Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Aliança Renault-Nissan deve usar apenas três plataformas modulares

Meta é ter até 70% da frota usando estas plataformas até 2020

Por Cadu Tupy Atualizado em 9 nov 2016, 13h49 - Publicado em 3 jul 2014, 14h01
fabricantes

Cerca de 15 anos após o início da aliança entre as montadoras Renault e Nissan, as duas tomam o maior passo em relação a trabalho em conjunto da sua história. Juntas, elas criaram três plataformas modulares nas quais farão todos os veículos de suas respectivas gamas.

A CMF-A será usada para os veículos menores, já a CMF-B nos carros de tamanho intermediário e a CMF-C/D nos maiores, como o Nissan Rogue, X-Trail e Qasqai, já a Renault deve usá-la para a nova geração da Espace com outros modelos sendo lançados até 2020.

Sobre o trabalho de criação desta família de plataformas modulares, Christian Mardrus, Vice Presidente Executivo da Aliança Renault-Nissan falou. “O desenvolvimento dos veículos com esta plataforma vai nos ajudar a focar nossa sinergia em todas as áreas mais importantes, desde compras até engenharia de veículos e trens de força”.

“Planejamos ter 70% da nossa frota nas plataformas CMF até 2020”, completou Mardrus.

Continua após a publicidade

Publicidade