Clique e assine por apenas 8,90/mês

Correio Técnico: o controle de tração faz o carro gastar mais combustível?

Andar com o controle de tração ligado faz o automóvel gastar mais combustível?, leitor Jose Marques Neto, São Paulo (SP)

Por Rodrigo Ribeiro - Atualizado em 25 nov 2019, 08h00 - Publicado em 25 nov 2019, 07h00
Desligar o controle de tração é uma ótima forma de transformar seu dinheiro em fumaça Marco de Bari/Quatro Rodas

Andar com o controle de tração ligado faz o automóvel gastar mais combustível? – leitor Jose Marques Neto, São Paulo (SP)

Não, e o mesmo vale para o controle de estabilidade. A diferença entre eles é que o controle de tração apenas corta o envio da força do motor quando detecta perda de aderência em acelerações, sem impacto no consumo de combustível.

Já o controle de estabilidade, além de ter as funções do de tração, também pode acionar os freios de cada uma das rodas para evitar, por exemplo, que o veículo rode em uma curva.

Em teoria, isso poderia elevar o desgaste dos freios, mas a atuação do sistema é tão rápida e intermitente que, na prática, não há impacto na vida útil de nenhum componente envolvido. O ideal é que ambos os sistemas fiquem ligados o tempo inteiro.

Continua após a publicidade

Botão pra quê?

Considerando isso, fica o questionamento do porquê raios a maioria dos modelos equipados com ESC possuem a possibilidade de desligar o sistema, ou parte dele.

Em carros esportivos é possível desativar o controle de estabilidade para motoristas que buscam mais desempenho. Seu foco, naturalmente, é para uso em circuitos fechados, onde o ESC pode tornar o veículo alguns décimos de segundo mais lento.

Já a opção de desligar o controle de tração é mais comum, porque também pode ser mais necessária — caso você more em um local com muita neve ou ande muito em locais enlameados.

Em pisos de baixa aderência o controle de tração procura cortar o motor até que a roda retome o contato com o solo. Só que, em locais muito escorregadios, isso pode fazer com que o carro simplesmente não saia do lugar, com a aceleração totalmente inibida. Daí a necessidade de se desligar o controle de tração nessas situações.

Continua após a publicidade

Tem outras dúvidas? Envie sua pergunta para correiotecnico@abril.com.br!

Publicidade