Melhor Compra 2019: SUVs novos até R$ 80.000

As indicações de QUATRO RODAS na categoria SUVs novos até R$ 80.000

Todos os anos, QUATRO RODAS seleciona as melhores compras de cada segmento para você levar para casa o carro ideal. É o Melhor Compra.

A seguir, os melhores SUVs novos até R$ 80.000. Consideramos custos de peças, seguro e revisões:

1 – Renault Duster Expression 1.6 aut. – R$ 73.490

Robustez e espaço fazem a diferença nesta categoria de SUVs. A despeito do desenho datado e do acabamento ruim, o veículo da Renault ainda se sobressai pelo porte.

É um dos poucos do segmento de compactos capaz de transportar, de verdade, três adultos no banco traseiro com um mínimo de conforto. E seu porta-malas (475 l) também é vistoso.

O Duster vai bem em aspectos do pós-venda. Tanto que aqui está ele, em primeiro lugar, desbancando o Kicks, vencedor em 2018.

Mesmo com revisões e peças um pouco mais caras que as do rival da Nissan, é o SUV com o seguro mais barato em relação aos concorrentes e tem desvalorização dentro da média.

Desde a linha 2018, todos os Duster com câmbio CVT passaram a ter controles de estabilidade e tração como itens de série.

No mais, a versão Expression, de entrada, com o câmbio continuamente variável ficou R$ 600 mais cara em comparação ao ano passado e vem com itens dentro do esperado: ar, direção eletro-hidráulica, travas e vidros dianteiros elétricos e som com USB e Bluetooth.

O desempenho do novo motor 1.6 16V SCe trouxe mais suavidade no rodar do modelo. Dá conta do recado para mover o SUV na cidade e na estrada.

Sempre cadenciado, porém, pelo comportamento bastante linear e gradual do CVT, com aquele som de marcha patinando, apesar das seis velocidades simuladas.

Bolsa de valores

  • Desvalorização 4,24%
  • Seguro R$ 1.115
  • Rede – 295/-
  • Reparabilidade
  • Equipamentos – AR, DIR, VID, AUT, ESP

Peças

  • Amortecedores dianteiros – R$ 525
  • Pastilhas de freio – R$ 417
  • Kit de embreagem
  • Farol esquerdo – R$ 950
  • Para-choque dianteiro – R$ 1.000
  • Retrovisor esquerdo – R$ 881
  • Total – R$ 3.773

Revisões

  • 10.000 km – R$ 460
  • 20.000 km – R$ 460
  • 30.000 km – R$ 460
  • 40.000 km – R$ 770
  • 50.000 km – R$ 478
  • 60.000 km – R$ 478
  • Total – R$ 3.106

2 – Nissan Kicks S 1.6 – R$ 78.290

 (Acervo/Quatro Rodas)

O Kicks não colocou a faixa de bicampeão por fatores pontuais. Afinal, ele é o SUV compacto com o mais baixo custo de manutenção.

Revisões e peças são as mais baratas, mas perde para o Duster em espaço interno, seguro, tamanho da rede e no volume do porta-malas. Só que o Nissan tem outras vantagens.

O motor 1.6 com câmbio manual rende bem na cidade, o acerto da suspensão agrada e a dirigibilidade é das melhores do segmento. Louros também pelo quarto lugar em Os Eleitos de 2018.

A versão S ficou ainda mais generosa na linha 2020. Ganhou controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, leds nos faróis e multimídia com Android Auto e Apple CarPlay, argumentos que o deixaram à frente do EcoSport.

Bolsa de valores

  • Desvalorização- 4,36%
  • Seguro – R$ 1.635
  • Rede179/100,1
  • Reparabilidade
  • Equipamentos –AR, DIR, VID, ESP, MUL

Peças

  • Amortecedores dianteiros – R$ 461
  • Pastilhas de freio – R$ 265
  • Kit de embreagem – R$ 935
  • Farol esquerdo – R$ 621
  • Para-choque dianteiro – R$ 1.090
  • Retrovisor esquerdo – R$ 506
  • Total – R$ 3.878

Revisão

  • 10.000 km – R$ 389
  • 20.000 km – R$ 549
  • 30.000 km – R$ 439
  • 40.000 km – R$ 579
  • 50.000 km – R$ 439
  • 60.000 km – R$ 549
  • Total – R$ 2.944

3 – Ford EcoSport 1.5 SE – R$ 76.890

 (Acervo/Quatro Rodas)

O SUV da Ford batalhou para chegar ao terceiro lugar. Tem o segundo seguro mais em conta da categoria e uma cesta de peças bem mais vantajosa para o bolso do consumidor do que a do Creta, que ficou de fora do pódio.

Só não alçou voos maiores pelas revisões e pelo índice de reparabilidade elevado do Cesvi Brasil.

A versão escolhida ficou apenas R$ 200 mais cara de um ano para cá e manteve os controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, multimídia com tela de 7 polegadas e conectividade com Android Auto e Apple CarPlay, rodas de liga leve aro 15, além de ar, direção elétrica e trio.

O motor 1.5 dá outro ânimo e menos aspereza ao Eco, mas a cabine e o porta-malas são muito pequenos.

Bolsa de valores

  • Desvalorização- 9,36%
  • Seguro – R$ 1.619
  • Rede – 317/96,4
  • Reparabilidade – 37
  • Equipamentos – AR, DIR, VID, ESP, MUL

Peças

  • Amortecedores dianteiros – R$ 936
  • Pastilhas de freio – R$ 555
  • Kit de embreagem – R$ 723
  • Farol esquerdo – R$ 747
  • Para-choque dianteiro– R$ 969
  • Retrovisor esquerdo – R$ 571
  • Total – R$ 4.501

Revisões

  • 10.000 km – R$ 439
  • 20.000 km – R$ 599
  • 30.000 km – R$ 799
  • 40.000 km – R$ 1.135
  • 50.000 km – R$ 671
  • 60.000 km – R$ 955
  • Total – R$ 4.598
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s