publicidade

publicidade

Kawasaki ZX-6R Ninja

A melhor esportiva de 600 cc está quase 5.000 reais mais em conta

28/05/2012 15:24 - Por Ismael Baubeta | Fotos: Marco de Bari

Kawasaki ZX-6R Ninja Foto: Marco de Bari Kawasaki ZX-6R Ninja

Relacionadas

A versão 2012 da ZX-6R recebeu nova pintura e grafismos. Continua com o pacote técnico que fez dela a tentação dos apreciadores das supersport. A cor preta - antes sob o motor - foi deslocada para cima, compondo uma linha diagonal com o chassi. É nessa parte da carenagem que estão os piscas dianteiros. Sobre eles, uma faixa verde com o logo, agora com a sigla ZX- 6R. O nome Ninja foi para o tanque. Outra opção de cor é o preto.

O motor tem 128 cv e gira alto: atinge a potência máxima aos 14000 rpm. No conta-giros analógico, uma faixa verde começa aos 8000 rpm. É fácil deixar o propulsor subir além dos 14000 giros - embora o aproveitamento ideal da potência e do torque do motor fique entre eles e os 11800 giros do torque máximo, de 6,8 mkgf. O vermelho só aparece às 16000 rpm, uma delícia. Na parte digital do painel, velocímetro, hodômetro total e parcial, indicador de marchas e um cronômetro para acompanhar o tempo de volta, bem completo.

A embreagem antiblocante é oriunda das pistas. Ela ajuda muito na tocada mais agressiva e também aos pilotos menos experientes em reduzidas mais severas, evitando que a roda traseira seja bloqueada pelo câmbio.

Na ciclística, a ZX-6R mantém o padrão exemplar. A boa rigidez do chassi é bem combinada com a eficácia de suas bengalas invertidas de 41 mm, ajustáveis e com o monoamortecedor multirregulável. Os freios estão bem dimensionados para peso e potência.

Outra mudança foi no preço sugerido: 43990 reais. Há alguns meses seu preço era de 48880 reais.



O verde indica a faixa de giros mais divertida | Motor oculto; a pintura preta realça o quadro



VEREDICTO


Ótima esportiva de 600 cc, agora com preço reduzido e visual renovado, a ZX-6R Ninja vale ainda mais o investimento.




Todos os testes >>