Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Quer um carro híbrido barato? Separamos oito usados a partir de R$ 50.000

Dos conhecidos Toyota Prius e Volvo XC40 aos raros Golf GTE e Outlander PHEV, os híbridos começam a aparecer também no mercado de usados

Por Guilherme Fontana Atualizado em 11 abr 2022, 21h31 - Publicado em 11 abr 2022, 18h49

Os carros híbridos atingiram sua maior participação histórica no mercado brasileiro no primeiro trimestre de 2022. Segundo a Anfavea, foram 8.592 unidades vendidas, ou 2,3% do mercado – já próximos dos 3% conquistados pelos modelos apenas a gasolina.

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

O resultado é reflexo da expansão do segmento nos últimos anos e da adesão dos brasileiros por eles. Assim, com números crescentes nas vendas e na quantidade de modelos à venda, o mercado de usados também fica aquecido, e talvez o sonho da economia de combustível esteja cada vez mais perto para mais pessoas.

Por isso, separamos oito opções de carros híbridos usados que já não são mais comercializados zero quilômetro, mas cujas baterias ainda podem estar no período vigente de garantia – em média, o período é de oito anos.

BMW i3 Rex

BMW i3
Visual do i3 não é nada convencional Christian Castanho/Quatro Rodas

Não se assuste, sabemos que o BMW i3 é um elétrico, e não um híbrido. Mas a presença dele nesta lista faz sentido quando falamos especificamente das versões Rex, vendidas no Brasil entre 2014 e 2019.

As versões Rex são equipadas, além do motor elétrico de 170 cv de potência e 25,5 kgfm de torque, com um motor a combustão de dois cilindros de 650cc. O motor a gasolina, porém, não traciona o veículo, mas funciona como um gerador ao elétrico para estender a autonomia em 150 km quando a bateria está perto do fim. Assim, mesmo na ausência de um ponto de recarga, o i3 não ficará na rua.

bmw i3
A vaga não era exclusiva para elétricos, mas serviu Henrique Rodriguez/Quatro Rodas

Unidades mais antigas, entre 2014 e 2015, podem ser encontradas, em média, por R$ 185.000 nas versões Rex e Rex Full. Os mais novos, 2019, são vendidos na faixa dos R$ 240.000 na versão 0.6 Rex. A garantia da bateria do i3 é de 8 anos ou 100.000 quilômetros.

Compartilhe essa matéria via:

BMW 750i ActiveHybrid

BMW 750i ActiveHybrid
BMW 750i ActiveHybrid é o carro mais luxuoso e caro de se manter desta lista Divulgação/BMW

Lançado em 2010, o 750i ActiveHybrid foi um dos primeiros carros híbridos à venda no Brasil. O sedã do alto escalão combina o motor V8 4.4 a gasolina de 443 cv de potência a um elétrico de mais 20 cv.

As raras unidades à venda no mercado de usados podem variar entre R$ 200.000 e R$ 250.000. Vale considerar, porém, o custo acima da média para a manutenção deste modelo.

Ford Fusion Hybrid

Ford Fusion
Ford Fusion Hybrid de primeira geração QUATRO RODAS/Quatro Rodas

Pouca gente poderá se lembrar, mas o Fusion híbrido chegou ao Brasil ainda em sua primeira geração (e foi o carro oficial da presidência), combinando um motor a gasolina 2.5 de 158 cv a um elétrico. Juntas, as unidades oferecem 193 cv.

Neste caso, unidades já com o conjunto de baterias fora de garantia e com quilometragens altas têm preços até acessíveis: podem ser encontrados com valores perto dos R$ 50.000.

Visual da versão Hybrid é igual ao da Titanium

Continua após a publicidade

Porém, o Fusion Hybrid teve a sua segunda geração em 2013, quando passou a combinar o motor 2.0 Atkinson de 145 cv a um elétrico, totalizando 191 cv. A média para estes modelos fica em R$ 80.000. Já para os mais novos, perto de 2018, o valor salta para perto dos R$ 140.000. A bateria do Fusion Hybrid tem garantia de oito anos.

Lexus CT200h

Lexus CT200h
Hatch de luxo tem o mesmo conjunto dos primeiros Prius Divulgação/Lexus

Se hoje a Lexus aposta nos SUVs, todos híbridos, há não muito tempo a divisão de luxo da Toyota oferecia ao mercado brasileiro o “primo rico” do Prius: o CT200h. Lançado por aqui em 2013, o hatch combinava um motor 1.8 de 99 cv a um elétrico de 82 cv, somando 136 cv de potência.

O modelo passou por uma reestilização em 2017, da qual é a maioria disponível no mercado de usados. Enquanto os mais antigos saem por aproximadamente R$ 100.000, os mais recentes variam entre R$ 110.000 e R$ 130.000. A garantia da bateria é de oito anos.

Mitsubishi Outlander PHEV

Mitsubishi Outlander PHEV
Mitsubishi Outlander PHEV poderia ser um Divulgação/Mitsubishi

Hoje ele poderia ser uma companhia para Toyota RAV4 ou para o Jeep Compass 4xe, com quem em maior similaridade técnica, mas o Outlander PHEV chegou antes – totalmente fora de timing. Ele foi o primeiro híbrido plug-in a desembarcar por aqui, em 2016, equipado com um motor 2.0, combinado a outros dois elétricos, um em cada eixo. No total, são 121 cv e 19,4 kgfm.

Com poucas unidades vendidas que, inclusive, chegaram ao Brasil semanas antes do lançamento do Outlander reestilizado, não é um modelo farto no mercado. Todas as unidades saem, em média, por R$ 150.000.

Toyota Prius

sustentabilidade
Divulgação/Toyota

Aqui falaremos especificamente sobre o primeiro Prius vendido no país – se você mora em São Paulo, certamente já viu alguns deles rodando como táxis.

Estilo incomum inclui lanternas gigantes

Ainda com visual mais comedido em relação aos últimos Prius vendidos por aqui, mais exóticos, o modelo tinha exatamente o mesmo conjunto mecânico do “primo rico” da Lexus: um motor 1.8 de 99 cv combinado a outro elétrico, de 82 cv. Enquanto usados da nova geração não saem por menos de R$ 100.000, o antigo fica na faixa dos R$ 75.000.

Volkswagen Golf GTE

golf gte
Com exceção das rodas aerodinâmicas, o Golf GTE tem visual esportivo Fernando Pires/Quatro Rodas

O Golf GTE tinha um propósito de vida: acelerar como um GTI, mas consumindo muito menos. Ele consegue graças à combinação entre o motor 1.5 turbo de 150 cv e o elétrico, de 102 cv. Ao todo, são 204 cv e 35,7 kgfm. Em nossos testes, o modelo foi de 0 a 100 km/h em 7,3 segundos, enquanto o consumo urbano chegou a 41 km/l.

Porém, o modelo não vingou e mais da metade do lote de 99 unidades trazidas ao Brasil foi vendida à locadora de veículos Unidas. Por isso, quase todas as unidades à venda atualmente, pela média de R$ 220.000, são semi-novos da locadora.

Volvo XC40 T5 Recharge

Volvo XC40 Recharge
Diferentemente do elétrico, o XC40 híbrido tem a grade frontal convencional Fernando Pires/Quatro Rodas

O XC40 híbrido teve vida curta no Brasil. O modelo chegou em 2020 para completar a gama, que ainda tinha a participação das versões a gasolina. Na linha 2021, todos os XC40 passaram a ser híbridos, combinando um motor 1.5 de 180 cv a outro elétrico, de 82 cv. A potência combinada chega a 262 cv. No final do mesmo ano, porém, a Volvo descontinuou o modelo e o XC40 passou a ser exclusivamente elétrico.

Mesmo assim, o modelo ainda é visto com bons olhos, principalmente por quem ainda não quer se aventurar em um elétrico. Por isso, tem preços variando entre R$ 300.000 e R$ 350.000 em anúncios.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês