Hyperloop: um novo tipo de transporte público a 1.220 km/h!

Modal de transporte terá cápsulos "voando" dentro de estruturas tubulares; primeiro trecho seria entre Los Angeles e San Francisco

Estrutura tubular com trem em formato de cápsula

Trem do Hyperloop tem formato de cápsula e se moverá por dentro de estruturas tubulares (Divulgação/Hyperloop)

O projeto Hyperloop foi mostrado pela primeira vez em 2013 por Elon Musk, CEO da Tesla Motors. A ideia trata de um sistema diferente de transporte público, no qual uma cápsula se locomove por construções tubulares e leva pessoas e carros a uma velocidade de 760 milhas por hora, o equivalente a 1.220 km/h.

Agora, o projeto pode sair mais rápido do papel, pois recebeu um aporte de mais de US$ 108 milhões para o início de sua construção.

Segundo o site Autoblog, a empresa Hyperloop Transport Technologies (HTT) conseguiu um investimento total de US$ 31,8 milhões em dinheiro por meio de investidores e outros US$ 77 milhões vindos de uso de direitos fundiários e investimentos em espécie de empresas. Isso inclui os fornecedores de materiais usados na construção do novo sistema, bem como os projetos de engenharia e design.

A HTT foi resultado da JumpStartFund, uma plataforma de crowdsourcing (uma iniciativa colaborativa), onde muitos pesquisadores e engenheiros desenvolveram um projeto e ofereceram seus serviços para a empresa.

Esse trabalho de captura de recursos contou com a ajuda de mais de 603 pessoas, no qual mais de 200 profissionais de 44 empresas em 38 países contribuíram com seu tempo e talento para o desenvolvimento de tecnologia da Hyperloop Transport Technologies.

O Hyperloop é baseado em um sistema de dutos onde as cápsulas de transporte se locomovem a uma velocidade de até 1.220 km/h, o suficiente para transportar uma pessoa de Los Angeles a São Francisco em 30 minutos – de carro, o trajeto de 614 km costuma levar pelo menos seis horas.

As cápsulas são aceleradas por um sistema magnético de levitação ativada pelo movimento em alta velocidade – no momento que a cápsula faz a frenagem e para, ela deixa de levitar e encosta no trilho condutor.

Cada trem do Hyperloop terá a capacidade de transportar cerca de 28 passageiros e partir da estação a cada 30 segundos, abrindo uma distância segura de 8 km entre uma cápsula para outra. O sistema também foi pensado para transporte de cargas, o que ajudaria a amortizar os custos de implantação mais rapidamente.

O projeto do Hyperloop foi pensado para ligar cidades com até 1.600 km de distância e com grande tráfego entre elas – acima disso, o custo dos tubos sustentados por pilares se tornaria proibitivo.

A ideia do Hyperloop veio à cabeça de Elon Musk quando surgiu um projeto de trem-bala que seria construído entre São Francisco e Los Angeles (620 quilômetros), a um custo de US$ 70 bilhões. Musk disse que era possível implementar um sistema de transporte duas vezes mais rápido, com menor custo e ainda movido por energia renovável.

As estruturas tubulares do Hyperloop teriam painéis solares que gerariam energia para as cápsulas, sendo que a energia captada a mais seria utilizada para seu funcionamento à noite. Os protótipos devem iniciar os primeiros testes já em 2017.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Felippe M Moura

    Elon Musk um mito.