Melhor Compra Moto 2015 – Street de 151 a 300 cm³

HONDA CB 300R HONDA CB 300R

HONDA CB 300R (/)

1° HONDA CB 300R – R$ 12.736

Impossível a CB 300R não ser a melhor compra no segmento. Para começar, por ser uma Honda, ela traz uma enorme rede autorizada e a fama de alta confiabilidade. Além disso, a moto é bonita e, apesar de lançada em 2011, ainda não sente o peso da idade em função dos aprimoramentos que sofreu ao longo do tempo. O visual é claramente inspirado no de modelos naked de maior cilindrada, como o da falecida e cultuada CB 600F Hornet e até o das recém-lançadas CB 650F. Além disso, no ano passado o motor passou a ser flex, o que mostra que a Honda pretende mantê-lo em linha por um bom tempo. Para completar, a CB 300R anda bem com seu motor monocilíndrico de 26,7 cv. Dinamicamente, ela só peca mesmo pelo esterço reduzido do guidão (dá batente logo), que atrapalha bastante nas manobras de baliza e para serpentear por entre os carros nos congestionamentos. Mas a moto ainda é tão superior às rivais que mesmo o seguro, alto para um modelo desse porte, e a desvalorização acentuada não minaram sua vitória.

2° YAMAHA FAZER 250 – R$ 13.145

YAMAHA FAZER 250 YAMAHA FAZER 250

YAMAHA FAZER 250 (/)

Às vezes a marca é tão importante quanto a moto. Aqui, a confiabilidade das japonesas foi determinante para que a Fazer 250 ficasse à frente da Dafra Next 250 por meia roda de vantagem. Tem preço competitivo, desenho interessante, que inclui lanternas com leds, uma versão bicombustível (de R$ 13 620) e preço de seguro mais barato que o da Honda CB 300R. A seu favor também tem a grande rede autorizada e a desvalorização dentro da média. Contra, a modesta potência de 20,9 cv.

3° DAFRA NEXT 250 – R$ 13.790

DAFRA NEXT 250 DAFRA NEXT 250

DAFRA NEXT 250 (/)

É uma coadjuvante de luxo no segmento. Com 25 cv no motor, refrigerado a água (Honda e Yamaha são a ar), tem mais força que a Fazer 250 e quase empata com a CB 300R. Além disso, é bonita, bem-acabada e confiável – é fabricada pela Sym Sanyang de Taiwan, a mesma que faz o bemsucedido scooter Citycom 300i. Pesam contra o modelo a rede bem menor que as das rivais (e, portanto, a menor facilidade na obtenção de peças e serviços), a cesta de itens mais cara e a dificuldade para fazer seguro.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s