Guia de Usados: Toyota Etios

Quem vê cara não vê coração: seguro, econômico e bom de dirigir, ele vai ficando mais bonito com a convivência diária

usado usado

A Toyota se especializou em produzir automóveis duráveis e confiáveis, mas de estilo funcional e às vezes controverso. Foi assim com o jipe Bandeirante, com o Corolla e com o Etios, sua primeira aposta entre os compactos. Por dentro ou por fora, é difícil os donos se encantarem por esse visual e por soluções singulares como os instrumentos no centro do painel, de difícil leitura. Felizmente, a primeira impressão nem sempre é a que fica.

Como um bom Toyota, o Etios apela para o lado racional: trata-se de um automóvel robusto, ágil, econômico e seguro, qualidades oriundas de um projeto moderno (que resultou em 4 estrelas para adultos e 2 para crianças no Latin NCap). Integrante da nossa frota de Longa Duração, o Etios revelou suas virtudes como produto e a maturidade do pós-venda. Todas as peças de desgaste normal são oferecidas a pronta entrega e o atendimento é sempre pontual, eficiente e com preço justo: a rede não sofre da famosa empurroterapia. Resultado: o carro foi o grande vencedor de nossa pesquisa de satisfação Os Eleitos 2015.

painel-etios.jpeg?1445371541 painel-etios.jpeg?1445371541

O Etios estreou no fim de 2012 com um 1.3 16V, com bons 90/84 cv e torque de 12,8/11,9 kgfm (álcool/gasolina), números mais que suficientes para impulsionar seus 945 kg com muita agilidade e consumo comedido. No ano seguinte, ganhou a opção do 1.5 16V de 96,5/92 cv e 13,9 kgfm.

Quem busca o melhor custo-benefício deve levar a versão XS, que traz o que interessa: ar-condicionado, direção elétrica, som com MP3 e USB, vidros e travas elétricos e conta-giros, além de maçanetas e retrovisores na cor da carroceria. Para bolsos mais recheados, há a XLS 1.5, com farol de neblina, roda de liga aro 15, alarme com travamento a distância e melhor acabamento interno. Ou a Platinum (desde 2014) com mais cromados, lanternas fumê, sensor de ré e bancos de couro.

qr-635-teste-etios-02-eps.jpeg?1445371541 qr-635-teste-etios-02-eps.jpeg?1445371541

Se a grana está curta, opte pela versão X, com ABS e travas e vidros elétricos (o ar é opcional). Existe ainda a básica (sem denominação), com grade sem pintura. Como não traz freios ABS ou direção elétrica, ela encalha nas lojas.

PENSE TAMBÉM EM UM… CHEVROLET ONIX

qr-636-carro-onix-13-eps.jpeg?1445372543 qr-636-carro-onix-13-eps.jpeg?1445372543

Ao contrário do Etios, o Onix é destinado a quem não está disposto a abrir mão de estilo e conveniência: mais bonito por dentro e por fora, traz direção hidráulica, regulagem de altura do assento, um painel melhor e porta-malas maior (280 x 270 litros). O motor 1.0 gera 80/78 cv, mas prefira o 1.4, que rende 106/98 cv.

ONDE O BICHO PEGA

ACABAMENTO INTERNONas versões básica, X e XS, verifique qual é o estado geral de botões, difusores de ar, laterais de porta, maçanetas internas e manivelas dos vidros, que podem apresentar algum problema de funcionamento.

SUSPENSÃO

Superdimensionada, ela costuma resistir inabalável às péssimas condições de nossas ruas e estradas. Os batentes dos amortecedores são os primeiros a manifestar seu desgaste através de batidas secas em fim de curso, mas convém analisar os amortecedores, que não devem apresentar vazamentos.

EMBREAGEM

Não costuma dar problemas, mas algumas unidades apresentaram trepidação e ruídos que só são eliminados com a substituição de alguns componentes. Rangido no pedal costuma ser resolvido com a troca e o ajuste do cabo de acionamento.

PARTIDA DIFÍCIL

Bicos injetores sujos podem causar o problema, mas o principal vilão é o regulador de pressão de combustível danificado. A limpeza

dos bicos (com substituição do filtro de combustível) e a troca do regulador resolvem o problema.

A VOZ DO DONO

Nome: João Guilherme Aguiar

Idade: 55 anos

Profissão: engenheiro civil

Cidade: Campinas (SP)

O QUE EU ADORO

“Ágil e confortável, ele tem uma dirigibilidade notável graças à estabilidade excelente e ao torque em baixas rotações. O consumo de combustível é baixo e as revisões, baratas”

O QUE EU ODEIO

“O painel central é esquisito, mas logo você acostuma. Ruim mesmo é a ausência injustificável do computador de bordo e da iluminação do porta-malas, mesmo na versão mais completa”

LEIA MAIS– Os Eleitos 2015: Toyota Etios– Longa Duração: Toyota Etios

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s