Eleição: os dez melhores motores do ano nos EUA

Lista da Wards Auto não inclui motores V8 pela primeira vez; híbridos e turbinados dominam as primeiras posições

Todos os anos a organização americana Wards Auto elege os dez melhores motores da atualidade. A lista mais recente tem algumas surpresas: a ausência de um propulsor V8 pela primeira vez na história dos 23 anos do prêmio e a presença massiva de motores turbo e/ou elétricos.

Entre todos os modelos disponíveis no mercado americano, a Wards Auto pré-selecionou 40 veículos para uma avaliação ainda mais minuciosa. As pontuações foram dadas com base em potência, torque, especificações, comparativos feitos, índice de ruídos, economia de combustível e aplicação de tecnologias. Além disso, os veículos presentes não podiam ultrapassar o preço de US$ 62.000. Abaixo, confira os modelos e seus motores premiados:

 

BMW M 240i – seis cilindros 3.0 biturbo

BMW M 240i

Segundo a organização americana, foi difícil escolher apenas um motor da BMW, pois a marca bávara tem dois bons 3.0 seis cilindros biturbo no seu portfólio. Um deles é o conjunto chamado N55 de 370 cv que equipa o M2, o outro é o B58 turbo de 340 cv usado no M240i, lançado neste ano. Entre as vantagens desse último estão seu funcionamento rápido e suave, além de ter mais torque (51 mkgf ante os 47,4 mkgf do M2) e menor consumo de combustível.

 

Chevrolet Volt – quatro cilindros 1.5 e elétrico

Chevrolet Volt

A eficiência foi bastante considerada para a presença do Chevrolet Volt na lista. O híbrido combina um motor 1.5 a gasolina a um elétrico que, juntos, podem atingir autonomia de 675 km — ou 85 km apenas com o uso do propulsor elétrico. A Wards Auto também elogiou o torque instantâneo de 41,5 mkgf do Volt em modo elétrico, além de seu baixíssimo consumo de combustível, fazendo a incrível marca de 45 km/l.

 

Mercedes-Benz C300 – quatro cilindros 2.0 turbo

Mercedes C300

Dos motores 2.0 turbo da lista, foi o do Mercedes-Benz C300 que mais impressionou os jurados. Com 244 cv e 37,7 mkgf de torque, o propulsor surpreendeu pela forma como entrega esse desempenho, principalmente por conta de todo o torque já estar disponível desde 1.300 rpm a até a faixa vermelha de maneira suave segundo a organização. O consumo médio de 11, km/l também foi fator decisivo para sua presença na lista.

 

Ford Focus RS – quatro cilindros 2.3 turbo

Ford Focus RS

O Ford Focus RS é um dos poucos esportivos presentes por aqui. Ele traz um quatro cilindros 2.3 turbo de 355 cv e 48,4 mkgf de torques. De acordo com a organização, simplesmente não há pontos mortos de entrega de potência desse propulsor feito totalmente de alumínio. A Wards Auto ainda vai além e relata que nenhum dos 40 carros testados pelos editores proporcionou tanta emoção quanto o Focus RS. E isso por menos de US$ 37.000.

 

Chrysler Pacifica Hybrid – V6 3.6 e elétrico

Chrysler Pacifica Hybrid

A combinação de uma minivan com motor híbrido foi bem elogiada. Segundo o júri, a Chrysler Pacifica traz uma experiência de condução perfeita e eficiente sem sacrificar o espaço e conforto (por conta da bateria). Ela combina um motor V6 3.6 a gasolina a outro elétrico que, somados, rendem 260 cv. Em modo totalmente elétrico, pode rodar até 53 km, enquanto sua autonomia total pode atingir 911 km em modo alternado. O consumo médio nos padrões americanos fica em 12,8 km/l – ótima marca para um veículo de grande porte com sete lugares.

 

Volvo V60 Polestar – quatro cilindros 2.0 com turbo e compressor

Volvo V60 Polestar

A Volvo é um exemplo de fabricante que dispõe de um mesmo motor para vários modelos diferentes. O escolhido para o prêmio foi o quatro cilindros 2.0 com turbo e compressor, com potência que varia entre 186 cv e 367 cv. Na perua esportiva V60 Polestar, ele foi retrabalhado e recebeu um turbo maior, novas bielas, novos eixos de comando, bomba de combustível de maior capacidade e uma entrada de ar maior. Melhorias suficientes para levá-lo de 0 a 100 km/h em 4,5 segundos.

 

Honda Accord Hybrid – quatro cilindros 2.0 e elétrico

Honda Accord Hybrid

O Honda Accord foi escolhido justamente por não parecer um híbrido na vida real. Sob o capô ele tem um motor quatro cilindros 2.0 associado a um elétrico, que resultam em 215 cv e 31,1 mkgf de torque (disponível desde 2.000 rpm). De acordo com a organização, o Accord Hybrid é o que tem melhor equilíbrio entre economia de combustível (20 km/l) e desempenho, sendo um dos melhores entre os híbridos.

 

Hyundai Elantra Eco – quatro cilindros 1.4 turbo

Hyundai Elantra Eco

(Christian Castanho)

Dessa vez um motor que segue a máxima do downsizing: turbo e de baixa litragem. Esse é o 1.4 turbo do Hyundai Elantra Eco à venda nos Estados Unidos, um quatro cilindros com injeção direta, de 130 cv e 21,5 mkgf de torque disponíveis desde os 1.400 rpm. O desempenho é elogiado também por conta desse motor trabalhar em conjunto com uma transmissão automatizada de dupla embreagem de sete marchas, proporcionando trocas rápidas. O consumo combinado de 17,2 km/l é a cereja do bolo.

 

Infiniti Q50 – V6 3.0 twin-turbo

Infiniti Q50

Aqui a Wards tece elogios ao propulsor do Infiniti Q50, um V6 3.0 twin-turbo de 400 cv na versão mais esportiva do sedã, e o coloca até em pé de igualdade com os concorrentes alemães. Eles afirmam que esse conjunto motriz é um caça stealth no seu funcionamento suave e silencioso quando o dono quer. Mas basta pisar fundo para sentir as costas coladas nos bancos.

 

Mazda CX-9 – quatro cilindros 2.5 turbo

Mazda CX-9

Por último, o motor quatro cilindros 2.5 turbo que equipa o Mazda CX-9 — um utilitário de grande porte à venda nos EUA. Esse motor batizado de Skyactiv é um dos primeiros da marca a receber um sistema de turbocompressor que cria mais pressão em baixas rotações, reduzindo o famoso “turbolag”. A potência pode variar entre 230 cv e 253 cv — quando abastecido com gasolina de alta octanagem.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s