Toyota poderá ter divisão esportiva para carros de rua

Responsável pelos carros de corrida da marca, Gazoo Racing assumiria a responsabilidade de ser uma divisão Motorsport japonesa

 

Toyota GT86 GRMN tem 220 cv e peso aliviado em 45 kg

Toyota GT86 GRMN tem 220 cv e peso aliviado em 45 kg (Divulgação/Toyota)

A Toyota poderá ter sua divisão esportiva destinada para carros de rua em breve, a exemplo dos Mercedes-AMG e BMW M. Isso pode acontecer no curto prazo, a partir do trabalho desenvolvido pela Gazoo Racing — parceira responsável pelos carros da marca que competem no Campeonato Mundial de Endurance (WEC) e Campeonato Mundial de Rali (WRC).

Segundo o site inglês Autocar, o objetivo da Toyota é transformar essa divisão de automobilismo em uma divisão de carros de rua preparados, tanto no motor quanto no visual. A Toyota já tem a TRD (Toyota Racing Development), mas a nova divisão Gazoo Racing faria um trabalho mais abrangente. Vale ressaltar que alguns modelos de rua já foram feitos pela Gazoo, mas restritos para o mercado japonês e comercializados apenas em versões limitadas, a exemplo do mais recente, o Toyota GT86 GRMN.

Modelo tem bancos concha da Recaro

Modelo tem bancos concha da Recaro (Divulgação/Toyota)

O chefe da Gazoo Racing e divisão de motores da Toyota, Koei Saga, afirma que há a intenção de aumentar a presença da Gazoo Racing em outros mercados além do Japão. Saga ainda diz: “na Europa, o desafio é maior porque temos mais concorrentes, fora que também há uma questão de custos. No entanto, estou trabalhando muito para que possamos ter uma divisão como a marca M.”.

Para-choque traseira e aerofólio compõem o visual

Para-choque traseiro com escapamento central e aerofólio compõem o visual (Divulgação/Toyota)

Com apenas 100 unidades produzidas e vendidas apenas no Japão, o Toyota GT86 GRMN foi o último carro preparado pela Gazoo Racing. Ele tem o mesmo motor boxer de 4 cilindros e 2,0 litros, mas com 220 cv e 22,1 mkgf de torque ante os 200 cv e 20,9 mkgf originais. O esportivo também ganhou novos para-choques, um imenso aerofólio traseiro, bancos concha da Recaro, bem como novos ajustes de suspensão e redução em 45 kg no seu peso final por conta dos componentes de fibra de carbono e janelas de acrílico.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s