Seu comparativo
TOP 10 QR
Os carros mais procurados da semana no site Quatro Rodas
  • Up
  • Onix
  • Duster
  • HB 20
  • Novo Ka
  • Corolla
  • Civic
  • Golf
  • Focus
  • New Fiesta
  • | A-Z |
Newsletter
Assine a Newsletter QUATRO RODAS
PUBLICIDADE
NOTÍCIAS » Fabricantes
TEXTO  |RSS |
Inmetro lança selo para consumo de combustível
Por Vitor Matsubara | 07/11/2008
Selo deve ser aplicado nos carros novos a partir de abril de 2009

Os motoristas que compram veículos zero quilômetro priorizando o consumo de combustível contarão com um critério oficial para decidir sua compra.

Nesta sexta-feira, 7 de novembro, o Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial) anunciou o lançamento do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular.

Contando com o apoio de Ministério de Minas e Energia, Agência Nacional do Petróleo (ANP), Abeiva,  Anfavea e Petrobras, o programa segue os moldes da classificação estabelecida nos eletrodomésticos.

Os automóveis vendidos no Brasil serão separados em quatro categorias segundo o tamanho (subcompacto, compacto, médio e grande) e outras quatro para uso específico (esportivo, fora-de-estrada, comercial leve e comercial derivado de veículo de passageiros). As divisões serão realizadas de acordo com a área projetada no solo em metros quadrados.

Nestes grupos, os carros serão classificados de acordo com os níveis de consumo de cada modelo, sendo a nota “A” atribuída para o menor consumo e “E” para o maior consumo na categoria.

A adesão das montadoras é voluntária, mas os representantes da Abeiva e da Anfavea garantiram que todas as montadoras que fazem parte das duas organizações devem se increver. Vale ressaltar que, em um primeiro momento, as marcas terão de inscrever 50% de sua gama de produtos no programa.

valkyrie (18/09/2011 @ 14:48)
Tenho um corolla xei 1.8 automático e ele consome em média de 10 na cidade e 15 na br, só troco por um do mesmo modelo, mais novo. Descobri com um amigo que também tem um e estava consumido muito, que ele tem uma programação de consumo que pode ser refeita na concessionária ou em outras lojas que tenham aquele scaner (computador para verificar possível falhas ou desgastes)
valkyrie (18/09/2011 @ 14:48)
Tenho um corolla xei 1.8 automático e ele consome em média de 10 na cidade e 15 na br, só troco por um do mesmo modelo, mais novo. Descobri com um amigo que também tem um e estava consumido muito, que ele tem uma programação de consumo que pode ser refeita na concessionária ou em outras lojas que tenham aquele scaner (computador para verificar possível falhas ou desgastes)
valkyrie (18/09/2011 @ 14:47)
Tenho um corolla xei 1.8 automático e ele consome em média de 10 na cidade e 15 na br. só troco por um mais novo. Descobri com um amigo que também tem um e estava consumido muito, que ele tem uma programação de consumo que pode ser refeita na concessionária ou em outras lojas que tenham aquele scaner (computador para verificar possível falhas ou desgastes)
Norberto (29/03/2011 @ 16:00)
Comprei um Corolla 1.8 Flex XEI - Automáico -2010, e baseando nas informaçõe da Quatro Rodas, que o veículo faz 9,7 km/l na cidade e 12.6 km/l na estrada com etanol, porem o consumo é totalmente diferente, na cidade 4,7km/l e na estrada 9km/l(etanol) com 02 pessoas e o porta-malas 50% ocupado, sem ar condicionado.Com esta nova tabela do Inmetro tenho força júridica para devolver o beberrão à Toyota? Além do alto consumo, tem o computador de bordo que não informa corretamente o consumo médio e a autonomia com o tq cheio. Atualmente estou usando gasolina para fazer 6,3 km/l na cidade e 11,5 na estrada, e mesmo com gasolina não faz as marcas dos testes da Quatro Rodas com etanol.
Maria Valeria Rodrigues Duarte (13/11/2010 @ 17:46)
Boa Tarde Fiz uma execelente compra de um carro da Honda um CITY, porem estar apresentando um consumo excessivo de combustivel, ja que hoje priorizamos um carro sempre economico. Fiquei mais chocada ainda em saber que não seria o tamanho ou os cavalos, o corola na cidade faz de 10a 12 km com um litro de combustivel eo city 6.1, solicitei que fosse revisto na concessionaria e voltou com um consumo ainda maior, 5.7, o que faço ou melhor tem algo a fazer? obrigada
Maria Valeria Rodrigues Duarte (13/11/2010 @ 17:46)
Boa Tarde Fiz uma execelente compra de um carro da Honda um CITY, porem estar apresentando um consumo excessivo de combustivel, ja que hoje priorizamos um carro sempre economico. Fiquei mais chocada ainda em saber que não seria o tamanho ou os cavalos, o corola na cidade faz de 10a 12 km com um litro de combustivel eo city 6.1, solicitei que fosse revisto na concessionaria e voltou com um consumo ainda maior, 5.7, o que faço ou melhor tem algo a fazer? obrigada
Helcio (12/11/2010 @ 22:31)
Isto e otimo,o brasileiro nunca preocupou com seguranca geralmente ele prioriza o visual,mas as coisas estão mudadndo e atraves de informacõe sobre os produtos ele fica mais exigente e isto e bom por que a qualidade melhora e todos nos ganhamos inclusive o meio ambiente pois o menor consumo diminui gastos e melhora a qualidade do ar.
freds (27/07/2010 @ 00:20)
Este ódio da GM só pode ser inveja né?
J. B. Maia (23/02/2010 @ 13:30)
Seriedade acima de tudo. É o que não houve até agora por parte da indústrtia automobilistica. Sempre enganaram os consumidores quanto ao real consumo do combustível dos seus veículos. Adquiri um Celta 1.0- 4 portas - ano 2010. Na viagem de Belo Horizonte á Varginha (MG), com mais dois passageiros e bagagem, pela BR-381, percorrendo 320 Km, com velocidade média de 90 / 100 km, consegui fazer " 18,455 " km/litro . Ressaltando fatos assim é que nós iremos mostrar a realidade que cerca a questão tão controversa . Vamos cobrar a todo o instante das partes envolvidas, compromisso leal e verdadeiro .
Cesare (17/01/2010 @ 20:51)
Agora posso comprar um carro zero, e se o referido veiculo não corresponder a tabela do IMMETRO, tenho força juridica para devolver o beberrão. Algum advogado pode responder a minha pergunta?
Cesare (17/01/2010 @ 20:51)
Agora posso comprar um carro zero, e se o referido veiculo não corresponder a tabela do IMMETRO, tenho força juridica para devolver o beberrão. Algum advogado pode responder a minha pergunta?
Paulo da Fonseca (06/12/2009 @ 19:11)
Não acredito no resultado de programas de avaliação feitos pelo INMETRO, uma vez que tal instituição só se preocupa em arrecadar fundos através de taxas e multas em nome do cumprimento de portarias que nem mesmo seus fiscais as compreendem, pois, são forçados a cumprirem metas absurdas diariamente, impossibilitando-os de seguir as portarias e mesmo porque, não possuem equipamentos adequados para o seu trabalho. Ao contrário do que os cidadãos pensam ao assistirem às fabulosas matérias no FANTÁSTICO, o INMETRO é na realidade um órgão irresponsável e que juntamente com o IPEM, seu órgão delegado, não fazem mais do que falsas avaliações em nome do dinheiro. Qualquer empreendedor que tenha recursos para manter uma certificação de seu produto consegue o aval desta autarquia, independente da verdadeira qualidade do mesmo,isso mesmo, pagou? o INMETRO certifica, e o resto é com o cidadão brasileiro que mais uma vez está sendo enganado! FIQUE DE OLHO!
Paulo da Fonseca (06/12/2009 @ 19:11)
Não acredito no resultado de programas de avaliação feitos pelo INMETRO, uma vez que tal instituição só se preocupa em arrecadar fundos através de taxas e multas em nome do cumprimento de portarias que nem mesmo seus fiscais as compreendem, pois, são forçados a cumprirem metas absurdas diariamente, impossibilitando-os de seguir as portarias e mesmo porque, não possuem equipamentos adequados para o seu trabalho. Ao contrário do que os cidadãos pensam ao assistirem às fabulosas matérias no FANTÁSTICO, o INMETRO é na realidade um órgão irresponsável e que juntamente com o IPEM, seu órgão delegado, não fazem mais do que falsas avaliações em nome do dinheiro. Qualquer empreendedor que tenha recursos para manter uma certificação de seu produto consegue o aval desta autarquia, independente da verdadeira qualidade do mesmo,isso mesmo, pagou? o INMETRO certifica, e o resto é com o cidadão brasileiro que mais uma vez está sendo enganado! FIQUE DE OLHO!
Charlyns Anderson (09/11/2009 @ 09:46)
Esta tabela divulgada pelo inmetro do consumo de veículos da linha leve pode está correta dentro do banco de provas ou se o carro foi fabricado e logo em seguida fizeram os testes para conseguir está quilometragem tão fantastica. Quando na realidade os veículos não tem tanto rendimento assim. Gostária de ver esse mesmo teste após no minimo uns 20 a 30 mil km rodados. Tudo novinho é filé! Quero ver uma tabela desta após uma certa quilometragem de uso. Nãó só um tabela de consumo mais também uma tabela de emissão de CO². Valeu !!!!
JEFERSON (02/05/2009 @ 21:48)
FALTA A REVISTA QUATRO RODAS DISPONIBILIZAR AOS SEUS LEITORES UMA TABELA COM O CONSUMO DE COMBUSTÍVEL DE CADA MODELO TESTADO. ESSES DADOS SÃO RELEVANTES QUANDO PENSAMOS EM ADQUIRIR UM VEÍCULO.
Lucas Roberto (23/04/2009 @ 09:30)
Tabela: http://www.conpet.gov.br/download/pdf/VeiculosLeves2009.pdf
Alberto Santos (22/04/2009 @ 11:10)
ATÉ HOJE NÃO CONSEGUI ENTENDER, COMO A REVISTA QUATRO RODAS NÃO DISPONIBILIZA AOS SEUS LEITORES UMA TABELA COM O CONSUMO DE COMBUSTÍVEL DE CADA MODELO TESTADO. POR MAIS QUE TENTE NÃO CONSIGO OBTER ESSES DADOS, QUE É RELEVANTE QUANDO PENSAMOS EM ADQUIRIR UM VEÍCULO.
newton (06/12/2008 @ 00:00)
Gostaria de um teste com os veiculos sedans de consumo. veiculos com cambio manual e automatico trajeto na cidade e na rodovia Veiculos: Linea, corolla, civic, megane Agradeço
Gilian Bertoni (19/11/2008 @ 00:00)
Olha, pra muita gente não vai fazer a menor diferença, como para mim, vou continuar com meu santana véio de guerra e com os seus 8Km/l e tô muito feliz com isso, e quem quiser um carro potente garanto que tbm não dará a mínima para esse adesivo. isso é bom para alertar o consumidor, mas eu acho frescura.
jesus (11/11/2008 @ 00:00)
HIRAM... sem comentarios...
Hiram (10/11/2008 @ 00:00)
Eu tenho um Celta (GM), e ele, na estrada, comigo andando entre 90 e 100 km/h faz + ou - 13 km/L enquanto o Palio 1.4 do meu primo, rodando na mesma média de velocidade faz + ou - 11 km/L. Em outras palavras, os 2 levam os seus felizes donos p/ o mesmo lugar, na mesma velocidade, conseqüentemente demoram o mesmo tempo p/ chegar em seus destinos... só que o Pálio gasta +... QUEM É O BEBERÃO MESMO?
Igor (10/11/2008 @ 00:00)
Regina, com certeza ele entendeu, só quis fazer uma gracinha. O garotinho deve ser uma graça! Muinto inteligente e com uma tremenda imaginação... Talvez um dia chegue a 'Joãozinho de piada'.
Regina (10/11/2008 @ 00:00)
Mario, creio que o guilherme se referiu a "luz" como seu estado... sendo assim Geladeira nao gasta Luz, gasta ENERGIA ELÉTRICA.
Herbert (10/11/2008 @ 00:00)
Acredito que isso é uma evolução no mundo automobiistico, pois somente assim saberemos quanto o carro deve consumir no momento de compra. Assim o Direito do Consumidor é preservado. Eu tenho um Punto e já liguei varias vezes para a Fiat perguntando quando o Carro deveria fazer e a resposta é sempre a Mesma "Esta Informação não esta Disponivel para o Próprietario" Como isso que falta de Respeito com o Consumidor, Eles projetam, fabricam e vendem um carro e mesmo assim não sabem quanto o mesmo deveria gastar em uma cidade. Afinal de contas que tipo de testes porcaria são feitos. Espero que o Imetro não se prenda somente a Nivel A, B ou C e coloque também a média de consumo, tipo entre 7 e 9 KM/l Perimetro Urbano e entre 12 e 15 Km/l Estradas. Imetro, por favor faça a coisa certa.
Mario (10/11/2008 @ 00:00)
Gasta sim Guilherme, você deveria estudar mais e brincar menos na Internet, veja só como você é desinformado!
Igor (09/11/2008 @ 00:00)
Acho que o povo que fez estes comentários não entendeu muito bem, que os carros terão diversas categorias baseado no tamanho, peso, potencia, etc Acham que mille vai ganhar um A e o resto tudo de B para fora... O Uno vai ficar na categoria dos menores, mais leves e menos potentes, portanto nesta categoria vai acabar é levando um B, na melhor das hipoteses... É possivel que um outro carro como um Jetta por exemplo ganhe um A, porque é outra categoria. É exatamente como nos eletrodomésticos, e por isto tem que tomar cuidado. Aqueles geladeiras 'Frost Free' TODAS elas gastam luz prá cacete, MUITO mais que uma geladeira comum que ganha B, no entando a maioria ganha um 'A' porque é outra categoria. O que tem que ver como referencia é o consumo e não se é A B ou C.
Valtemir (09/11/2008 @ 00:00)
Parabéns para quem teve esta idêia, montadoras que figuem preocupadas, pois já mudamos os eletro-domésticos, agora vamos escolher melhor o carros. Valtemir
Guilherme Dória (09/11/2008 @ 00:00)
geladeira gasta luz?? não sabia....
666 (09/11/2008 @ 00:00)
Galera, se daki um 1ano+- suponhamos que alguma montadora lançe um carro q faz 32km/l, o suposto carro se encaixaria na mesma classificação A do uno? Será que eles pensaram nesta possibilidade??
Carlos (09/11/2008 @ 00:00)
Quem sabe agora a GM não atualiza os motores MONZATEC que insiste em manter no Vectra e no Astra? É uma vergonha.
Arêas (08/11/2008 @ 00:00)
Pobre GM, pobre Vectra, pobre Corsa 1.0, pobre Zafira, pobre Celta.
Carvalho (08/11/2008 @ 00:00)
Legal muito bom, mas se o adesivo for pareceido com os das geladeiras, imagine uns desses na tampa traseira do lado do nome do carro rsrsrsrs
TUNNER (08/11/2008 @ 00:00)
Eita q a GM vai falir pq deus e mais ate motor 1.0 da GM e beberrao
Baesso (08/11/2008 @ 00:00)
Se o Uno ficar com classificação A, outros modelos concorentes não coseguiram nem a classificação B. E agora, como as montadoras vão explicar o baixo desempenho e alto consumo...
dsg (07/11/2008 @ 00:00)
Agora a GM vai a falência !!!
» TOPO
Seu Comparativo
imagem comparativo