas nos automóveis, como o câmbio automatizado, também vão ser oferecidas nas motos da Honda. É o caso da VFR 1200F, que também chega aqui em 2011.

Já a Yamaha planeja ampliar a linha XT teneré, lançando as versões Super (com motor de dois cilindros) e 660. A conterrânea Suzuki, por sua vez, promoverá uma atualização de estilo no scooter Burgman, um dos modelos mais vendidos da marca. O visual será idêntico ao oferecido na Europa e o preço deve girar em torno dos 7 mil reais.

Outras marcas vão inaugurar fábricas no país. É o caso da austríaca KTM, que deve produzir uma motocicleta com motor de 200 cm3. A marca deve se instalar na Zona Franca de Manaus, seguindo os passos de várias de suas concorrentes.

Continua após a publicidade
Publicidade