Guia de usados: Hyundai Tucson – primeira geração

Apesar de beberrão, o longevo SUV coreano é produzido até hoje e desfruta de enorme aceitação no mercado de usados

Hyundai Tucson O SUV só passou a ser produzido no Brasil em 2010

O SUV só passou a ser produzido no Brasil em 2010 (Marco de Bari/Quatro Rodas)

O Tucson é um dos poucos carros que foram abordados duas vezes nesta seção. Nada mais natural, considerando seu brutal sucesso.

Apresentado em 2005, cativou clientes que até hoje não abrem mão de sua robustez, praticidade e facilidade de manutenção.

Nacionalizado em 2010, perdeu a opção do motor V6 e da tração 4×4 na linha 2011, para não brigar com o ix35 – o irmão mais novo só foi superá-lo em vendas em 2015.

A versão de maior aceitação é a GLS, que no modelo 2013 recebeu o motor Beta de 2 litros flexível, gerando 146 cv/142 cv, sempre com um câmbio automático sequencial de quatro marchas.

O pacote de entrada (GP44L) traz airbag duplo e ABS. Acima, há o pacote GP45N, que acrescenta bancos de couro sintético, monitor de pressão dos pneus e central com Bluetooth, DVD, GPS e CD Player. Ambos trazem ar digital.

Com grande área frontal, enormes pneus 235/60 e peso de 1.550 kg, o Tucson bebe muito. Com gasolina, suas médias ficam em torno de 6,8 km/l na cidade e 10,2 km/l na estrada.

Uma alternativa para isso é optar pelo câmbio manual de cinco marchas, exclusivo da versão GL. Movida só a gasolina, faz 8 km/l na cidade e 12 na estrada.

Hyundai Tucson A vigia traseira conta com um raro vidro basculante

A vigia traseira conta com um raro vidro basculante (Marco de Bari/Quatro Rodas)

Mas fique atento: o modelo 2014 é o único com freios ABS. Por isso, evite a versão GL com transmissão automática oferecida até o modelo 2011.

Alto e pesado, não é fácil controlar o Tucson com freios traseiros a tambor e sem o ABS nem o ESP.

Mesmo defasado, o Tucson tem como maior vantagem ter sido desenvolvido na plataforma do Elantra de terceira geração.

Com espaço para cinco adultos e porta-malas de 528 litros, é imbatível comparado a Renault Duster e Ford EcoSport.

Hyundai Tucson Algumas peças do interior são difíceis de encontrar

Algumas peças do interior são difíceis de encontrar (Marco de Bari/)

É uma grande virtude quando olhamos para o Jeep Renegade, um projeto atual que oferece um espaço bem menor para ocupantes e bagagem. A idade do Tucson se revela no acabamento interno, um degrau abaixo dos atuais Hyundai.

Outra evolução foi na oferta de peças, facilmente encontradas dentro e fora das autorizadas.

Robusto e confiável, o SUV tem mecânica simples e conhecida por oficinas independentes. Além disso, boa parte ainda está dentro da garantia de cinco anos.

Onde o bicho pega

transmissão automática – A alavanca deve deslizar facilmente e o engate das marchas deve ser suave e sem trepidações durante as trocas.

E cheque se o fluido foi trocado mesmo aos 100.000 km.

Discos de freio – Podem empenar, ainda mais na versão automática, na qual os donos fazem pouco ou nenhum uso do freio-motor. Muito fácil de ser verificado, pois causa uma trepidação típica no pedal.

Coxins – Vibração indesejável em marcha lenta e com o veículo parado indicam desgaste ou rompimento dos coxins.

Suspensão – A calibração firme e o elevado peso não suspenso de rodas e pneus cobram seu preço na vida útil de peças como batentes, bieletas e buchas. Batidas secas e vazamentos são indícios graves de amortecedores sem ação.

Acabamento interno – É bom verificar os plásticos espalhados pelo interior: algumas peças são difíceis de encontrar e custam caro. A persiana do porta-malas e a tampa do estepe devem estar em ordem para evitar ruídos internos.

Caixa de direção – A folga aqui é sanada apenas com a substituição do conjunto de reparo. Barulhos e direção imprecisa são um claro indício de que o sistema vai precisar de um conserto.

A voz do dono

  • Nome: Fernando Pavani
  • Idade: 26 anos 
  • profissão: comerciante 
  • Cidade: Pelotas (RS)

O que eu adoro – “Espaçoso, robusto e versátil, com ótimas soluções, como o vidro traseiro basculante e os bancos que viram uma cama. Bem construído, transmite maior solidez que concorrentes como Duster e EcoSport.”

O que eu odeio – “Consumo alto: andando com calma parece um V6; com pressa, um V8. O motor é subdimensionado, o câmbio limitado e a suspensão firme demais. A posição ao volante é comprometida pela falta de ajustes.”

Nós dissemos

edição abril de 2017

 (Acervo/Quatro Rodas)

Abril de 2017 – “Tem o melhor custo-benefício entre os SUVs. (…) Por ser largo, tem espaço interno melhor do que nos SUVs derivados de compactos. Três pessoas se acomodam atrás sem reclamar, graças ao assoalho plano (…) A mecânica é datada: o motor 2.0 flex de 146 cv tem projeto antigo e o câmbio automático de quatro marchas dificulta tudo.”

PREÇO MÉDIO DOS USADOS (FIPE)

MODELO 2011 2012 2013 2014 2015
Tucson 2.0 16V Gas. Man. 32.400 34.851 39.107 47.208
Tucson 2.0 16V Gas. Aut. 33.897 36.362
Tucson 2.0 16V Flex Aut. 41.934 45.735 51.554

Preço das peças

PEÇAS ORIGINAL PARALELO
Para-choque (dianteiro) 1.101 1.110
Farol completo (cada um) 1.194 300
Pastilha de freio (par dianteiro) 573 430
Disco de freio (par dianteiro) 980 380
Amortecedores (jogo) 2.160 2.400

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Gregory Gianeri

    Correção de preços , discos de freios DIANTEIROS R$166,00 (FREEMAX) pastilhas TRW R$70,00.