breadcrumb

Pastor Maldonado: A força dos petrodólares

23.03.11 - Por Marcio Ishikawa

Nacionalidade: Venezuelano
Nascimento: 09/03/1985 (Maracay)
Equipe: Williams
Estreia: 27/03/2011 – Grande Prêmio da Austrália
Provas: 0
Vitórias: 0
Pontos: 0
Poles: 0

Texto: Carlos Garcia

O venezuelano Pastor Maldonado confirma duas frases que vem sendo repetidas à exaustão nos últimos anos na Fórmula-1. A primeira é que o campeão da GP-2 acaba aparecendo, de uma forma ou de outra, na Fórmula-1. O único campeão que não foi “promovido” foi o italiano Giorgio Pantano, campeão em 2008, mas ele já havia disputado o campeonato da Fórmula-1 em 2004 pela Jordan. Maldonado também confirmou que pilotos com grandes apoios financeiros conseguem um lugar no grid.

Maldonado é financiado por estatais de seu país, conforme interesse do presidente Hugo Chávez em promover a imagem da Venezuela para o resto do mundo. A petrolífera PDVSA estampa as carenagens dos carros da Williams em 2011 e trazem muito dinheiro para um time que passou por problemas financeiros nos últimos anos. Maldonado chega para substituir o jovem alemão Nico Hulkenberg, que se tornou a sensação da última temporada após conquistar a pole position para o Grande Prêmio do Brasil.

Ponto positivo: Batalhou bastante na GP-2 até conquistar o título que tanto almejava. Insistiu mas conquistou o título que prometera e transformou em resultados a grande velocidade que apresenta nas pistas. Mas é inegável que a qualidade que o trouxe para o cockpit nº 12 é o dinheiro da PDVSA.

Ponto negativo: Na GP-2, Maldonado ficou conhecido como aquele tipo clássico de piloto que é muito rápido mas comete muitos erros. Muitos carros de suas equipes na categoria foram parar fora da pista e o mesmo já aconteceu com a Williams, que já foi destruída por ele uma vez nos testes de pré-temporada.

Untitled Document

Leia análise sobre os pilotos:

1 - Sebastian Vettel
2 - Mark Webber
3 - Lewis Hamilton
4 - Jenson Button
5 - Fernando Alonso
6 - Felipe Massa
7 - Michael Schumacher
8 - Nico Rosberg
9 - Nick Heidfeld
10 - Vitaly Petrov
11 - Rubens Barrichello
12 - Pastor Maldonado
14 - Adrian Sutil
15 - Paul di Resta
16 - Kamui Kobayashi
17 - Sergio Perez
18 - Sebastien Buemi
19 - Jaime Alguersuari
20 - Jarno Trulli
21 - Heikki Kovalainen
22 - Narain Karthikeyan
23 - Vitantonio Liuzzi
24 - Timo Glock
25 - Jerome D'Ambrosio


Comentários
Publicidade
Fotos
Notícias
    Publicidade