Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

A estratégia da Toyota para o Corolla Cross não roubar vendas do Corolla

Fabricante vem instruindo concessionários em como roubar clientes da concorrência para bombar vendas do SUV sem perder vendas do sedã

Por Henrique Rodriguez Atualizado em 12 mar 2021, 10h59 - Publicado em 26 fev 2021, 08h00
Toyota Corolla Cross hybrid 2022 (1)
Divulgação/Toyota

Desde meados de 2008, quando a perua Fielder saiu de linha, a Toyota não tem duas carrocerias diferentes do Corolla no salão das concessionárias. Isso vai acabar em 11 de março, quando a fabricante japonesa lança no Brasil o Corolla Cross, SUV médio derivado do sedã médio.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 7.90

Enquanto o Toyota Corolla Cross terá o desafio de ameaçar a liderança do Jeep Compass entre os SUVs médios, a Toyota terá o desafio de permitir que isso aconteça sem que o sedã Corolla perca seus clientes. Para isso, porém, a fabricante japonesa traçou uma estratégia um tanto quanto estranha.

A rede de concessionárias Toyota teria sido instruída a não oferecer o Corolla Cross aos clientes que chegarem às lojas perguntando pelo Corolla sedã.

Toyota Corolla Cross hybrid 2022
Divulgação/Toyota

O vendedor só poderia oferecer o Corolla Cross no limite, quando sentir que poderá perder a venda do sedã.

Continua após a publicidade
  • O foco da Toyota será roubar clientes de outras marcas. Para isso, SUVs seminovos de marcas concorrentes, sejam eles compactos ou médios, terão avaliação mais generosa quando forem usados na negociação pelo Corolla Cross.

    Toyota Corolla Cross hybrid 2022
    Divulgação/Toyota

    Isso será especialmente importante. Além de usarem a mesma plataforma, Corolla e Corolla Cross compartilham os mesmos motores 2.0 flex e 1.8 híbrido flex e até mesmo o painel. O fato de ser o único híbrido de seu segmento também será explorado pelos vendedores.

    Toyota Corolla Cross hybrid 2022
    Divulgação/Toyota

    O maior distanciamento entre os dois Toyota Corolla estará nos preços. A versão mais barata, Corolla Cross XR, tem motor 2.0 flex Dynamic Force, de 177 cv e 21 kgfm e câmbio CVT de 10 marchas (sendo a primeira por engrenagem) e custará cerca de R$ 138.000, conforme antecipado por lojistas. Para efeito de comparação, o Jeep Compass parte dos R$ 136.285 na versão Sport e o Corolla GLi, R$ 120.790. 

    Toyota Corolla Cross hybrid 2022
    Divulgação/Toyota

    A pré-venda do Corolla Cross ainda não começou, mas concessionárias já vêm fazendo reservas — algumas cobrando até R$ 5 mil como sinal. O prazo de entrega girará em torno de 30 dias a partir do lançamento, com versões híbridas podendo levar até um mês e meio para serem entregues.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    QR - CAPA 742 - FEVEREIRO
    Arte/Quatro Rodas
    Continua após a publicidade
    Publicidade