Toyota RAV4: as novidades, preços e equipamentos

Por R$ 159.290, versão única será vendida apenas com motor 2.0 e tração dianteira, sem opcionais

Grade, faróis e para-choques seguem o novo padrão da Toyota

Grade, faróis e para-choques seguem o novo padrão da Toyota (divulgação/Toyota)

Confirmando o que QUATRO RODAS havia apurado dias atrás, a Toyota oficializou a chegada da linha 2017 do RAV4 ao Brasil. O SUV médio recebeu um facelift discreto e será vendido em versão única, por R$ 159.290.

O modelo renovado já havia sido apresentado no Salão do Automóvel do ano passado. Os retorques no visual se concentram no novo conjunto de grade, faróis e para-choques, parecidos com os vistos no CH-R e no novo Corolla. Eles aumentaram um pouco o comprimento da carroceria, de 457 cm para 460 cm.

Nas laterais, pequenas mudanças nas saias e roda aro 17 de desenho inédito. Segundo a Toyota, a altura em relação ao solo foi ampliada de 17,6 para 19,1 cm.

Lanternas traseiras também são de leds

Lanternas traseiras também são de leds (divulgação/Toyota)

O conjunto mecânico permanece igual: um 2.0 com 16 válvulas e comando variável na admissão e exaustão, com 145 cv e 19,1 mkgf a 3.600 rpm, acoplado a um câmbio CVT com simulação de sete marchas. A tração será apenas dianteira, 4×2.

A Toyota decidiu eliminar o portfólio de versões do RAV4 (que chegou a ser composto por quatro configurações, incluindo uma opção de motor 2.5 mais potente com tração 4×4), concentrando-se em uma versão única, sem opcionais.

Altura em relação ao solo aumentou

Altura em relação ao solo aumentou (divulgação/Toyota)

Chamada de Top, ela traz destravamento das portas por proximidade, partida por botão, uma nova tela TFT colorida para o computador de bordo no centro do painel, sistema multimídia Toyota Play com touchscreen de 7 polegadas, GPS e câmera de ré.

Há sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, teto solar elétrico, ar-condicionado dualzone, controle de velocidade de cruzeiro, revestimento misto de couro e material sintético, ajustes elétricos para o banco do motorista, retrovisor interno fotocrômico e externos eletrorretráteis.

Sete airbags são de série, como no Corolla

Sete airbags são de série, como no Corolla (divulgação/Toyota)

Na parte de segurança, o RAV4 traz controles de tração e estabilidade, assistente para rampas, sete airbags e fixações Isofix para cadeirinhas infantis. O porta-malas é um dos maiores da categoria, com 547 litros de capacidade.

Porta-malas acomoda 547 litros sem precisar rebater os bancos

Porta-malas acomoda 547 litros sem precisar rebater os bancos (divulgação/Toyota)

Por tudo isso, a Toyota vai cobrar R$ 159.290 , mais do que custava o modelo 4×4 da linha anterior. O valor é mais alto que o de concorrentes com características superiores, como o Honda CR-V 2.0 4×4 (R$ 148.000), o Hyundai New Tucson 1.6 turbo (R$ 138.990) e até o Jeep Compass Trailhawk a diesel 4×4 (R$ 151.990).

Além dos SUVs médios citados, há também o Kia Sportage por R$ 139.990. E no segundo semestre chega o Chevrolet Equinox, substituto do Captiva.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Frank Caldara

    Por esse valor, prefiro o Subaru Forester. 4×4 AWD 240 cv e 35,1 mkgf

  2. Controle de traxao e ESP? Acho que ainda nao vem…

  3. André Pedro

    Só pra trouxa, voce me desculpa…