Disputa de clássicos no autorama

Modelos que fizeram história nas pistas voltam a acelerar em disputados campeonatos de autorama

Clássicos no autorama

Duas Ferrari 512 e o Porsche 917K reeditam disputa das pistas reais

* Reportagem originalmente publicada em novembro de 2013

Alargada está prestes a ser dada. Lado a lado, estão alinhadas na pista estrelas dos anos 60 e 70 como a Ferrari 512 S, o Porsche 917 e o Ford GT40. Os pilotos, igualmente preparados, já estão prontos para acelerar para a vitória. Mas esta não é uma prova de clássicos qualquer. Trata-se de um campeonato de autorama com réplicas que simulam com fidelidade os antigos astros de corrida. Como não existe uma federação que reúna clubes e praticantes desse hobby, diversos campeonatos são realizados em lojas especializadas e clubes de amantes do autorama. Um desses locais é o Slot Car São Paulo Clube, localizado na capital paulistana. As noites de terça-feira são sagradas para o grupo de amigos que se encontram no local para correr com réplicas em miniatura que reproduzem os modelos reais.

Clássicos no autorama

Mercedes SL Roadster imita com perfeição os detalhes do carro e do piloto

Criado há 11 anos, quando os irmãos Jeferson e Joel Giraldi desejavam uma alternativa às lojas de autorama, o Slot Car São Paulo hoje recebe cerca de 20 amantes dos carrinhos semanalmente.  A sala localizada no primeiro andar de um edifício comercial abriga duas enormes pistas de madeira e uma de plástico, mais simples. O clima é familiar, e a cada encontro o papo sobre automobilismo é colocado em dia. “Formamos aqui um ótimo círculo de amizades. Não há uma placa indicando que aqui é um clube de autorama, e isso faz com que apenas os mais chegados venham”, afirma Joel Giraldi, fundador do grupo e piloto.

A paixão é tanta que, apesar de as corridas oficiais acontecerem uma vez por semana, o grupo também se encontra outros dias para promover ajustes nas réplicas e, claro, colocar os carros na pista. “O que fazemos de quinta-feira é um rachão, uma corrida sem compromisso, por pura diversão”, explica Jeferson Giraldi, dono de uma coleção de mais de 350 modelos. “Não compro qualquer carrinho. Escolho pela história do modelo, do piloto e até da corrida da qual participou. Os carros de bolha ou asa são mais velozes, mas menos detalhados”, diz. Na pista de 44 metros, uma réplica alcança em média 180 km/h, enquanto o bolha e o asa podem bater nos 250 km/h.

Clássicos no autorama

Entre os Le Mans, carros modernos como o Audi R18

Os carrinhos, feitos de plástico ou resina, exibem detalhes impressionantes para um modelo em escala reduzida (1:24 ou 1:32), como entradas de ar, logotipos e adesivos de patrocinadores idênticos aos seus pares em tamanho real. Em algumas réplicas, mais sofisticadas e caras, até os olhos do piloto e os capacetes da época são reproduzidos. Entre as centenas de modelos, destacam-se Jaguar XK 120, Porsche 904 GTS e 917, Ford Capri e GT40 e Ferrari 250 Le Mans, 512 S e 330P.

Clássicos no autorama

Jaguar XK 120 e a perfeição dos detalhes nos capacetes dos pilotos

Todos os modelos à venda são importados, mas há quem construa carros nacionais de forma artesanal. Alguns desses estão na coleção de Armando Viceconti. Praticante do chamado automodelismo de fenda desde criança e membro do Slot Car, ele retomou a atividade recentemente e já conta com 70 carrinhos. “Sou apaixonado por Porsche, mas também gosto dos modelos artesanais da Equipe Willys, como o Interlagos. Também tenho um DKW com a pintura clássica azul e laranja do Ford GT40”, conta.

Clássicos no autorama

Miniatura nacional: cupë Interlagos da Equipe Willys em versão autorama

Outra opção para os fãs de autorama é a Monza, em São Paulo. Criado há mais de 30 anos por Antonio Teixeira, o salão localizado em São Paulo é um dos mais antigos da cidade e possui três pistas de madeira, atraindo fãs de todas as idades e gostos. No campeonato de réplicas, que vem sendo realizado há dois anos, a cada semana uma categoria diferente é disputada. Na turismo, modelos como Corvette C6R, Porsche GT3 e Audi R8 dividem cada curva. Entre os clássicos, o favorito é o Ford P68. Mas há quem prefira Ford GT40 e Porsche 917.

Clássicos no autorama

Ford P68 é o favorito dos competidores

É na categoria clássicos que também competem o engenheiro civil Fernando Buck e seu sobrinho, Luis Henrique Sato. A paixão de Buck foi passada para o sobrinho quando o engenheiro retomou o hobby há cinco anos, época em que Luis Henrique tinha apenas 2 anos de idade. “No começo ele só brincava. Quando vi que ele levava jeito, comecei a incentivá-lo a correr para disputar campeonatos”, conta. O resultado veio no começo deste ano, quando Luis completou 7 anos e pôde correr entre os adultos. “Fiquei em terceiro em uma bateria, quase não acreditei”, comenta o menino.

Clássicos no autorama

Box em miniatura: cada carro tem lugar específico nas caixas organizadoras

Na Monza, além das pistas para aluguel e dos campeonatos, que premiam com troféus os melhores no fim do ano, também estão à venda aproximadamente 500 modelos diferentes, nacionais ou importados, de dez marcas. Os preços começam em 220 reais e podem chegar a 700 reais, valor das réplicas mais detalhadas.No Paraná, o Autorama Curitiba realiza corridas com regularidade e recentemente criou a Copa NSR GT. A nova competição tem três categorias, que separam os pilotos por nível de perícia, entre Light, Semi Pro e Pro. Além dessa separação, há duas variações de carrinho: Slot It, com réplicas de Le Mans dos anos 60, e NSR, com modelos mais novos, como o Audi R8.

Clássicos no autorama

O tricampeão Guilherme corre com Audi R8 e Corvette

“Fazíamos corridas toda segunda-feira. Mas com o campeonato poderemos premiar os melhores”, diz Guilherme Negrello, proprietário da pista e tricampeão brasileiro de autorama. Para os três melhores de cada categoria, em vez de troféus e medalhas, ganha-se equipamentos de autorama. O terceiro colocado leva um jogo de rodas e pneus, o vice-campeão embolsa, além do mesmo kit, um motor, e o piloto mais rápido leva um carrinho completo. Nem precisa dizer que quase todo mundo por lá correu para fazer sua inscrição.

 

ONDE CORRER

Slot Car São Paulo – Rua Joaquim Nabuco, 46, São Paulo (SP)

Monza Autorama – Avenida dos Carinás, 73, São Paulo (SP)

Autorama Curitiba – Rua Imaculada Conceição, 1825  Curitiba (PR)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s