Seu comparativo
TOP 10 QR
Os carros mais procurados da semana no site Quatro Rodas
  • Up
  • Onix
  • Duster
  • HB 20
  • Novo Ka
  • Corolla
  • Civic
  • Golf
  • Focus
  • New Fiesta
  • | A-Z |
Newsletter
Assine a Newsletter QUATRO RODAS
PUBLICIDADE
NOTÍCIAS » Fabricantes
TEXTO  |RSS | Add to Google|
VW vai parar fábrica no México até agosto
Por Vitor Matsubara | 22/06/2009
Decisão visa garantir empregos e realizar ajustes na planta

A Volkswagen anunciou que vai paralisar a planta de Puebla, no México, até o início de agosto. A informação foi confirmada por Arturo Monter, porta-voz da empresa, no ultimo sábado, 20 de junho.

De acordo com a montadora, a suspensão das atividades, prevista para iniciar na próxima quarta-feira, 24 de junho, visa preservar empregos e realizar ajustes nas linhas de montagem mexicanas.

Segundo Monter, um terço dos funcionários responsáveis pela fabricação do sedã Jetta e de outros modelos ficarão afastados de suas atividades por 14 dias. A montadora estima que, em 10 dias, vá poupar 50% dos gastos totais com salários.

A planta de Puebla é a única fábrica da Volkswagen na América do Norte e exporta veículos para os Estados Unidos, Canadá e todo o continente europeu. Cerca de 70% de toda a produção é destinada para o mercado norte-americano, cuja economia vive uma das piores crises de sua história.

Apesar da paralisação, as exportações do New Beetle para vários mercados – inclusive o brasileiro – não devem ser prejudicadas. No México, além do nostálgico modelo, a VW produz a família Jetta (composta por sedã e perua) e o sedã Bora, todos eles comercializados no Brasil.

TNC fabio (29/06/2009 @ 21:16)
Esse fabio é um cara tão ridiculo que não troca esse discursinho cretino, igual fazem politicos vaselina que ficam se esquivando o tempo todo. Seja homem ao menos uma vez na vida rapaz, larga deste discurso idiota. se você trabalha na fiat e acha que o palio é o supra sumo, guarde isso para você, afinal é só você que pensa assim, o resto do brasil deixa o palio em segundo. Quem ta certo você ou o brasil? Afinal de contas o palio sempre perdeu e sempre vai perder em vendas. É o sugundo lugar? e daí, isto significa que o palio é o primeiro perdedor no segmento compactos. Se o palio fosse tão bom, teria em algum momento atingido o topo. Conseguiu isso alguma vez? NÃO. Isso que o primeiro lugar ERA um projeto defasado, segundo vc imbecilmente repete a torto e a direito. E se o povo brasileiro não fosse pobre como é, que para poder andar de carro tem que comprar algo barato em 84 vezes, ao invez de comprar algo bom, esse paliozinho de merda que vc tanto defende, não ficaria nem entre os 30 mais vendidos.
Hipócrito (28/06/2009 @ 20:20)
Eu já disse em outro lugar que se a VW colocasse o motor GM 1.8 powertech no Gol, principalmente agora que ele ficou um pouco mais moderno, o carro ficaria insuperável. Enquanto isso não acontecer, ficará com a familia Palio e Fiat Uno na sua cola.
mister M (25/06/2009 @ 22:12)
Isso significa que o mister M ainda não te contou vassalo?
fabio (25/06/2009 @ 14:18)
CONTRA O FATO NÃO HÁ ARGUMENTOS: NÃO ADIANTA TENTAR MANIPULAR COM PALAVRAS O FATO DO MOTOR LONGITUDIONAL DA VW APLICADO NO GOL G4 E OUTROS MODELOS SER UM ATRASO: A discussão sobre o posicionamento dos motores está diretamente ligada às mudanças que o mercado sofreu durante o choque do petróleo nos anos 70. A grande vantagem do motor transversal, foi a montagem mais compacta aproveitando melhor o espaço do cofre. Além disso, já que as saídas do eixo de transmissão do motor transversal estão alinhadas com o eixo do veículo, possibilita-se um desenho mais compacto, com braços de suspensão mais leves e menores. No motor longitudinal, a necessidade de fazer com que o torque chegue até as rodas de tração encontra um sério obstáculo: as linhas de força têm de fazer uma curva de 90° até as rodas de tração. No transversal essa necessidade é eliminada, garantindo maior eficiência na transmissão e menores perdas. Os fabricantes, ainda no projeto, admitem uma perda padrão em torno de 20% do torque gerado pelo motor, desperdiçado da caixa de câmbio até sua chegada às rodas, para os motores transversais, contra uma estimativa de pelo menos 25% para os longitudinais. Ponto para os transversais, que perdem menos torque na transmissão. Nos veículos de grande porte e alto desempenho, a aplicação clássica (motor longitudinal e tração traseira) ainda é muito utilizada, pois consegue-se uma relação de distribuição de peso muito favorável (perto dos 50% em cada eixo). Como nestes veículos quase sempre são aplicados motores em V, conseguem-se perfis de capô e inclinação da frente adequados, reduzindo assim o arrasto aerodinâmico. FONTE: Paulo Roberto Poydo, best car web site. engenheiro mecanico. 20 anos de experiências em automação de sistemas automotivos, consultor.
mister M (24/06/2009 @ 23:06)
Eu queria saber se o empregadinho da fiat já descobriu para onde vai o motor transversal em caso de colisão dianteira? Descobriu? Ou ta esperando o mister M contar?
Vinicius Velloso (23/06/2009 @ 20:18)
"A VW foi uma das marcas que menos sofreram com a crise" Claro! vendem motores e cambios encapados com plástico vagabundo a preço de carros muitos superiores. Assim não tem crise que a faça quebrar! Os americanos não aceitam a VW no mercado, não compram qualquer porcaria, aqui no Brasil é uma marca sólida, pois os carros da VW não quebram... Felizmente hoje esse conceito está mudando, pois até os carros mais luxuosos da VW perdem pra qualquer concorrente, principalmente em acabamento. É válido ressaltar que na EUROPA os carros da VW são muuuuito diferentes das porcarias vendidas aqui!
PORTENHO (23/06/2009 @ 12:45)
AMERICANOS NÃO COMPRAM PORCARIAS.
fabio (23/06/2009 @ 10:55)
NO KANO, a "VW vai parar GRANDE parte das instalações" aprende a ler. Ou seja, só a faxina vai continuar em atividade. a VW foi uma das marcas que menos sofreu com a crise em termo de VENDAS nos EUA, porque a VW não vende nada! a participação dela é muito pequena nos EUA. Não foi a participação dela que aumentou, foram as outras que diminuiram e como a VW atende um publico bem especifico com seu New Beatle (eleito carro preferido do publico homossexual nos EUA) as vendas continuaram na mesma.
NAKANO (23/06/2009 @ 09:17)
A reportagem da "Automotive News" de ontem diz que a VW do México vai paralizar temporáriamente "parte" de suas instalações; ressaltando ainda que a VW foi das marcas que menos sofre com a crise, tendo até mesmo aumentado sua participação percentual no mercado americano, este ano.
Alcantara (22/06/2009 @ 16:33)
É o que resta para quem confia nestes semi-importados mercosulenses, hj é o Bora que vai embora, dpois serão os Fusions mexicanos, os Focus argentinos...uma extensa lista de desrespeitados infelizes consumidores sem peças de reposição e valor de revenda.
Retardado (22/06/2009 @ 13:17)
Ótima notícia! Com isso eles devem fazer o New Beetle, o Bora, o Jetta e o novo Golf aqui no Brasil!
» TOPO