Seu comparativo
TOP 10 QR
Os carros mais procurados da semana no site Quatro Rodas
  • Novo Corolla
  • Up
  • Logan
  • HB 20
  • Prisma
  • Novo Ka
  • Golf VII
  • Focus
  • Tracker
  • New Fiesta
  • | A-Z |
Newsletter
Assine a Newsletter QUATRO RODAS
PUBLICIDADE
NOTÍCIAS » Fabricantes
TEXTO  |RSS |
Chevrolet Prisma chega à Argentina
Por Vitor Matsubara | 08/08/2011
Sedã compacto custa o equivalente a R$ 23 mil

A Chevrolet iniciou a comercialização do Prisma na Argentina. O sedã derivado do Celta foi uma das novidades da marca no Salão de Buenos Aires, realizado em junho, e, apesar de existir no Brasil desde 2006, só começa a ser vendido agora por lá.

Como no Brasil, o Prisma será oferecido em duas versões de acabamento (LS e LT), mas somente na motorização 1.4 de oito válvulas, que entrega 92 cv com gasolina – o propulsor não é flex.

A montadora não informou o conteúdo da versão LS, mas o Prisma LT é equipado com ar-condicionado, direção hidráulica, travamento central das portas com comando na chave, sistema de som com MP3 e Bluetooth e vidros elétricos dianteiros.

Na Argentina, o Prisma LS pode ser comprado por 58.650 pesos (o que equivale a 22.984 reais), enquanto que a versão LS custa 63.330 pesos, ou 24.819 reais. O modelo é fabricado na planta brasileira de Gravataí, no Rio Grande do Sul.

Almir angelo (14/08/2011 @ 13:26)
Enquanto houver governo que dá isenção as montadoras para que elas lucrem mais e encham as ruas de carros,não tem moral para defende seu povo.viva as montadoras,que cobram 38mil em um carro de 23mil.
Movimento "Não Compre Carro Zero" (14/08/2011 @ 13:23)
è um absurdo pagarmos praticamente o dobro pelo mesmo veiculo, fabricado aqui, inclusive! Vamos dar um basta nisso, não comprem carro zero e verfemos mta diferença!Sigam o Twitter: @naocomprecarro0 e deem força a este movimento
Movimento "Não Compre Carro Zero" (14/08/2011 @ 13:21)
è um absurdo pagarmos praticamente o dobro pelo mesmo veiculo, fabricado aqui, inclusive! Vamos dar um basta nisso, não comprem carro zero e verfemos mta diferença!Sigam o Twitter: @naocomprecarro0 e deem força a este movimento
Movimento "Não Compre Carro Zero" (14/08/2011 @ 13:20)
è um absurdo pagarmos praticamente o dobro pelo mesmo veiculo, fabricado aqui, inclusive! Vamos dar um basta nisso, não comprem carro zero e verfemos mta diferença!Sigam o Twitter: @naocomprecarro0 e deem força a este movimento
Movimento "Não Compre Carro Zero" (14/08/2011 @ 13:19)
è um absurdo pagarmos praticamente o dobro pelo mesmo veiculo, fabricado aqui, inclusive! Vamos dar um basta nisso, não comprem carro zero e verfemos mta diferença!Sigam o Twitter: @naocomprecarro0 e deem força a este movimento
Telmo Ryoiti Kubo (11/08/2011 @ 18:18)
Essa história conheço desde 2009, quando tive a oportunidade de ir para Buenos Aires. Lá, comprei a revista Parabrisas e dentro dele tem um encarte da camara de comercio automotor (www.cca.org.ar é sua página na internet). Quando vi e constatei que um Voyage 1.6 custa uns 40 mil pesos, uns 20 mil reais depois de convertidos, vi que aqui se lucra adoidado (fabricas, concessionárias, financeiras, governo e por aí vai). O negócio é fazer o que o Rilder faz, adiar a compra o máximo possível.
Rilder Medeiros (10/08/2011 @ 22:28)
E o pior que tudo isso é a mais verdadeira verdade possivel. Tenho um colega, que, vendo todo mundo de carro novo, tambem resolveu comprar o seu. Adquiriu um modelo Corsa Classic, 2010, se nao me engano, em 60 prestaçoes de 1250,00 reais, ou seja, ele comprou um e pagou por quatro, se comparar com o preço do mesmo veiculo no pais Argentino. Em outras palavras, um total roubo. E eu tambem ja aderi a esse boicote, o que tenho vai ter que durar, pois mesmo tendo dinheiro, nao irei bancar os riquinhos metidos da europa e outros continentes, que sao bancados pelo povo brasileiros.
Rilder Medeiros (10/08/2011 @ 22:26)
E o pior que tudo isso é a mais verdadeira verdade possivel. Tenho um colega, que, vendo todo mundo de carro novo, tambem resolveu comprar o seu. Adquiriu um modelo Corsa Classic, 2010, se nao me engano, em 60 prestaçoes de 1250,00 reais, ou seja, ele comprou um e pagou por quatro, se comparar com o preço do mesmo veiculo no pais Argentino. Em outras palavras, um total roubo. E eu tambem ja aderi a esse boicote, o que tenho vai ter que durar, pois mesmo tendo dinheiro, nao irei bancar os riquinhos metidos da europa e outros continentes, que sao bancados pelo povo brasileiros.
Pilador (10/08/2011 @ 12:31)
KKKKKK
Pilador (10/08/2011 @ 12:31)
KKKKKK
Pilador (10/08/2011 @ 12:30)
KKKKKK
Pilador (10/08/2011 @ 12:29)
KKKKKK
CREDOR (09/08/2011 @ 20:04)
GENTE IDIOTA.... OS PREÇOS DOS CARROS NO BRASIL ESTÃO INFLACIONADOS DEVIDO AOS PÉ RAPADOS QUE EXISTEM POR AI....NÃO TEM NEM TRABALHO DIREITO E QUER COMPRAR CARRO EM 100X....SÓ AUMENTANDO A INFLAÇÃO, INADIMPLENCIA, OS JUROS SOBEM....RAÇA DE LAZARENTOS....CARRO É PRA QEM PODE PAGAR...POBRE TEM QUESE FERRAR MESMO....
John (09/08/2011 @ 17:25)
O Prisma LT, fabricado no Brasil, custa aqui (R$ 38 mil) mais de 50% a mais do que custa na Argentina (R$ 25 mil). Brasileiros morrem em carros mal equipados para possibilitar envio de lucro imoral destas multinacionais para o exterior. DIGA NÃO AO LUCRO BRASIL.
Daniel B (09/08/2011 @ 17:10)
Estou torcendo para uma crise no Brasil, para que diminua o consumo e consequente venda deses carros com preços absurdos e que esses montadoras tenha seus carros encalhados pra ver se assim os preços se aproximem do justo. e não inventem "custo-Brasil" para justificar os preços astronômicos cobrados aqui...estou junto com o companheiro.. NÃO COMPRE CARRO ZERO... DEIXE QUE ENCALHEM NAS CONCESSIONÁRIAS...
Carlos Soares (09/08/2011 @ 16:29)
O modelo LT que na Argentina custa 24.819,00, aqui no Brasil, no site da Chevrolet, custa nada mais nada menos do que R$ 37.970,00. Na argentina esse carro sem os impostos custa em torno de R$ 21.000,00. Aqui no Brasil sem os impostos custa R$ 28.000,00, ou seja, R$ 7.000,00 ou 30% a mais. Essa diferença no preço daria para tornar os carros mais seguros, como air bag e ABS, por exemplo, e diminuir o número de mortes no transito. Esse lucro abusivo é UMA IMORALIDADE. E o pior é que tem gente morrendo por falta de equipamentos de segurança.
Luiz Augusto Britto (09/08/2011 @ 15:27)
Nós temos que parar de criticar apenas nos sites e partir para algo que realmente crie um impacto maior e que venha a permitir algum tipo de ação para acabar com essa vagabundagem que é feita no bolso dos brasileiros.
Múcio (09/08/2011 @ 14:46)
Tem que acabar com essa mentalidade que o problema é só os impostos. Não é! O problema é que as montadoras toda vida foram muito (mal) acostumadas a vender carros de 3ª qualidade a preço de primeiríssima colocando a desculpa nos impostos. Veja o caso do City, por exemplo. A ANFAVEA alega que produzir carro no Brasil é 40% mais caro que no México. Ok? Porém o mesmo City é produzido AQUI e vendido na ARGENTINA pelo equivale a R$ +-35.000. Porque então que o mesmo carro ainda menos equipado custa R$ 56.000? De onde vieram esses 60% de diferença?
Pilei a sua janta (09/08/2011 @ 13:45)
A Chevrolet e seus carrinhos similares... Tudo igual e tudo feinho pra krlhs.
sérgio (09/08/2011 @ 13:36)
é simples...o carro aqui é + caro pq é p nós pagarmos impostos e os pobrezinhos estrangeiros tem isenção...coitados...de nós isso sim...
Roubo das Montadoras (09/08/2011 @ 11:20)
Este é o famoso "CUSTO BRASIL" como dizem as montadoras. Elas alegam que carros aqui no Brasil são caros devido ao custo de se produzir aqui, mas fazem carros aqui e vendem bem mais barato para outros países, isto acontece com todas, GM, Honda, Renault porque será?? E o pior que além de mais baratos vão bem mais equipados. Não é atoa que todo mundo quer montar fábrica aqui no Brasil, pois é o mercado mundial mais lucrativo, por causa desta cultura brasileira que enxerga o carro como status e não meio de transporte. É a falta de união e conscientização dos brasileiros em vários países do mundo estamos vendo manifestações o povo saindo às ruas e protestando por divesos motivos, aqui no Brasil uma simples campanha de boicote aos carros novos não tem sucesso, tá cheio de gente indo as concessionárias e saindo com bloco de prestações sorrindo e quanto mais caro o carro maior o sorriso. Eu estou fazendo minha parte desde de dezembro estou aguardando para trocar meu carro, desde que vi o que as montadoras estão fazendo com os consumidores resolvi não trocar meu carro, apliquei meu dinheiro e vou aguardar. ACORDA BRASIL - VAMOS ADERIR A CAMPANHA - NÃO COMPRE CARRO ZERO AGORA.
Múcio Farias (09/08/2011 @ 11:09)
Se alguém duvida olhe o vídeo abaixo... http://www.youtube.com/watch?v=GppqfQ7U_B0 O luxo todo... É do dinheiro da gente! Pagando preço 3.0 por carro 1.0...
Movimento "Não Compre Carro Zero" (09/08/2011 @ 10:48)
Pessoal! Não podemos aceitar esta vergonha....9 mil reais de diferença, e isso q ele é fabricado no RS!! Sigam no twitter @naocomprecarro0 e deem força para este movimento.....se ele for grande, a repercussao tambem sera e assim seremos notados!! Vamos La! @naocomprecarro0
Múcio Farias (09/08/2011 @ 10:15)
Muito me admira a Quatro-Rodas todo esse tempo não ter feito nenhuma reportagem sequer falando ou mesmo protestando contra esse verdadeiro assalto que é preço de carro no Brasil... As montadoras estão entre as maiores empresas do Brasil. Vamos aos números, retirados da Edição Especial da revista Exame Melhores e Maiores 2011. Entre as 500 maiores empresas do Brasil estão: 5º: VW Faturamento: R$ 30,883 Bilhões 6º: Fiat (R$ 29,573 bi) 12º: GM (R$ 20,680 bi) 21º: Mercedes (R$ 15,596 bi) 22º Ford (R$ 15,404 bi) 38º Toyota (R$ 10,551 bi) 43º VW Caminhões (R$ 9,276 bi) 47º Moto-Honda (R$ 9,052 bi) 50º Honda Auto (R$ 8,790 bi) Só para citar as que estão entre as 50 maiores empresas do Brasil. Imagine que a VW (a que mais fatura) fatura o equivalente a 3.370.000,00 por hora! Várias delas no ano de 2009 tiveram prejuízos no mundo todo, exceto no Brasil, claro! A Ford trabalha com uma margem de lucro singela de 89% no New Fiesta. A Honda vende um City mais equipado, produzido aqui no Brasil por R$ 26.000,00 no México, aqui ele recebe um bônus de R$ 16.000 (aproximados)... Não que o fato das montadoras estarem entre as maiores seja ruim. Cria empregos e dividendos para o país, porém do outro lado da moeda, se reflete em pessoas mais endividadas, frota mais velha, mais gastos públicos com saúde, visto que se acidentam muito mais pessoas e morrem muito mais pessoas... Vamos comparar um pouquinho... Um Civic que nos EUA custa US$ 15.800, na Argentina custa US$ 27.050 e NO BRASIL, SINGELOS US$ 41.660! Os argentinos compram o mesmo Civic por R$ 43.280!!! E o pior FEITO NO BRASIL!!! O City na Argentina custa a partir de US$ 21.950 (R$ 35.120), já no Brasil... todo mundo sabe... R$ 56.000,00. Será que ele é vendido na Argentina sem lucro??? Ou será que o mercado brasileiro não tem escala pra vender mais barato? Se vende mais City na Argentina que no Brasil??? É claro que não!!! CHEGA! PRECISMOS DAR UM BASTA NISSO!
Rafael (09/08/2011 @ 10:06)
Caramba, o maluco vai comprar um carro descartável xing-lig só de raiva, não sabe ele que vai ter mais raiva ainda nos primeiros 100Km rodados quando a carroça da china começar a literalmente se desmontar no meio da rua.
DSaM (09/08/2011 @ 09:46)
Já cansado desse mimimi sobre o valor dos carros brasileiros! Brasileiro só sabem fazer mimimi e na pratica não fazem nada.
Brasil...... (09/08/2011 @ 08:37)
Corrigir a matéria.. tem nos dois valores Prisma LS.... Por R$ 24.000,00 até compraria um Prisma ( Celta Sedan.), Mas francamente, está na hora de as montadoras terem mais respeito com o CONSUMIDOR BRASILEIRO.......Sem contar que esses carros populares são uma caroças, verdadeiros lixos......até quando vamos ser assaltados pelas montadoras?????
Pascoal Souza (09/08/2011 @ 08:30)
Concordo com o Jackson/PR...o que falta ao povo brasileiro é atitude. Enquanto chilenos invadem as ruas para protestar contra os cortes da educação, ou londrinos protestam contra a violência policial, o povo bronzeado espera pelo próximo carnaval ou feriado prolongado. "PANIS ET CINCENSES"
Jackson-CTBA-PR (09/08/2011 @ 02:05)
Ficar reclamando no site da quatro-rodas não vai ajudar. O que devemos fazer é DIVULGAR ESSA PALHAÇADA pro máximo de pessoas que pudermos. Mandem emails... correntes... powerpoints... espalhem. Afinal... NÃO É TODO MUNDO QUE FREQUENTA O SITE DA QUATRO RODAS. Temos que alertar os leigos. Um país rico como o nosso não pode ter uma população pobre como é hoje. NÃO TEMOS PODER DE COMPRA NENHUM. É completamente frustrante um negócio desses. Alguém tinha que botar uma propaganda na TV alertando as pessoas. Mostrando a roubalheira. As diferenças de preços e etc.
Marcelo A. (09/08/2011 @ 01:23)
Eu falo sempre: basta deixar do comprar o carro 0km e compra o semi-novo com um ano de uso... Assim, tudo mudaria com os veículos 0km entupindo os pátios das montadoras. Pensem nisso!
1 GOL (08/08/2011 @ 23:36)
Argentino em Aeroporto de Pais de Primeiro mundo....... Americans :WHERE ARE YOU FROM? Argentino: I`m from Buenos Aires, Argentina! Americans: Hey John. Do we have any more books?............................................................ Brasileiro em aeroporto de Pais de Primeiro mundo.................Americans: WHERE ARE YOU FROM?............ Brasileiro: I am Brazil. Americans: Hey John, Another BANANA, double the price, he looks more Stupid then the last ones!!!. rsrsrs... BRAZIL BRAZIL... MONKEY-LAND...
Fabio (08/08/2011 @ 21:52)
como pode realmente um carro fabricado aqui ser exportado e vendido por um preço muito inferior ao praticado aqui, qual a diferenca de la pra ca? se o imposto de fabricacao ja esta incluso e se o "custo Brasil" tbm pois foi fabricado com mao de obra brasileira.. por isso que compro sempre usado... e compro carro importado. pois pago pela tecnologia que foi empregada a 3 4 anos atraz nos que nem nos novos vem... um exemplo disso é o motor 1.6SR do Golf que hoje equipa o "novo" gol
ELVIS DE SOUZA SILVA (08/08/2011 @ 21:33)
aqui samos roubados no posto de gasolina,na oficina,nas privatizacoes estaduais,e federais poque nao nas montadoras esta e uma questao politica e na politica o sanitario muda, mais o que estar dentro nao.
carlos alberto (08/08/2011 @ 20:55)
Por isso irei comprar carro chinês!!!!! só de raiva
Diogo (08/08/2011 @ 20:48)
Como pode um carro fabricado aqui ser 30% mais caro AQUI MESMO!!!! Meu DEUS!!! Não gosto muito desta conversa de por que aqui é mais caro, mas me dá muita raiva quando racionalmente tendo entender porque existe este desrespeito com o consumidor.
Marco Udão (08/08/2011 @ 20:42)
Não creio que o Horribile, digo trAgile saia de linha tão precocemente. Seria BOM DEMAIS prá ser verdade. Ele vai continuar dando calo no olho da gente por muito tempo ainda. Apesar que trocar o trAgile pelo coCobalt Hatch, seria trocar SEIS por MEIA DÚZIA. Uma coisa é certa: de feiúra, a gente já tá é farto. A GM poderia lançar essas baixarias lá no meio dos infernos.
Fujiro Kassappa (08/08/2011 @ 20:36)
Como diz meu falecido pai: Enquanto existir cavalo, São Jorge não apeia !!! Ah !!! Antes que eu me esqueça: AGILE, o carro mais feio do Brasil sai de linha em 2013 (Graças a Deus!) Fonte: Revista Quatro Rodas, Ed. Agosto, Seção Segredos, Pág. 48.
Thomas seixas (08/08/2011 @ 20:25)
E pensem que na Argentina não se vende nem a metade dos carros que se vende no Brasil..... Fazendo as contas, imagina o lucro das montadoras aqui no Brasil!! E pra acabar de esculhambar com tudo brasileiro faz questão de pagar ágio pra andar de carro novo!!!
Andre (08/08/2011 @ 20:19)
Coitado dos argentinos.
» TOPO
Seu Comparativo
imagem comparativo