Longa duração: buracos seguem causando prejuízos no Fiat Mobi

Mobi chega à segunda metade de sua jornada após seis meses na frota de Longa Duração

Depois de passar por revisão em Limeira e Mogi das Cruzes, ambas em São Paulo (e ambas com direito à clássica empurroterapia), resolvemos renovar os ares do compacto. Desta vez, a manutenção foi feita em Curitiba (PR), na Fiat Florença.

Além da revisão em si, pedimos que fossem feitos alinhamento, balanceamento e rodízio dos pneus, serviços pelos quais foram cobrados o valor promocional de R$ 97 – nas duas revisões anteriores, eles custaram R$ 145 e R$ 160.

A revisão saiu por R$ 607. Aproveitamos a estada em Curitiba para presentear o Mobi com a aplicação de película de controle solar nos vidros, a um custo de R$ 180.

Feita a revisão, o Mobi voltou para São Paulo. E foi direto para a verificação dos serviços prestados. “Os filtros de ar e óleo, além do lubrificante do motor e velas, foram, de fato, trocados”, disse o consultor Fábio Fukuda.

Mobi chega a 30.000 km, metade de sua jornada

Mobi chega a 30.000 km, metade de sua jornada (Silvio Gioia)

De volta à ativa, o Mobi seguiu para uma viagem de 650 km, rumo ao interior de São Paulo. No meio do percurso, porém, um imprevisto. Ao passar por um buraco, um dos pneus saiu com um pequeno rasgo na lateral. A motorista Walkiria Giorgino, da área de atendimento ao leitor, colocou o estepe e encostou na primeira borracharia.

“O rapaz disse que o pneu tinha conserto. Fez uma vulcanização no local afetado, mas recomendou que eu continuasse a rodar com o estepe. Na hora, percebi que nem ele confiava no serviço”, disse Walkiria.

Por uma questão de segurança, QUATRO RODAS considera condenado o pneu com dano nos ombros. Pelo mesmo motivo, ao trocar um pneu com mais de 20.000 km rodados, substituímos também o seu par de eixo.

A substituição por dois pneus iguais aos originais (Pirelli Cinturato P1 175/65 R14 82T) foi orçada em R$ 560 na Caçula de Pneus, R$ 550 na Casa Fernandes e R$ 446 na Valetão. Fechamos a compra na mais barata, que cobrou mais R$ 130 para a realização dos necessários alinhamento e balanceamento.

Consultadas, as concessionárias Sinal, Auguri e Andreta não dispunham dos pneus originais do Mobi.

Fiat Mobi – 35.027 km

Consumo

  • No mês: 10,4 km/l com 11,5% de rodagem na cidade
  • Desde out/16: 10,4 km/l com 20,3% de rodagem na cidade
  • Combustível: etanol

Gastos no mês

  • Combustível: R$ 2.515
  • Revisão: R$ 607
  • Alinhamento: R$ 227
  • Película: R$ 180
  • Borracharia: R$ 50
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. André Pedro

    Nossa que caros esses Pneus!

  2. Quando entrei neste veículo senti estar à beira da morte. Em caso de acidente, é óbito na certa.

  3. Carlos Minkap

    Mas que revisão bem cara para um simples Mobi !!!!!

  4. Alex Bellíssimo Pimenta

    Película nos vidros de 180,00? Com certeza é aquela tintada que em seis meses está roxa e cheio de bolhas.

  5. Thiago Oliveira

    Eu vi um acidente com o mobi , o caminhão bateu na letaral do mobi que capotou 2 vez, por incrível que parece a tampa de vidro do porta malas não quebrou, cabine do carro ficou intacta, somente portas amassadas, e as 4 rodas entortou para dentro…

  6. Eduardo Córdoba

    Ai é um problema de ruas esburacadas e motoristas ruins.

  7. Pagar mais de 31.980 num carro de brinquedo? Brasileiro e o.t.a.r.i.o! Se passar num buracao esse carro desmonta…

  8. Acabei de andar em um Mobi (taxi) e o painel do carro é de um plastico mais bafureco que do Uno com motor fiasa. Pra piorar o painel é feio pra caramba.