Novo Audi TT RS debuta no Salão de Pequim com 400 cv

Com números dignos de superesportivo, cupê acelera de 0 a 100 km/h em apenas 3,7 segundos

Audi TT RS new (1)

Audi TT RS roadster e cupê

A Audi apresenta no Salão de Pequim a versão mais poderosa do TT, o RS. Mostrado nas configurações cupê e roadster, o TT RS traz receita ainda mais apimentada do que o TTS (as impressões de QUATRO RODAS você confere aqui), já que ele é equipado com o motor 2.5 TFSI de 400 cv de potência, ou seja, 60 cv a mais do que seu antecessor.

LEIA MAIS:

>> Impressões: Audi TTS equilibra tecnologia, esportividade e diversão

>> Teste: Audi RS3, um monstro em miniatura

>> Teste: Audi A1 1.8 TFSI, um foguetinho sem concessões

O propulsor 2.5 cinco cilindros turbo agora traz bloco de alumínio, ficando mais leve, além de ter o nível de atrito interno reduzido. O torque de 48,9 mkgfm é disponível entre 1.700 e 5.850 rpm, o que faz o cupê disparar da imobilidade até os 100 km/h em apenas 3,7 segundos, enquanto o roadster faz em 3,9 segundos. Números não tão distantes do R8 V10, que cumpre a mesma prova em 3,2 segundos. A velocidade máxima é limitada em 250 km/h, podendo ser estendida para 280 km/h quando solicitado para a marca. Para tristeza dos puristas, ambos não oferecem mais o câmbio manual, sendo ofertados somente com a caixa automatizada de dupla embreagem S Tronic de sete velocidades e a conhecida tração integral Quattro da Audi – que dispõe de controle de torque.

Audi TT RS new (3)

Elementos aerodinâmicos foram ampliados na carroceria

Em relação ao visual, o TT RS traz visual agressivo comum à linha RS, com grade no estilo colmeia, para-choques com generosas aberturas de ar e acabamento pintado em prata. Há ainda faróis e lanternas em led, bem como a dupla saída de escape oval e uma asa traseira fixa. Uma das maiores novidades são as lanternas com tecnologia Matrix Oled (diodos de luz orgânicos), opcionais, elas estão disponíveis pela primeira vez num carro de produção em série na marca. As rodas de sete raios podem ser de 19 ou 20 polegadas, essa última opcional, além de ser forjada e mais leve.

Audi TT RS new (2)

TT RS traz nova tecnologia Matrix Oled nas lanternas

Ele ainda pode ser equipado com amortecedores magnéticos adaptativos, que podem ser ajustados eletronicamente pelo sistema de modo de condução Audi Drive Select – que dita a personalidade do modelo em quatro níveis: Confort, Auto, Dynamic e Individual. O motorista ainda pode modificar o ronco do escape através de um botão localizado no console central.

Audi TT RS new (4)

Volante traz botão de partida e comandos do Audi Drive Select. Painel é 100% digital

A cabine mantém o emblemático painel digital de 12,3 polegadas batizado de “Virtual Cockpit”, com três modos de exibição, no qual inclui a configuração RS que destaca o conta-giros, além de mostrar informações de pressão dos pneus, torque e força G. Exclusividade é o volante RS em couro com botão de partida e os comandos do Audi Drive Select. O TT RS será lançado no terceiro trimestre na Europa, com a versão Coupé custando 66.400 euros e Roadster saindo por 69.200 euros. No Brasil, o esportivo deve dar as caras no Salão do Automóvel de São Paulo, em outubro.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s