Opel/Vauxhall farão demissões na Alemanha
Marcas também reduzirão carga horária de duas fábricas
Por Márcio Murta | 23/08/2012

A Opel/Vauxhall diminuirá as horas de trabalho em duas de suas fábricas localizadas na Alemanha e iniciará um processo de demissão de funcionários, divulgou nesta quinta-feira (23) o informativo Automotive News. As medidas, segundo a notícia, são motivadas pela atual baixa demanda por automóveis na Europa. As marcas também suspenderão por 20 dias a fabricação na unidade de automóveis em Ruesselsheim (Alemanha) e no complexo de produção de motores localizado em Kaiserslautern (Alemanha) entre setembro e dezembro.

Em entrevista com o noticioso, Holger Kimmes, chefe de operações da Opel/Vauxhall informou que as vendas no mercado europeu está decaindo substancialmente. "Até recentemente, a diminuição dos cronogramas de produção poderiam ser compensados pela aplicação de turnos e acúmulos de hora extra", disse. "Agora, trabalho reduzido é a melhor opção", finalizou. Recentemente, a marca apresentou um plano de reestruturação para o mercado europeu.

De acordo com o Automotive News, a redução das horas de trabalho serão reduzidas em horas diárias ou em dias da semana a partir de setembro. E, enquanto o setor de engenharia da marca permaneça com o funcionamento inalterado, ocorrerão cortes de vagas no setor administrativo e de serviço no início de outubro. Nenhuma informação é divulgada sobre o número de pessoas que serão desligadas da empresa.

Comentários

PUBLICIDADE

  • Up
  • Onix
  • Duster
  • HB 20
  • Novo Ka
  • Corolla
  • Civic
  • Golf
  • Focus
  • New Fiesta
  • | A-Z |

PUBLICIDADE