Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Primeiro elétrico de alto luxo, Rolls-Royce Spectre estreia em 2023

Cumprindo a "profecia" de Charles Rolls, o primeiro EV da marca britânica terá mesma plataforma do já conhecido Phantom

Por João Vitor Ferreira Atualizado em 1 out 2021, 08h37 - Publicado em 29 set 2021, 16h19
Rolls Royce Spectre Spectre
O primeiro EV da Rolls-Royce chega, não só para começar uma nova era na empresa, como também para concretizar uma profecia feita pelos seus fundadores Divulgação/Rolls-Royce

Depois de dois veículos conceito, o 102EX e o 103EX, a Rolls-Royce finalmente anunciou o seu primeiro modelo elétrico. O nome Spectre (espectro, em tradução literal), já estava reservado há algum tempo e segue o tema sobrenatural dos modelos da marca, como o Phantom, Ghost e Wraith, três palavras diferentes que podem significar “fantasma”.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

Para o CEO, Torsten Müller-Ötvös, o anúncio vem para consolidar sua promessa de que a Rolls-Royce se tornaria elétrica ainda nessa década. O Spectre começará a ser entregue aos clientes a partir do último trimestre de 2023. Será o início de uma iniciativa que prevê a aposentadoria do tradicional motor V12 a gasolina em 2030. 

Mas antes, ele passará pelo mais rigoroso programa de testes da história da marca britânica. Ao todo, os modelos percorrerão 2,5 milhões de quilômetros, simulando 400 anos de uso de um Rolls-Royce. Os carros também serão testados nos quatro cantos do mundo, percorrendo diferentes tipos de terrenos e estradas.

lateral Rolls-Royce spectre
As frases inseridas na carroceria trazem mensagens como “Isso não existe”, “Faça melhor”, “Esforce-se pela perfeição em tudo que você faz”, entre outras. Diivulgação/Rolls-Royce

Além da sua própria promessa, o CEO também diz estar cumprindo uma profecia feita por um dos criadores da marca. “Foi Charles Rolls quem realmente profetizou um futuro eletrificado para os automóveis. Em abril de 1900, ele experimentou um dos primeiros automóveis elétricos chamado Columbia e declarou seu acionamento elétrico ideal. Rolls disse: ‘O carro elétrico é perfeitamente silencioso e limpo. Não há cheiro ou vibração e devem se tornar muito úteis quando estações de carregamento fixas podem ser organizadas. Mas, por agora, não prevejo que eles serão muito úteis – pelo menos por muitos anos.’”, conta Müller-Ötvös.

Rolls-Royce spectre visão de cima

Falando agora do que realmente interessa, o Spectre teve muito pouco mostrado e anunciado. Pelas fotos, o modelo ainda está com camuflagem, que chama atenção pelas diversas frases estampadas. Além disso, destacam-se a carroceria de duas portas com abertura no sentido oposto, capô longo e os para-lamas pronunciados. A silhueta lembra um pouco a do modelo Wraith.

Na parte mecânica, nenhuma informação sobre motor, potência ou torque foi dada. Apenas que será utilizada a mesma estrutura de alumínio que a empresa criou em 2017 para o Phantom, mas recebendo os devidos ajustes para acomodar o novo trem de força.

Rolls-Royce Spectre frontal
O teste de 2,5 milhões de quilômetros será feito em todos os tipos de terrenos e condições, para levar o Spectre ao limite Divulgação/Rolls-Royce

Durante a apresentação, Torsten Müller-Ötvös referiu-se ao Spectre como “​​o primeiro e melhor produto superluxuoso de seu tipo”, reforçando a fama da marca de produzir os melhores carros do mundo. O CEO também enfatizou que o modelo não se trata de um protótipo e “será testado à vista de todos”.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

Capa 749
Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade
Publicidade