Marcas

Garotas
Chevrolet Corvette ZR1
Chevrolet Corvette ZR1
Janeiro 2008

Chevrolet Corvette ZR1

O substituto do Z06 ganhou musculatura e é o mais caro e mais potente carro já produzido pela GM

Por Vinicíus de Oliveira | fotos: PHOTO 4
Veja outro salão:

ALTERAR O TAMANHO DA LETRA  

Sucessor do Z06, o Corvette ZR1 ganhou músculos e será a arma da Chevrolet para tentar fazer frente a superesportivos mais caros como os modelos da Porsche e Ferrari. Apresentado já como modelo 2009, ele será o mais potente e caro modelo já produzido pela marca norte-americana.

Uma janela feita em policarbonato permite que se aprecie o novo motor LS9 V8, de 6,2 litros, da linha "small block", ou seja, bloco compacto, feito de alumínio. O propulsor entrega 620 cavalos (com a excelente marca de 100 cavalos por litro), graças ao auxílio de um compressor, que também melhora o torque em baixas rotações. O torque máximo fica perto da casa dos 82 mkgf.

A transmissão também é totalmente nova. O câmbio manual de seis marchas é acoplado a uma embreagem dupla, sistema que torna as trocas de marcha mais fáceis e também reduz o tempo de engate, uma vez que reduz em 25% a inércia.

A melhora no desempenho exigiu novos freios, que contam com discos de cerâmica, reforçados com fibra de carbono, medindo 15,5 polegadas na frente e de 15 polegadas do eixo traseiro (são iguais aos da Ferrari Enzo). O design das rodas é inspirado nas que equipam o Corvette C6R que disputa a American Le Mans Series, com pneus 285/30ZR19 na frente e 335/25ZR20 atrás.

Como o novo modelo é 100 quilos mais pesado que o Z06, os engenheiros da GM fizeram algumas alterações na distribuição de peso. O motor foi instalado em uma posição mais baixa e a bateria foi para o porta-malas, enquanto pára-choques, parte interna do capô e teto são feitos de fibra de carbono para reduzir o peso.

O chassi de alumínio é o mesmo do Z06, com sistema de suspensão independente bastante parecido, contando com braços também de alumínio e o sistema Magnetic Selective Ride Control, que enrijece ou amolece a pressão dos amortecedores, adequando-se às condições de piso e estilo de pilotagem, garantindo um contato mais preciso das rodas com o solo.





» FOTOS

» VÍDEOS