VW nega aposentadoria de chairman

Jornal alemão citou problema de saúde com Ferdinand Piëch

mercado

A Volkswagen divulgou comunicado oficial em que nega a aposentadoria de Ferdinand Piëch, ex-CEO e atual chairman global da montadora. O desmentido surge depois de o jornal alemão Handelsblatt ter publicado uma reportagem em que citava problemas de saúde como o motivo da retirada de cena de Piëch.

“Dr. Piëch está nas melhores condições de saúde possíveis e seguirá como chairman da Volkswagen por um longo tempo”, diz a nota da marca. Atualmente, o executivo está com 76 anos de idade.

Em sua matéria, o Handelsblatt dizia que Piëch teria indicado Martin Winterkorn, atual CEO da VW, como seu sucessor. Outra possibilidade seria Hans Dieter Poetsch, chefe-financeiro da companhia.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s