Seu comparativo
TOP 10 QR
Os carros mais procurados da semana no site Quatro Rodas
  • Up
  • Onix
  • Duster
  • HB 20
  • Novo Ka
  • Corolla
  • Civic
  • Golf
  • Focus
  • New Fiesta
  • | A-Z |
Newsletter
Assine a Newsletter QUATRO RODAS
PUBLICIDADE
NOTÍCIAS » Fabricantes
TEXTO  |RSS | Add to Google|
Montadoras japonesas perdem 500 mil veículos por causa do terremoto
Por Bruno Roberti | 13/04/2011
Toyota foi a mais atingida e deixou de produzir 260 mil unidades no último mês
O Japão deixou de produzir cerca de 500 mil unidades no último mês pelas paralisações das montadoras devido ao terremoto e ao tsunami que atingiram a região nordeste do país.

Desde o dia 11 de março, quando o desastre natural assolou o Japão, as montadoras Toyota, Honda, Nissan, Suzuki, Mazda, Subaru e Mitsubishi suspenderam a produção total de veículos.

Algumas plantas continuam com as operações suspensas, enquanto outras estão com as produções parciais devido à falta de peças e componentes no estoque.

A Toyota lidera o grupo, com um volume perdido de 260 mil unidades em suas 18 fábricas no país. Apenas duas das plantas foram reabertas e a montadora pretende colocar as outras para funcionar somente no fim do mês.

Já a Honda perdeu 58 mil veículos em duas fábricas no Japão. A rotina foi retomada nesta semana, mas com produção limitada.

A Nissan, que reabriu suas cinco fábricas, deixou de produzir 55 mil veículos. Porém, segundo o site Autonews, a montadora não forneceu o número exato de perdas por conta da falta de peças.

A Suzuki teve um prejuízo de 59 mil unidades até o dia 9 de abril. Já a Mazda deixou de fabricar 43 mil automóveis, enquanto a Subaru perdeu 29 mil. Por fim, a Mitsubishi, uma das primeiras a retomar a produção em suas três plantas, deixou de fabricar 26 mil unidades no último mês.

Jacson (16/04/2011 @ 13:52)
Parabéns a Revista Quatro Rodas, por deixar que pessoas ignorantes e sem escrupulos deixem seus recados inuteis e sem sentido algum postados para todo mundo ver. Gosto das matérias que a revista edita, mas vamos ter o minimo de bom censo e excluir comentários do tipo ....... ( Marcelo Soares (14/04/2011 @ 14:39) Vocês acreditaram no que escrevi?É lógico que estou comemorando o desastre como bom aliado das montadoras Norte-Americanas.Essas empresas de LIXO,assim como as germânicas feitas por BEBUNS merecem o castigo!!! )...... sendo assim espero que animais como MARCELO SOARES, PAULO FREIRE E CIA LTDA nunca mais postem bobagens. Grato!
Zé Marley (14/04/2011 @ 19:36)
Pois eu sou diferente de vocês todos. Sou a favor das montadoras jamaicanas. Tomara que lancem logo o furgão Cheech & Chong no mercado brasileiro. Vai ser um "tsunami de alegria", tendo em vista que ele não é feito de fibra de carbono. Vida longa a Jamaicars...
Paulo_Freire (14/04/2011 @ 14:46)
O Marcelo Soares é do meu time, a grande diferença é que detesto as empresas americanas pois elas não são o oposto às japonesas e alemãs. São todas farinhas do mesmo saco. Vida longa a FIAT, Linea T-Jet os melhores carros do mundo. E que venha mais desastres.
Marcelo Soares (14/04/2011 @ 14:39)
Vocês acreditaram no que escrevi?É lógico que estou comemorando o desastre como bom aliado das montadoras Norte-Americanas.Essas empresas de LIXO,assim como as germânicas feitas por BEBUNS merecem o castigo!!!
Marcelo Soares (14/04/2011 @ 14:10)
Sempre fui e serei aliado das montadoras Norte-Americanas,mas o Japão vive um momento crucial e devemos respeitá-los e refletir no sofrimento de famílias que perderam tudo e ainda correm o risco de um desastre radiativo. O Brasil tem suas catástrofes ,mas são controláveis,por isso,às vezes não temos idéia de sofrimento de verdade.
Paulo Freire (13/04/2011 @ 23:17)
Ei Japonga, por que vc não vai enfornar um robalo?
Zépa (13/04/2011 @ 20:16)
pobrezinho do japa
Japonga (13/04/2011 @ 18:35)
ALIÁS LEITOR DESDE OS MEUS 7 ANOS DE IDADE, SOU NASCIDO EM 1981.
marc jours (13/04/2011 @ 13:41)
A INCOMPETENCIA JAPONESA IMPERA.....ELES NÃO ADMITEM, MAS PERDERAM O SEGUNDO LUGAR NA ECONOMIA MUNDIAL PARA OS CHINESES, ESTÃO PERDENDO EM QUALIDADE PARA OS SUL-COREANOS, VIDE TAMBÉM, A LUTA DESLEAL PARA PASSAREM OS AMERICANOS DA GM...PRODUÇÃO SEM ESCRUPULOS, DEZENAS DE MORTOS E NADA DE RECALL...DAÍ, SE HUMILHAM PERANTE O OCIDENTE, COM AQUELE TEATRO RIDICULO DE CURVAREM-SE....TSIC TSIC TSIC
silvio (13/04/2011 @ 13:03)
Bem observado Marcatto, o Bruno Roberti deve ter se formado na UNIP.
Japonga (13/04/2011 @ 12:07)
Bem colocado Marcatto, é que o chamado assim chama mais atenção!
Marcatto (13/04/2011 @ 11:29)
Deixar de produzir não significa "perdeu". Matéria sensacionalista.
» TOPO