Os carros que dão mais trabalho, segundo os mecânicos
Veja os modelos que apresentam mais problemas de manutenção, segundo o diretor do Sindirepa-SP
Por Priscila Yazbek, de Exame.com | 28/10/2013
Confira a galeria de fotos
TEXTO  

Nada melhor do que conversar com um mecânico para saber quais carros costumam ser mais problemáticos. Mas, caso você não queira se dar o trabalho de ir até uma oficina, você pode ver nesta galeria quais são os modelos que têm mais chance de dar trabalho aos donos, segundo o Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios de São Paulo (Sindirepa-SP), entidade que representa 15 mil empresas do setor de reparação de veículos .

Em entrevista a EXAME.com, Pedro Luiz Scopino, diretor do Sindirepa-SP, listou os modelos que são famosos entre os mecânicos por estar sempre passeando pelas oficinas. Além de quebrarem com mais frequência, são carros cujas montadoras fornecem poucas informações técnicas para o conserto. Por isso também apresentam custos mais elevados de manutenção.

Confira abaixo quais carros têm mais chance de trazer dor de cabeça aos seus proprietários.

Citroën C3 - Comentário de Pedro Luiz Scopino: "O C3 é um carro que tem uma grande arquitetura eletrônica, ou seja, tem muito computador. Como há pouca informação técnica sobre o carro no mercado, com toda essa tecnologia seu conserto fica muito difícil. A Citroën segura muito as informações e não as passa para o mercado independente, com isso a manutenção do carro fica mais cara. E ele apresenta com certa frequência problemas de suspensão. É um modelo que não tem um amortecimento preparado para aguentar os buracos que temos nas vias aqui do Brasil."

Renault Clio - Comentário de Pedro Luiz Scopino: "O Renault Clio é um carro que quebra 'barbaridade'. É ruim de consertar e é difícil encontrar peças. Assim como a Citroën, a Renault não divulga muitas informações para a rede independente e o conserto na concessionária fica quatro, cinco vezes mais caro do que deveria. O carro tem o motor muito sensível. Ele falha demais e a bobina queima com frequência. É um carro que não aguenta muito o congestionamento das grandes cidades."

Renault Sandero
- Comentário de Pedro Luiz Scopino: "Assim como o Clio, o Sandero é um carro que quebra com facilidade e é difícil de consertar tanto pela escassez de peças, quanto de informações técnicas. Ele também apresenta falhas no motor com frequência e é um carro que não aguenta muito o trânsito."

Peugeot 207 - Comentário de Pedro Luiz Scopino: "Quem já teve um Peugeot 206, 207 ou 208 jamais compra outro porque tem muitas experiências negativas com a marca. Também é um carro que tem bastante tecnologia, mas pouquíssima informação no mercado e poucas peças, o que encarece demais a manutenção. É um carro com padrão europeu que veio para o Brasil e não aguenta os buracos e lombadas das nossas vias. O principal calcanhar de Aquiles dos carros da Peugeot é a suspensão, que sempre dá problema. E o carro também é muito barulhento."

Ford Fiesta - Comentário de Pedro Luiz Scopino: "O Fiesta é um carro que apresenta muitos problemas no sistema de arrefecimento, que controla a temperatura do motor. Outro grande problema, que afeta toda a linha Ford, é que é muito difícil encontrar peças, mesmo nas concessionárias da montadora, então o carro demora muito para ser consertado."

JAC J3 - Comentário de Pedro Luiz Scopino: "Os carros da JAC Motors são campeões no quesito 'apresentar problemas'. É muito difícil encontrar peças, a suspensão é muito sensível e a calibração da injeção eletrônica é problemática. Os carros apresentam desgaste irregular dos pneus e o motor falha constantemente. De bom, os carros da JAC só têm a propaganda no Faustão, nada mais."

Citroën C4
- Comentário de Pedro Luiz Scopino: "Os problemas do C4 são os mesmos do C3: é um carro que tem muito computador e pouca informação técnica no mercado. Além disso, apresenta com certa frequência problemas de suspensão, porque não está adequado ao ambiente no qual ele circula."

Peugeot 208 - Comentário de Pedro Luiz Scopino: "O Peugeot 208 é quase igual ao 207. Também é um carro com bastante tecnologia, mas pouquíssima informação no mercado e poucas peças, o que encarece a manutenção. É um carro projetado de acordo com o padrão europeu e tem muitos problemas com as nossas ruas. Os problemas mais frequentes ocorrem com a suspensão. Também é um carro muito barulhento."

Ford Ka - Comentário de Pedro Luiz Scopino: "Tal como o Fiesta, o Ka é um carro que apresenta muitos problemas no sistema de arrefecimento e também tem a questão da dificuldade de encontrar peças, mesmo nas concessionárias Ford."

VEJA MAIS: Confira as respostas das montadoras!

PUBLICIDADE

  • Up
  • Onix
  • Duster
  • HB 20
  • Novo Ka
  • Corolla
  • Civic
  • Golf
  • Focus
  • New Fiesta
  • | A-Z |

PUBLICIDADE