Em pré-venda, Renault Kwid tem preços entre R$ 29.990 e R$ 39.990

Subcompacto foi apresentado em Buenos Aires e chega às lojas em julho

Kwid já está em pré-venda no Brasil (Ulisses Cavalcante/Quatro Rodas)

A Renault apresentou nesta tarde, no Salão de Buenos Aires, o Kwid que será vendido no Brasil. O evento também marcou o início da pré-venda do subcompacto, que só começa a chegar às concessionárias no final de julho. Os preços das versões variam entre R$ 29.990 e R$ 39.990 na versões Life, Zen e Intense.

A pré-venda garante o preço de tabela, primeira revisão gratuita, cinco anos de garantia para quem fizer o financiamento com o banco Renault e entrega prioritária. Para reservar o carro, é necessário fazer o pagamento R$ 1.000 com cartão de crédito, na concessionária ou nos sites www.renault.com.br e www.kwid.com.br.

Renault confirmou altura livre do solo de 18 cm (Ulisses Cavalcante/Quatro Rodas)

O conceito Outsider, mostrado no Salão do Automóvel de São Paulo no ano passado, também deu as caras por lá, porém com mudanças para a produção em série: não tem apliques verdes, rack no teto ou peça plástica simulando quebra-mato na dianteira. Além disso, as molduras das caixas de roda não possuem ressalto e os plásticos nas portas foram trocados por adesivos estilizados.

Como versão aventureira, a Outsider será lançada no Brasil no primeiro trimestre de 2018 e deve ser a mais cara da linha.

Painel da versão intermediária Zen com rádio opcional (Ulisses Cavalcante/Quatro Rodas)

Por dentro, destaque para o quadro de instrumentos, que não tem conta-giros nem computador de bordo na versão de entrada. O acionamento dos vidros elétricos dianteiros fica no console central, como era no Clio e nos primeiros anos de Logan e Sandero, para economizar fiação nas portas.

Acabamento é simples, como o esperado de um carro de entrada (Ulisses Cavalcante/Quatro Rodas)

O valor inicial bate com o apurado por QUATRO RODAS. Por R$ 29.990, a versão de entrada Life tem airbags frontais e laterais (quatro no total), Isofix, fiação para instalação de rádio, desembaçador do vidro traseiro, ajuste interno dos retrovisores, para-choques pintados, maçanetas e retrovisores pretos, abertura interna do porta-malas, cintos dianteiros com ajuste de altura e encostos de cabeça laterais traseiros. Pelo menos por enquanto, não há opcionais.

Renault Kwid Life custa R$ 29.990 (Divulgação/Renault)

Em seguida está a versão Zen, de R$ 34.990. Soma ar-condicionado, direção elétrica e limpador traseiro, vidros e travas elétricas, retrovisor interno com função dia/noite, revestimento no porta-malas, alerta de luzes acesas, alças traseiras e dois alto-falantes. Rádio 2-din com Bluetooth é o único opcional de R$ 400.

Renault Kwid Zen parte dos R$ 34.990 (Divulgação/Renault)

A versão mais cara, Intense, soma faróis de neblina, retrovisores e maçanetas na cor da carroceria, computador de bordo, conta-giros, apoio de cabeça central na traseira, bolsas porta-revista atrás dos encostos dianteiros, rodas de liga aro 14″, rádio 2-din e luz interna dimerizada.

Versão Intense com Pack Connect custa R$ 39.990 (Divulgação/Renault)

O detalhe é que a Renault só anunciou o preço da versão Intense com o pacote opcional “Connect”: R$ 39.990. O que ela tem a mais é a central multimídia MediaNav, câmera de ré, porta-malas com abertura elétrica, grade cromada, retrovisores com capa preta e ajuste elétrico, maçanetas internas cromadas, detalhes internos exclusivos e rodas aro 14″ escurecidas.

Altura livre do solo é de 18 cm (Divulgação/Renault)

O Renault Kwid tem  3,68 m de comprimento, 1,59 m de largura, 1,47 m de altura e 2,42 m de entre-eixos, com porta-malas de 290 l. Em comparação com o VW Up!, é 1 cm mais curto, 5 cm mais estreito, 3 cm mais baixo e tem o mesmo entre-eixos, com porta-malas 5 l maior. O Kwid tem altura livre do solo de 18 cm, contra 16 cm do Volkswagen. Para comparação dentro de casa, o Sandero Stepway tem 18,5 cm e o Duster, 21 cm de vão livre. 

Para justificar o rótulo de “SUV dos compactos” a Renault destaca os ângulos de entrada, de 24°, e de saída, 40°.  É mais do que o Captur, com 21,2 cm de vão livre tem 23° de entrada e 31° de saída.

Central multimídia MediaNav será opcional na versão mais cara (Divulgação/Renault)

Entre-eixos de 2,42 m é igual ao de um Up! (Divulgação/Renault)

Quadro de instrumentos com conta-giros e computador de bordo? Só a partir da versão Zen (Divulgação/Renault)

Confirmando o que suspeitávamos, a suspensão traseira é por eixo de torção, como comprova a imagem abaixo – a ficha técnica feita pela Renault vazada ontem apontava para o prosaico conjunto de eixo rígido.

Suspensão traseira do Kwid é de eixo de torção (Ulisses Cavalcante/Quatro Rodas)

O motor  o 1.0 SCe de três cilindros em configuração sem o duplo comando de válvulas variável presente em Sandero e Logan. São 70 cv de potência com etanol e 66 cv com gasolina a 5.500 rpm e torque de 9,8 kgfm (etanol) e 9,4 kgfm (gasolina) a 4.250 rpm.

Subcompacto terá quatro airbags de série (Divulgação)

Os números divulgados pela Renault são de 0 a 100 km/h em 15,5 s com gasolina e 14,7 s com etanol. A máxima seria de 152 km/h com gasolina e 156 km/h com o combustível vegetal. O consumo divulgado é mais animador: 15,2 km/l com gasolina e 10,5 km/l com etanol em ciclo urbano nos dois casos. Estes números animadores são da versão básica Life, que tem 780 kg – os mais completos podem ser até 70 kg mais pesados.

Porta-malas tem capacidade de 290 l, mas não há banco traseiro bi-partido (Divulgação/Renault)

Quanto as cores, o Renault Kwid terá sete opções: Orange Ocre, Vermelho Fogo, Branco Marfim, Branco Neige, Prata Étoile e Preto Nacré. A Renault ainda fala em plano de manutenção com menos de R$ 1 por dia durante três anos. A garantia será de três anos, mas quem fizer financiamento pelo Banco Renault terá extensão de garantia de mais dois anos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. A versão Easy-R deverá vir com o motor 1.0 12v de 82cv.

  2. Elder Amaral

    Pelo preço, o que oferece e para nossos padrões tá ruim não. carrinho parece simpático para ir e voltar do trabalho ou ficar parado no trânsito. Dos carros de entrada ficaria com ele.

  3. Irajá Ritter Reis

    Roda de três furos? Será que aquela conversa sobre a dificuldade de fazer balanceamento/geometria no Ford Corcel não irá se repetir?

  4. Hugo Leonardo Dos Santos

    Concorrentes direto dele pra mim é Gol e Mobi, Up já nem entra mais nessa lista pelo preço acima da média. Prevejo Mobi like e Gol trendline com promoções a partir de agosto entre R$ 36,990 a R$ 37,990

  5. Só espero que não venham com aquela ininteligível economia nos palitos. Explico: Quem entende economizar num marcador de temperatura da água? Quanto pode custar isso? R$ 100,00? Quem deixa de comprar um carro por isso?

  6. Só espero que não me venham mais com aquelas ininteligíveis economias nos palitos!!!!

  7. Luiz Gonçalves

    Irajá Ritter Reis, não vai se repetir os problemas do Corcel, porque o problema era na caixa, devido ao complicado ajuste do angulo de direção que mecânico nenhum sabia (leia-se tinha preguiça) de fazer. Não tinha nada a ver com a quantidade de parafusos. Se fosse assim rodas de cubo rápido seriam inviáveis.

  8. O indiano paga o equivalente a 15mil reais nesse kwid. É desse jeito…

  9. Fabio Anderson

    E pensar que o Minha Casa Minha Vida chegou aos carros. Aptos em que a pessoa não consegue se mexer agora com esses Micoscompactos.

  10. Tinha tudo pra ter colocado a mesma motorização do Sandero 1.0 3c 12V e ainda permanecesse o mesmo preço. Inadimissível essa configuração neste preço. por 37 mil se acha Sandero Authentic zero km com os descontos de concessionária.