Os Eleitos 2016: hatches compactos de entrada

Toyota Etios recebe as melhores avaliações e vence na categoria pelo segundo ano consecutivo

Os Eleitos 2016: Toyota Etios hatch

1º – Toyota Etios hatch: 99,7

A categoria dos compactos é uma das mais acirradas da pesquisa de satisfação Os Eleitos. E por pouco, apenas 0,1 ponto, não vimos um novo empate de Etios e Up!. Ano  passado, eles dividiram o título com 98 pontos. Para 2016, o aumento de ambas as notas mostra que Toyota e VW andam fazendo a lição de casa com afinco.

Os donos de Etios elogiam o desempenho (104,7), estabilidade (98,9), sensação de segurança (97,1), seguro (97,4) e espaço interno (103,2) – todos atributos em que o japonês foi o mais bem avaliado. Como de costume, a confiabilidade no fabricante também se destaca (99,9 pontos ante 94,1 da Volks).

Apesar de o visual ser o maior alvo de críticas na pesquisa, a nota de design é elevada (102). Ou seja, os donos não têm reclamado muito desse quesito. Nesse atributo, é do Uno a pior avaliação (94,8).

Mas os compradores do carro feito em Sorocaba (SP) creem que o Etios tem um projeto moderno (102,9) – item com avaliação melhor até que a do Up! (102,7). No entanto, as queixas ao ruído interno e à ausência de itens de comodidade são bastante frequentes.

Os elogios:

  • Pós-venda
  • Consumo
  • Mecânica
  • Robustez

As críticas:

  • Desgin
  • Ruído interno
  • Equipamentos
  • Acabamento

É muito ágil, cabe em qualquer lugar e tem desempenho melhor que o dos outros carros

Ana Sylvia Ribeiro Pimentel, 51 anos, Curitiba (PR)

2º – Volkswagen Up!: 99,6

O quase empate vale como vitória ao Up!, cujas vendas não empolgaram no lançamento, mas deslancharam razoavelmente depois. A boa avaliação dos donos mostra que ele provou seu valor: elogios a design (106,4), desempenho (103,8), quantidade de autorizadas (103,6), consumo (102,6) – o 1.0 TSi faz até 14,5 km/l de gasolina em ciclo urbano – e porta-malas (101,5).

3º – Ford Ka: 98,9

Para chegar ao bronze, o Ford Ka precisou de oito notas acima de 100, índice considerado ótimo – e não teve notas ruins. Aliás, foi o melhor em um item campeão de críticas: preço de compra (95). A nota mais alta foi para design (104,9), seguida do acesso
aos comandos (103,3) e modernidade do projeto (102,5).

4º – Nissan March: 97,2

O sobe e desce aqui não afetou a colocação do March, empatado com o Onix em 2015. Desde que foi campeão, em 2012, a nota só caiu. Mas voltou a subir. Os donos apreciam o espaço interno (101,3), equipamentos (99,4) e acesso aos comandos (101,7). Mas teve a pior avaliação em tamanho da rede autorizada (92,3).

5º – Hyundai HB20: 97,1

Venceu a pesquisa de 2014, mas caiu para o terceiro lugar em 2015, por insatisfações em consumo urbano e seguro caro. Mas ele não piorou. Ao contrário: a nota é até maior que a do ano passado. Os rivais evoluíram junto, com Ka, March e Onix na briga. Seus destaques positivos são a modernidade, design, consumo, acabamento e durabilidade.

5º – Chevrolet Onix: 97,1

O automóvel mais vendido do Brasil tem um bônus: quando o zero-quilômetro é bem-visto, costuma ir bem entre os usados. Por isso, a ótima avaliação do seu preço de revenda (100,5). Também agradou no tamanho da rede (101,9), no design (99) e no acesso aos comandos (98,8). Entre os pontos negativos, destaca-se o consumo em trânsito urbano (90,5).

7º – Fiat Palio: 92,4

Suas notas estão bem aquém dos líderes de satisfação. Seus donos reclamam do preço de compra (86,7) e da desvalorização – foi o pior em valor de revenda (86). Também é dono da pontuação mais baixa em seguro (81,6), consumo rodoviário (90), acesso a comandos (89,9) e confiabilidade da marca (93,9). E ficou  abaixo da média em todos os quesitos.

8º – Fiat Uno: 90,4

É comum que o último colocado dos compactos esteja na lanterna do ranking geral – e o Uno não é exceção. Mas há um agravante: obteve a pior avaliação dentre todos os 37 modelos que se classificaram para a pesquisa. Em sua categoria, levou as piores notas em 17 itens. O quesito mais crítico é o nível de ruído (77,1). Em durabilidade das peças, atingiu só 86,3.

COMO SE MEDE A FELICIDADE DO DONO

Uma das razões que fazem Os Eleitos ser uma pesquisa diferente é seu critério de pontuação. Ele foi elaborado de maneira que se possam comparar modelos de segmentos distintos, analisando sempre o que o dono esperava e o que ele obteve depois da compra.

Em 2016, foram ouvidos 2.499 proprietários dos 45 automóveis mais vendidos no país – este último critério faz com que alguns modelos com vendas baixas não apareçam na pesquisa. Vale ressaltar: nenhuma das opiniões que você vê aqui retrata as avaliações dos jornalistas da QUATRO RODAS ou de nossos testes de pista. Entenda como a pesquisa funciona:

Satisfação / Expectativa = Índice de satisfação

Índice acima de 100: o carro superou as expectativas.

Índice em 100: satisfação corresponde exatamente à expectativa que o dono tinha antes da compra.

Índice entre 100 e 80: expectativa foi razoavelmente atendida.

Índice abaixo de 80: o proprietário está insatisfeito.

 

Veja os 23 itens avaliados, divididos em nove categorias, que formam o índice:

Custos preço de revenda / preço de compra / preço de seguro / preço das peças / consumo urbano / consumo rodoviário
Confiança na marca ser um fabricante confiável
Cobertura da rede ser um fabricante com ampla rede de concessionárias
Design / modelo ser um projeto moderno / design do carro
Desempenho rapidez no arranque
Segurança estabilidade nas curvas / transmitir segurança / presença de itens de segurança
Dirigibilidade facilidade de ultrapassagem / oferecer boa visibilidade / facilidade de acesso aos comandos
Conforto acabamento interno / baixo nível de ruído / espaço interno / espaço do porta-malas / presença de equipamentos
Manutenção durabilidade / resistência das peças
Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. o Etios realmente seria o melhor hatch compacto nacional… caso custasse R$25 K.

  2. Ricardo Soares

    Nossa, nada contra o etios, mas eu acho muito feio. Me admira ganhar tantos pontos assim em design, acho que o povo não foi muito sincero nas notas hein kkkkkkk. Ficaria com o segundo ou terceiro colocado mesmo……

  3. Gabriel Medeiros

    Elogios ao design do Up!? Kkkkk Consumo e desempenho tudo bem, mas design???
    O etios pode não ganhar concursos de beleza, mas tá anos a frente do Up!. Isso é dor de cotovelo do pessoal que comprou a caixa de fósforos motorizada.

  4. Hugo Leonardo Dos Santos

    Pra mim nem é tanto o design externo, mas aquele painel inteiro é feio.

  5. Pontos em Design, nem preciso falar que matéria duvidosa o Etios deveria perder pontos em design interno e externo,

  6. Fala sério,ultimamente a qr está meio tendencioso em relação ao Etios , mecânicamente é bom , motor com corrente e tal, mas aí colocar ele em 1° em todos os comparativos ultimamente é apelação.
    A algum tempo teve um comparativo entre sedans automáticos entre Etios 1.5(caixa de 4 marchas usada no Corolla anterior),versa 1.6 (cvt) e hb20s 1.6 (6 marchas) e adivinhem quem ganhou…

  7. Eu tenho Etios 2016 e estou muito satisfeito! Faço consumo misto de cidade / estrada e consigo fazer 16km/l na gasolina. Motor 1.5 com desempenho muito bom também! Recomendo!!