Supereconômico, Volvo XC90 híbrido chega ao Brasil por R$ 456.950

Versão T8 tem 407 cv e faz 15,8 km/l na estrada; lista de itens de série pode incluir até refrigerador com taças de cristal

Amigo da natureza: o XC90 T8 pode rodar até 35 km só com eletricidade (divulgação/Volvo)

Menos de dois anos após o lançamento do novo XC90, a Volvo inicia as vendas de sua versão híbrida no país. O XC90 T8 será oferecido em duas versões de acabamento: Inscription (R$ 456.950) e Excellence (R$ 519.950).

Ambas combinam o motor 2.0 Drive-E Turbo de 320 cv (o mesmo empregado nas versões a gasolina) com um motor elétrico de aproximadamente 87 cv, alimentado por baterias de íon-lítio. A potência combinada é de 407 cv, suficientes para fazer o veículo acelerar de 0 a 100 km/h em 5,6 segundos – um número expressivo considerando os 2.319 kg do SUV.

Potência combinada dos dois motores é de 407 cv (divulgação/Volvo)

O motorista pode escolher entre três modos de condução principais: Pure (100% elétrico, no qual a autonomia é estimada em 35 km), Hybrid (faz os motores atuarem de forma inteligente de acordo com a necessidade do condutor) e Power (voltado para desempenho).

São necessárias 2,5 horas para carregar a bateria em uma tomada de 220 volts (divulgação/Quatro Rodas)

É possível optar ainda pelos modos Off-Road (eleva a suspensão em 40 mm), AWD (ativa a tração integral) e Individual (permite a personalização seguindo o gosto do condutor). Segundo a Volvo, o XC90 faz 15,3 km/l na cidade e 15,8 km/l na estrada, sempre no modo Hybrid – ativado assim que o veículo é ligado.

As baterias são carregadas em 2,5 horas em uma tomada de 220 volts e 16 amperes, sendo que a Volvo se compromete a cobrir os custos de instalação de um ponto de recarga na casa do proprietário.

Motor 2.0 a gasolina tem 320 cv (divulgação/Volvo)

Alavanca de câmbio é feita de cristal sueco (divulgação/Quatro Rodas)

Por meio de uma tela de 9 polegadas instalada no centro da cabine, o motorista pode selecionar ainda as funções Hold, que usa apenas o motor a gasolina para poupar a bateria, e Charge, que aprimora o trabalho da frenagem regenerativa para carregar a bateria.

Bem equipado, o XC90 T8 traz faróis com leds no já conhecido formato “Martelo de Thor”, rodas de liga leve de 21 polegadas, sistema de som com 1.400 watts e 19 alto-falantes da Bowers & Wilkins, estacionamento semiautônomo e painel digital com uma tela de 12,3 polegadas.

Fora o logotipo e o bocal de recarga, o visual é o mesmo dos outros XC90 (divulgação/Volvo)

Como a Volvo é referência em segurança, o SUV traz City Safety, alerta de pontos cegos, assistente de permanência em faixas, head-up display e o piloto automático adaptativo com condução semiautônoma, que controla direção e pedais de freio e acelerador a até 130 km/h.

Bancos individuais e taças de cristal são exclusividades da versão Excellence (divulgação/Volvo)

A versão Excellence acrescenta quatro bancos individuais com regulagens elétricas, massageadores para os ocupantes de trás, geladeira com duas taças de cristal, mesinhas dobráveis e até uma parede transparente com reforços acústicos separando os passageiros do porta-malas.

Veja também
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Faz de conta que o cabra que compra um carro de 450 mil reais está se importando com economia. Trouxas com muita grana.