Especial Óleo Lubrificante: quando vale a pena comprar o óleo a granel

Você pode economizar comprando óleo a granel em vez das embalagens de 1 litro. Mas é preciso ter alguns cuidados

Troca de óleo O óleo a granel é comprado sempre na quantidade exata de que o cárter precisa

O óleo a granel é comprado sempre na quantidade exata de que o cárter precisa (Acervo/Quatro Rodas)

Quando se pensa em troca de óleo, logo vem à mente a clássica embalagem de 1 litro, que pode ser comprada em mercados, postos de gasolina, oficinas ou mesmo na concessionária.

Pouca gente sabe, porém, que o óleo também pode ser adquirido a granel, isto é, vindo de um grande tanque.

Isso é mais comum em oficinas, mas também existem postos de troca que oferecem o serviço. Em teoria, o lubrificante é exatamente o mesmo das embalagens plásticas e as vantagens ao utilizá-lo são claras.

A primeira diz respeito ao bolso do cliente. Como o óleo a granel dispensa a embalagem, seu custo por litro é menor. Além disso, você compra somente a quantidade de que necessita.

Como você já deve ter percebido, existem muitos carros que utilizam valores fracionados de lubrificante, como 4,7 ou 6,2 litros, por exemplo.

Então, quando você compra o lubrificante em embalagens de 1 litro, acaba sobrando óleo. Com a venda a granel não há esse problema, e a conta acaba ficando entre 10% e 20% mais barata.

Outro benefício é ambiental. Primeiro porque não há embalagem para descartar e, segundo, porque o plástico conserva resíduos do óleo que, em caso de descarte malfeito, podem contaminar o solo e leitos d’água.

A Mobil, por exemplo, incentiva a venda do óleo a granel com o sistema chamado Troca Inteligente, que, além de mais acessível para o consumidor, diz evitar a contaminação do lubrificante durante o manuseio.

A Castrol, porém, alerta para os cuidados necessários na estocagem, como o controle de limpeza, a temperatura e a umidade do tanque e das linhas que levam o lubrificante, para evitar contaminação e deterioração do produto.

Caso contrário, pode haver mistura de fluidos de diferentes tipos e qualidades, além da dificuldade no rastreamento do lote do produto utilizado pelo cliente, se houver problemas.

Por isso, caso o consumidor opte pela troca a granel, deve escolher sempre uma oficina ou posto de confiança.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Francisco Cabrita

    O pouco que li…achei interssante