Carros novos até R$ 35.000

Up! Take Up! 1.0, a Melhor Compra 2015, escolhida pela QUATRO RODAS, na categoria carros novos até R$ 35.000.

Up! Take Up! 1.0. Eleito como a melhor compra, na categoria carros novos até R$ 35.000, em 2015, pela revista Quatro Rodas. (/)

1° Up! Take Up! 1.0 – R$ 32.990

Ao mesmo tempo que os preços aumentaram, o segmento de carros de entrada envelheceu. Apesar de a Chevrolet oficialmente negar, nossas fontes dizem que o Celta deixou de ser fabricado em maio. O Renault Clio já teve seu sucessor apresentado na Índia, o Kwid. Só quem resiste bravamente é o Fiat Palio – e ele deve morrer com a chegada do projeto X1H, no fim de 2016.

Com tantas novidades, o segmento mescla produtos com diferentes níveis de novidade. Bom para o Up!, dono do lugar mais alto do pódio. Com isso, quem herdou o prêmio foi a versão de quatro portas da Take Up!. Por ser o mais básico da linha, ele traz apenas sistema de som, banco do motorista com ajuste de altura e abertura elétrica da tampa traseira.

O Up! não deve seu primeiro lugar apenas ao fato de ser o compacto mais seguro do Brasil, com cinco estrelas no crash test do Latin NCAP. Mas também porque é econômico que ele só. E não apenas em consumo de combustível. Ainda que a Volks insista em exigir revisões a cada seis meses para quem roda pouco e faz as paradas por tempo (e não por quilometragem), a cesta de revisões tem baixo custo – a menor desta categoria. O seguro também é o mais barato do trio. O Up! tem ainda o melhor índice de reparabilidade (11 no Car Group). Mas fique atento no momento da compra, pois na prática ele é o mais caro dos três concorrentes.

Bolsa de valores
Desvalorização 10,3%
Seguro R$ 1.523
Rede 636/92,6
Reparabilidade 11
Equipamentos
Peças – R$ 3.366
Amortecedores dianteiros R$ 596
Pastilhas de freio R$ 372
Kit de embreagem R$ 702
Farol esquerdo R$ 818
Para-choque dianteiro R$ 671
Retrovisor esquerdo R$ 208
Revisões – R$ 2.543
10.000 km R$ 236
20.000 km R$ 236
30.000 km R$ 466
40.000 km R$ 558
50.000 km R$ 397
60.000 km R$ 650

 

Clio Expression 1.0. Eleito como a segunda melhor compra, na categoria carros novos até R$ 35.000, em 2015, pela revista Quatro Rodas. (/)

2° Clio Expression – R$ 34.470

Agora o Clio tem ar-condicionado de série. Mas o preço real é um tanto alto para um carro tão obsoleto e mais caro de manter do que o Up!. Mesmo assim, mereceu o louvável segundo lugar, um posto acima do que ele conseguiu em 2014.

O segredo: esqueça o valor de tabela acima. Uma pesquisa na rede autorizada Renault mostra que a realidade é outra. Consultamos diversas concessionárias e o preço médio cobrado foi de R$ 31.000. Ou seja, pode pedir seu desconto de 10%. Além do ar-condicionado, o Clio vem com direção hidráulica, alarme e limpador e desembaçador traseiro. Há ainda travas e vidros (dianteiros) elétricos. Só não esqueça que, mesmo completo, o Clio não oferece sistema de som.

Bolsa de valores
Desvalorização 14,2%
Seguro R$ 1.672
Rede 234/92,9
Reparabilidade
Equipamentos AR, DIR, VID
Peças – R$ 3.538
Amortecedores dianteiros R$ 769
Pastilhas de freio R$ 175
Kit de embreagem R$ 939
Farol esquerdo R$ 551
Para-choque dianteiro R$ 886
Retrovisor esquerdo R$ 219
Revisões – R$ 2.636
10.000 km R$ 192
20.000 km R$ 429
30.000 km R$ 488
40.000 km R$ 479
50.000 km R$ 355
60.000 km R$ 693

 

Uno Vivace 1.0. Eleito como a terceira melhor compra, na categoria carros novos até R$ 35.000, em 2015, pela revista Quatro Rodas. (/)

3° Uno Vivace 1.0 – R$ 30.970

Nosso terceiro colocado conta com uma ampla rede de concessionárias, desvalorização relativamente baixa e um custo de revisões que não é nada absurdo. Por que a lanterna vai para o Fiat Uno Vivace, então? Simples: faltam acessórios. Ele só vem com o que é estritamente necessário. Se airbags e ABS não fossem obrigatórios, nem isso viria no carro.

O Uno é o último fruto de uma safra de automóveis que vinham de fábrica pelados e cobravam por todo e qualquer equipamento extra, uma prática que o Hyundai HB20 tornou obsoleta no segmento de entrada. E não pense em equipá-lo, pois não faz sentido: o valor gasto com opcionais só facilita a revenda, mas não volta para o vendedor.

Bolsa de valores
Desvalorização  11,3%
Seguro  R$ 1.921
Rede  600/91
Reparabilidade  40
Equipamentos
Peças – R$ 2.184
Amortecedores dianteiros  R$ 509
Pastilhas de freio  R$ 153
Kit de embreagem  R$ 430
Farol esquerdo  R$ 356
Para-choque dianteiro  R$ 583
Retrovisor esquerdo  R$ 155
Revisões – R$ 2.856
10.000 km  R$ 164
20.000 km  R$ 348
30.000 km  R$ 516
40.000 km  R$ 476
50.000 km  R$ 316
60.000 km  R$ 1.036
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s