Melhor Compra Moto 2015 – On/Off-Road de 301 a 750 cm³

BMW G 650GS BMW G 650GS

BMW G 650GS (/)

1° BMW G 650GS – R$ 29.800

Vendida no Brasil desde 2010, de acordo com a tabela da Fipe, a BMW G 650GS é um modelo bem conhecido no mercado brasileiro. A briga com a recém-lançada Honda NC 750X foi ganha em duas trilhas. A primeira foi a do bolso. Na prática, seu preço de tabela é inferior, se considerarmos que a alemã já vem com freios ABS (na Honda NC 750X, eles são opcionais). Além disso, ela possui custos menores da apólice e da franquia do seguro, além de desvalorização mais branda. Perde apenas no preço da cesta das peças. Outras vantagens são a potência pouca coisa abaixo da disponível na rival (50, ante 54,8 cv) e o torque na mesma faixa dos 6 kgfm para um peso bem mais baixo (175 kg contra 205 kg, a seco). Tudo isso facilita muito seu uso em situações fora de estrada – vocação, aliás, muito mais evidente nesta moto do que na concorrente japonesa. Sendo assim, a BMW minimiza a desvantagem de ter um motor monocilíndrico, enquanto o da NC 750X é dois-em-linha. Gol da Alemanha.

2° HONDA NC 750X – R$ 28.990

HONDA NC 750X HONDA NC 750X

HONDA NC 750X (/)

Ela é mais indicada para quem pretende fazer viagens de longa distância, já que é bem mais confortável que a BMW G 650GS. Mas ficou atrás da alemãzinha pelo peso superior para uma potência pouco maior e torque similar, o que limita seu uso para quem pensa numa condição mais off-road. Também pesaram os custos altíssimos de seguro e franquia, além da alta desvalorização. A cesta de peças é mais barata, mas ainda assim tem preço alto: a versão com ABS custa R$ 31 100.

3° SUZUKI DL650 V-STROM – R$ 35.900

SUZUKI DL650 V-STROM SUZUKI DL650 V-STROM

SUZUKI DL650 V-STROM (/)

A geração anterior da Suzuki DL650 V-Strom fez sucesso entre os brasileiros. Tinha visual harmonioso e um conjunto mecânico que lhe proporcionava versatilidade e robustez, além de pilotagem fácil, segura e agradável. Tudo isso com um preço atraente. Pois é. Dinamicamente, a nova V-Strom segue os passos da antecessora. Já o visual renovado ficou polêmico e o preço, menos competitivo. Como os valores de peças, seguro e franquia também não são baixos, ficou em terceiro lugar.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s