Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Você pode ser dono de um carro novo, mas só por algumas horas

Serviços de veículos compartilhados são tendência na Europa e estão disponíveis no Brasil para quem quer ser dono só por um período determinado

Por Pedro Henrique Oliveira, João Vitor Ferreira Atualizado em 22 dez 2021, 09h23 - Publicado em 21 dez 2021, 19h09

Os hábitos de consumo da população mudam com o passar do tempo, assim como suas necessidades de locomoção. Se anos atrás o sonho de todo jovem era ter seu automóvel, hoje a situação é outra.

Mais barato que gasolina! Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 6,90

Isso não quer dizer que os transportes públicos ganharam adeptos, mas há alternativas para otimizar o uso e o custo dos carros sem abrir mão da comodidade. O sucesso de aplicativos para pedir táxis ou carros, como 99 e Uber, é um bom exemplo.

Quem não abre mão da liberdade de ter um carro para ir aonde quiser, mas não quer se preocupar com serviços de manutenção e os custos da propriedade (taxas, seguro), agora encontra alternativas como o aluguel convencional ou por assinatura e a mais nova delas, por compartilhamento. Para isso, existem as chamadas plataformas de carsharing.

Basicamente, o que elas oferecem é o aluguel de carros por um curto período – que pode ir de uma hora a meses, dependendo do caso. O cliente paga somente pela distância percorrida e/ou tempo em poder do carro. Depois, é só estacionar o veículo para que outra pessoa possa usar.

Wali
Wali pretende expandir sua oferta no Brasil Divulgação/Quatro Rodas

Esse serviço faz sucesso na Europa e funciona de maneira semelhante no Brasil. O usuário faz o seu cadastro via aplicativo, enviando dados pessoais junto com uma foto da sua CNH.

Continua após a publicidade

Depois, registra um cartão de crédito, que é utilizado como validação e caução. Com o cadastro feito, basta procurar e selecionar, no próprio app, o veículo mais próximo. O mesmo aplicativo servirá para destrancar o carro ao se aproximar dele.

Na maioria dos casos, nem sequer é preciso se preocupar com o custo do combustível, pois boa parte dos serviços inclui o abastecimento nas suas tarifas, quando não disponibilizam carros elétricos, que podem ser recarregados sem custo extra.

BeepBeep
A plataforma Beepbeep tem frota 100% elétrica Divulgação/Quatro Rodas

Mesmo que a pandemia e a ideia de dirigir um carro usado por desconhecidos anteriormente tenha freado um pouco o processo de compartilhamento de veículos, as empresas que conseguiram se adaptar às novas necessidades mostram que o modelo de negócio tem futuro.

Compartilhe essa matéria via:

Entre as fabricantes, a GM foi uma das primeiras a falar em compartilhamento no Brasil. Em 2016, a empresa lançou um programa-piloto, chamado Maven, oferecido inicialmente entre seus funcionários, que não chegou a abrir para o público.

Mas foi a Toyota a primeira a entrar nesse segmento no país,com a plataforma Kinto Share. A VW oferece o serviço na Europa.

Kinto Share
Kinto Share oferece carsharing corporativo Divulgação/Quatro Rodas

Conheça as principais plataformas de carsharing do brasil

Turbi

  • Preço: entre R$ 13 e R$ 43 por hora, mais taxa por km, que varia de R$ 0,70 a R$ 1,00
  • Frota: Chevrolet Onix; Ford Ka; Hyundai HB20; VW Polo, Virtus e T-Cross; Nissan Kicks S; Jeep Renegade, Mini Cooper e Mini Cabrio
  • Local de atuação: São Paulo (SP)
  • Retirada e devolução: as duas operações na mesma estação
  • Abastecimento: cartão combustível disponibilizado
  • Tempo mínimo e máx. de aluguel: valor mínimo de R$ 10 por corrida. Há pacotes de até 720 horas
  • Opcionais e diferenciais: ar-condicionado, câmbio automático, tag para pedágio e kit pet

Beepbeep

  • Preço: R$ 9,90 para desbloquear o carro e R$ 0,79 por minuto
  • Frota: Renault Zoe e ​​Caoa Chery Arrizo 5E
  • Local de atuação: São Paulo, Campinas, São José dos Campos, Valinhos, Jacareí, Indaiatuba e no Aeroporto Internacional de Guarulhos
  • Retirada e devolução: em qualquer estação. Em São José dos Campos, podem ser devolvidos em vagas dentro da área de atuação
  • Abastecimento: a recarga pode ser feita nas estações
  • Tempo mínimo e máx. de aluguel: não há
  • Opcionais e diferenciais: toda frota elétrica e maior disponibilidade

Wali

  • Preço: entre R$ 9,90 e R$ 16 por hora, dependendo do modelo, mais taxa de R$ 0,95 por km (diárias têm valor diferenciado)
  • Frota: Renault Kwid, Sandero e Jeep Compass (futuramente)
  • Retirada e devolução: na mesma estação
  • Local de atuação: Rio de Janeiro (RJ)
  • Abastecimento: cartão combustível disponibilizado
  • Tempo mínimo e máx. de aluguel: não há
  • Opcionais e diferenciais: permite aluguel para longos períodos, com pacotes entre 12 horas e 30 dias. Não há opcionais, porém um kit pet está em processo de implementação

Kinto Share

  • Preço: entre R$ 22 e R$ 118 a hora (pacotes têm preços por diária)
  • Frota: Toyota Etios, Yaris, Corolla, Corolla Cross, SW4, Hilux, Prius, RAV4 e Camry; Lexus UX 250h, NX 300h e ES 300h
  • Retirada e devolução: na mesma estação
  • Local de Atuação: São Paulo (SP)
  • Abastecimento: sempre por conta do cliente
  • Tempo mínimo e máx. de aluguel: mínimo de uma hora e máximo de um mês
  • Opcionais e diferenciais: reserva com até um mês ou no mínimo duas horas de antecedência. Cadeirinha infantil e serviço de vallet são opcionais pagos

Itaú VEC (piloto)

  • Preço: sem valores definidos. Será cobrado um valor por minuto, pacotes diários e de final de semana, além de uma taxa de serviço
  • Frota: Jaguar I-Pace, BMW i3, JAC iEV40 e Nissan Leaf
  • Retirada e devolução: em qualquer estação
  • Local de atuação: São Paulo (SP) (fase piloto)
  • Abastecimento: o carregamento pode ser feito nas estações
  • Tempo mínimo e máx. de aluguel: não haverá
  • Opcionais e diferenciais: durante a fase piloto, não há. A empresa diz ainda estar analisando as necessidades dos clientes

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

A edição 752 de QUATRO RODAS já está nas bancas!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

ou

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês