Em nova geração, BMW Série 5 tem esterçamento das rodas traseiras

Sedã não só incorpora tecnologias do Série 7 como passa a usar a mesma plataforma

bmw_530e_1 bmw_530e_1

Apresentada hoje, a sétima geração do BMW Série 5 evoluiu tanto em tecnologia e refinamento técnico que ficou difícil defendê-lo quando for chamado de mini-Série 7. Além das linhas que definem os faróis, integrados à grade, o Série 5 tomou do irmão maior a plataforma CLAR, que combina partes em aço de alta resistência, magnésio, fibra de carbono e alumínio. A redução de peso chega a quase 100 kg em algumas versões.

Leia mais: 

>> Guia de Usados: BMW Série 1 (1ª geração) 

>> BMW Série 1: nem parece um nacional

>> Mercedes-Benz Classe E: férias de luxo para o motorista

bmw_530e bmw_530e

É um ganho considerável, principalmente quando se percebe que o novo Série 5, chamado pelo código G30 pela BMW, está 3,05 cm mais comprido (4,95 m no total), 0,7 cm mais largo (1,86 m) e 1,5 cm mais baixo (1,46m). O entreeixos de 2,97 m é 0,7 cm maior que na geração anterior, o F10.

Os faróis alongados até a grade bi-partida guarda semelhanças com o Série 7, assim como os apliques cromados na base das portas dianteiras. A personalidade vem do para-choque dianteiro e, principalmente, da traseira: lanternas são mais largas, para-choque com grandes saídas de ar e a tampa do porta-malas com leve ressalto fazendo as vezes de um spoiler integrado.

bmw_530e_2 bmw_530e_2

A propósito, o BMW Série 5 é o novo sedã com a melhor aerodinâmica da atualidade, com coeficiente de apenas 0,22. A grade com aletas que se fecham em alta velocidade muito tem a ver com isso, bem como proteções sob o carro e vincos que evitam turbulência ao longo da carroceria.

Também vem do BMW Série 7 o sistema de esterçamento das rodas traseiras, recurso que favorece o comportamento dinâmico do veículo em curvas. O Série 5 também incorporou central multimídia de 10,25″ capaz de responder a gestos, e o sistema Remote 3D View, que permite ao condutor visualizar a área ao redor do veículo por meio de um app. O sistema de estacionamento automático comandado pela chave também veio do sedã maior.

bmw_540i_sedan_m_sport_22

Pacote M Sport tem saias laterais, saídas de escapamento retangulares, rodas de 19 polegadas e suspensão rebaixada.

bmw_540i_sedan_m_sport_22

Há ainda assistente ativo de mudança de faixa, que funciona até os 210 km/h, e assistente de engarrafamento. Juntos, dão ao carro capacidade de funcionar de forma autônoma em algumas situações e até mesmo interpretar as circunstâncias para saber se é válido ativar o start-stop.

Há dois novos motores. A versão 530i, que substitui a 528i, tem o 2.0 turbo de 251 cv e 35,66 kgfm. A aceleração de 0 a 96 km/h é feita em 6 segundos na versão com tração traseira e em 5,8 segundos com o sistema integral xDrive, opcional.

bmw_540i_sedan_m_sport

540i M Sport tem para-choque traseiro diferenciado

bmw_540i_sedan_m_sport

A versão topo de linha 540i utiliza um seis cilindros em linha 3.0 turbo de 340 cv e 45,87 kgfm. Com tração integral, esta versão do Série 5 vai de 0 a 96 km/h em 4,7 segundos. O tempo sobe para 4,9 s com tração traseira. Todos utilizam sempre a transmissão automática de oito velocidades.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s