Com menos versões, Volkswagen Up! 2018 parte dos R$ 37.990

Com novo design, compacto chega às lojas nos próximos dias mais caro

Faróis de neblina são do tipo "cornering light", ajudando a iluminar em curvas

Novo para-choque está em todas as versões, mas a faixa preta é exclusiva dos TSI (divulgação/Volkswagen)

Depois de mostrar como ficou a reestilização do Up! brasileiro, agora a Volkswagen divulgou os preços do modelo: começam em R$ 37.990 na versão Take aspirada e podem chegar aos R$ 57.100 cobrados pela High com motor TSI. 

Antes o Volkswagen Up! partia dos R$ 35.560 na versão Take de duas portas, que foi descontinuada (agora o Gol é o único hatch compacto com opção de duas portas). Com quatro portas, custava os mesmos R$ 37.990, ou seja: não houve aumento.

Lanternas foram escurecidas, e para-choques é novo

Lanternas foram escurecidas, e para-choque é novo (divulgação/Volkswagen)

 O Take Up! traz de série rodas de aço aro 14″ com novas calotas, banco do motorista com regulagem de altura, alerta sonoro dos faróis acesos, chave do tipo canivete, lavador, limpador e desembaçador do vidro traseiro, iluminação no porta-malas e suporte para celular e entrada USB para carregar o telefone. 

Direção elétrica, coluna de direção com ajuste de altura, ar-condicionado, vidros dianteiros com acionamento elétrico e travamento das portas elétrico continuam concentrados no pacote “Take completo”, de R$ 4.900 adicionais.

Suporte para o celular é de série em todas as versões

Suporte para o celular é de série em todas as versões (divulgação/Volkswagen)

Com motor 1.0 3 cil. MPI (aspirado) de 82 cv e 10,4 mkgf, o Move Up! passa a custar R$ 48.290, uma redução de R$ 242 em comparação com o modelo antigo. Mas perdeu o S.A.V.E (prateleira que divide o porta-malas em dois níveis) e o porta-objetos que ocupava o porta-copos. 

De série, o Move tem volante multifuncional revestido de couro, computador de bordo, faróis de neblina, rodas de liga leve 14”, espelhos retrovisores externos com luzes de seta integradas e função tilt down do lado direito, sensor de estacionamento traseiro e para-sol com espelho do lado do motorista e do passageiro. O câmbio automatizado I-Motion eleva o preço para R$ 50.668. 

Central multimídia Composition Phone tem tela de 5 polegadas e funciona integrada ao celular

Central multimídia Composition Phone tem tela de 5 polegadas e funciona integrada ao celular (divulgação/Volkswagen)

Já o Move Up! TSI, com motor 1.0 TSI de 105 cv e 16,8 mkgf de torque custa R$ 52.790. Foi a versão que mais encareceu nesta reestilização: a diferença de R$ 2.667 para o antigo representa aumento de 5,32%. O pacote de equipamentos é quase o mesmo da versão aspirada, mas soma iluminação ambiente. O rádio Composition Phone (com integração com app de smartphone) é vendido como opcional – o sistema de som básico é mais simples, com tela monocromática. 

Como série de lançamento, há o Move Up! Connect, de R$ 54.990. Tem retrovisores e teto pintados de preto, interior escurecido, adesivo na soleira das portas, faixa lateral alusiva à versão, roda de liga leve 15” diamantada e o som Composition Phone. Lembra muito o conjunto do Speed Up! e estará disponível nas cores Laranja Habanero, Azul Lagoon e Prata Sírius.

Novo painel de instrumentos é parecido com o do Fusca, com nova tela para o computador de bordo

Novo painel de instrumentos é parecido com o do Fusca, mas não está na versão Take (divulgação/Volkswagen)

Vale lembrar que, como antes, todos os Up! turbinados têm controle de tração (o chamado M-ABS), mas continuam devendo o de estabilidade.

Agora vendida apenas com o motor TSI, a versão High custa R$ 57.100 e tem exclusividade sobre os sensores de chuva e de luminosidade (crepuscular) e a função Coming & Leaving Home, que mantém os faróis acesos por 30 segundos ao trancar ou destrancar o veículo. As cornering lights (faróis de neblina que auxiliam na iluminação em curvas) também são exclusivas dele. O rádio Composition Phone e revestimento de couro nos bancos são opcionais.

Teto pintado de preto é exclusivo do Move Up! Connect (Divulgação/Volkswagen)

Outro que perdeu a opção de motor aspirado foi o Cross Up!. A versão aventureira passa a ser vendida apenas com motor TSI por R$ 55.600. O conteúdo é o mesmo da versão Move TSI. 

Com essa nova gama, o Up perdeu as versões Take 2p, High MPI, High I-Motion, Black/White/Red TSI, Speed e até mesmo a Track, lançado no final do ano passado.

2017 2018 Diferença
Volkswagen Take Up! R$ 37.990 R$ 37.990 =
Volkswagen Move Up! R$ 48.532 R$ 48.290 -0,49%
Volkswagen Move Up! I-Motion R$ 49.743 R$ 50.668 1,85%
Volkswagen Move Up! TSI  R$ 50.123 R$ 52.790 5,32%
Volkswagen Move Up! TSI Connect  R$ 54.990
Volkswagen High Up! TSI  R$ 55.458 R$ 57.100 2,96%
Volkswagen Cross Up! TSI  R$ 54.094 R$ 55.600 2,78%
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. UP ´e muito bom para fazer UBER X, carro economico e resistente.
    Seja uber, ganhe R$ 800,00 em incentivo para começar a trabalhar. Use o codigo 24zz3v98ue no momento da inscriçao e ganhe para começar. Nao precisa ter carro, ube r aceita alugado

  2. Sergio Augusto

    Um conhecido meu comprou um 1.0 aspirado 2 portas para fazer entrega na empresa, essa maravilha automotiva com 40 mil km teve que abrir o motor, que bateu uma biela, realmente e um carro muito resistente………..

  3. Claudionor Nepomuceno

    Esse motor 1.0 TSI é fantástico, mas não dá mais pra chamar de bom um carro que não oferece Controle de Estabilidade ao menos como opcional; segurança ativa é fundamental, quem conhece o ESP e o que ele é capaz, dá valor e não dispensa. Nesse ponto o UP está bem atrasado, deveriam ter melhorado isso na linha 2018.