Logo Quatro Rodas

Segredo

Honda WR-V já roda em testes no Brasil

Novo SUV menor que o HR-V será baseado no Fit e deve ser apresentado no próximo Salão do Automóvel

por Paulo Campo Grande • • Atualizado em

Honda WR-V
Honda WR-V | Crédito: Valentim Afonso

Mesmo adiando o início da operação da fábrica de Itirapina (SP), de março de 2016 até segunda ordem, a Honda segue com os projetos de novos produtos. A prova disso é o flagrante feito pelo leitor Valentim Afonso, nas imediações da fábrica de Sumaré (SP). Trata-se do WR-V, o futuro SUV compacto da marca.

LEIA MAIS:

>> Vazam fotos do Toyota C-HR, futuro rival do Honda HR-V

>> VW terá SUV compacto e mais três novidades até 2020 no Brasil

>> Renault Kwid, o mini-Duster que vem para o Brasil

O irmão menor do HR-V compartilha a plataforma do Fit e deve herdar também o motor 1.5 flex e a transmissão manual de cinco marchas ou automática CVT, assim como a configuração interna, com espaço generoso e bancos modulares. O visual também deve ter as linhas do Fit como base, adicionando elementos característicos dos aventureiros, como suspensão elevada, molduras plásticas e rack no teto. As lanternas traseiras mantém o posicionamento do Fit, mas a placa ficará numa posição mais baixa, o que leva a crer que o formato da tampa traseira será diferente.

Sua primeira aparição oficial deve acontecer no Salão do Automóvel de São Paulo, em outubro deste ano. A previsão é de que ele seja lançado comercialmente no início de 2017. Como as fábricas da Honda podem produzir qualquer um dos modelos atuais, o WR-V poderá sair tanto de Sumaré quanto de Itirapina. A expectativa é que seu preço fique cerca de 10 mil reais abaixo do HR-V, que hoje começa em R$ 76.900. Dessa forma, ele concorreria com as versões mais simples de Ford EcoSport e Renault Duster.