Marcha a ré: os destaques de QUATRO RODAS em agosto de…

De 1966 a 2006, uma viagem no tempo para relembrar o que já foi notícia na revista de automóveis mais tradicional do país

agosto de 2006

Agosto de 2006: teste do Jetta 2.5 foi o destaque

[obs: para acessar os links do Acervo Digital da QUATRO RODAS, é preciso desabilitar o bloqueio de pop-ups, caso ele esteja ativado]

2006

O mercado dos sedãs ficou agitado em 2006. Após as estreias de Civic e Fusion, o segmento ganhava mais um integrante: o Volkswagen Jetta. Além do desenho que mesclava elementos sofisticados e esportivos, o modelo era dotado de um bom (mas nada econômico) motor 2.5 de cinco cilindros e 20 válvulas com 150 cv e 23,2 mkgf, sempre acompanhado de um câmbio automático de seis marchas. As credenciais técnicas eram dignas de o colocarem em um posicionamento acima dos sedãs médios. A categoria ganhava ainda os novos Toyota Camry e Peugeot 307 Sedan.

Na mesma edição, levamos para a pista a Ferrari mais pronta para as ruas da história da marca até entnao. A 599 GTB era um típico modelo saído de Maranello, com motor V12 6.0 de 620 cv e 62 mkgf e câmbio manual de seis marchas. Apesar disso, era a Ferrari mais confortável e amigável para se rodar em centros urbanos.

1996 

agosto de 1996

Agosto de 1996

Até então conhecido por “Palio sedã”, o Siena foi flagrado (pela primeira vez) sem nenhum tipo de camuflagem — sua estreia, porém, só aconteceu em 1997. Ainda na ala dos segredos, a Kombi foi vista perto de estrear algumas mudanças visuais, assim como a versão cabine dupla da S10. O Fiat Ducato ainda era incerto, assim como o Vectra hatch (este, que nunca chegou ao Brasil). O Polo Classic, na época cotado para se chamar Voyage, era testado pela primeira vez.

1986

Agosto de 1986

Agosto de 1986

Escort 87 chegava às ruas brasileiras com cara de carro europeu, incluindo novos para-choques, lanternas e grades. Entretanto, a mecânica do modelo não seguia a mesma revolução do visual. As versões convencionais (que não a esportiva XR3) tiveram um acréscimo de 2 cv, totalizando 75. A XR3, por sua vez, passou a ter 86. Mesmo com as mudanças, o desempenho do Escort continuava não empolgando. A edição 313 trazia ainda os testes de Caravan, Voyage Super e Fiat 86.

1976

Agosto de 1976

Agosto de 1976

Prometido para chegar ao Brasil em 1980, o primeiro Fiesta nunca deu as caras por aqui. Com dimensões compactas, ele foi feito para brigar na categoria liderada por Fiat e VW. Ainda entre os compactos, o Corcel passava pelo teste de 30.000 km de QUATRO RODAS e o novo Chevette era flagrado por nossas lentes. A edição era brindada ainda com um comparativo dos três principais esportivos do país: Chevette GP, Corcel GT e Passat TS.

1966

Agosto de 1966

Agosto de 1966

Antessessor do F-Type, o Jaguar E-Type chegava com a mesma pompa do modelo atual. No entanto, ele vinha acompanhado de um grande diferencial frente aos tradicionais esportivos: além dos traços e do desempenho esportivos, o cupê tinha espaço para levar até quatro pessoas. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s