Seu comparativo
TOP 10 QR
Os carros mais procurados da semana no site Quatro Rodas
  • Up
  • Onix
  • Duster
  • HB 20
  • Novo Ka
  • Corolla
  • Civic
  • Golf
  • Focus
  • New Fiesta
  • | A-Z |
Newsletter
Assine a Newsletter QUATRO RODAS
PUBLICIDADE
Carros | Usado do mês
Ford Fiesta
Junho 2007

Ford Fiesta

Bom de ver, melhor ainda de dirigir. Mas sobram reclamações com os problemas de qualidade

Por Alexandre Ule Ramos | Foto: Marco de Bari
Lista de matérias por data:

ALTERAR O TAMANHO DA LETRA  

Após ser redesenhado no fim de 2002, já como modelo 2003, o Fiesta tornou-se sucesso de vendas. O design - chamado de New Edge - agradou tanto que até hoje ele é valorizado entre os usados. Combinada ao visual estava sua ótima dirigibilidade e o espaço maior: ganhou 6,7 centímetros na largura, 11 na altura e 8 no comprimento. Se você também está entre os motoristas seduzidos por ele, cuidado com o perigo que se esconde atrás desse rostinho bonito. Há um excesso de problemas ligados à qualidade de acabamento e construção. A começar pelos revestimentos de bancos, portas e painel, bem mais pobres que os da versão anterior.

Além dos ruídos nos plásticos internos, não são raros relatos de defeitos na caixa de direção (nosso Fiesta de Longa Duração em 2003 teve a peça trocada) e o excesso de recalls - um total de sete: cinco para os freios, um para o reservatório de gasolina do flex e um para o encosto dos bancos dianteiros. Para saber se o veículo desejado está nesse grupo de risco, entre no site da Ford ou ligue para 0800-7033673.

As versões eram as Personalité 1.0 (66 cv), Class 1.6 (98 cv) e Supercharger 1.0 (o primeiro nacional com compressor, com 95 cv). O Supercharger é um caso curioso: suas vendas nunca decolaram, pois era um pouco mais barato que o 1.6, mas andava menos e bebia quase igual. Sem falar do incômodo barulho do motor. Hoje um usado vale até 4 000 reais menos que o 1.6, tornando-se opção para quem não quer o 1.0.

Ainda em 2003, a Ford tirou dos itens de série do Supercharger direção hidráulica e limpador e desembaçador traseiros. Em 2004 foi a vez de o Class perder os mesmos equipamentos. Em 2005 veio a mudança de nome: o básico virou First e o topo-de-linha era o Trend, com acabamento melhor, mais opcionais e banco traseiro bipartido. O flex só chegaria em setembro de 2004 no 1.6, já como versão 2005.


Fuja da roubada

Evite os carros ano 2002/modelo 2003, que em geral apresentam problemas com o alinhamento de carroceria, além do excesso de recalls.


A voz do dono

"Gosto muito do meu Fiesta 1.0 2003, que se revela um bom companheiro na cidade. É fácil de estacionar e econômico e não deu muitos problemas. O maior defeito dele, em minha opinião,é na hora de andar na estrada. O motor é muito fraco. Se o carro estiver carregado e numa subida, aí é um desespero."
Marli Rivera, corretora de imóveis, São Bernardo do Campo (SP)

O que eu adoro

"Não tenho do que reclamar. Considero como principais atributos desse modelo a boa visibilidade e a posição de dirigir. Mas o acabamento podia ser um pouco melhor."
Matilde Dias de Freitas, comerciante, Porto Alegre (RS)

O que eu odeio

"Meu Fiesta 2003 apresentou inúmeros problemas desde novo. Entrada de água e poeira, falta de alinhamento da carroceria, banco que desfia, entre os muitos defeitos."
Jorge Batista Suelinne, vendedor, Belo Horizonte (MG)


Nós dissemos

Junho de 2002
"O conjunto suspensão/direção é um dos pontos altos do novo carro da Ford. O bom balanço conseguido pela engenharia entre conforto e estabilidade justifica a nota máxima. A facilidade com que encara curvas é reforçada pelo aumento das bitolas em relação à versão anterior do Fiesta, o atual Street. Ao volante, a sensação é a de um carro bem acertado, que responde prontamente às solicitações, inclinando pouco e saindo de frente quando exigido no limite. Os passageiros, por sua vez, tiram partido do subchassi, que tem a função de poupar a cabine de parte das vibrações, e usufruem dos 4,2 centímetros a mais no entreeixos."


Preço dos usados (em média)*

Personalité 1.0
2003 - 20 000
2004 - 21 300
2005 - 22 000

Class 1.6
2003 - 25 200
2004 - 27 300
2005 - -

Supercharger
2003 - 22 100
2004 - 23 300
2005 - 24 300

FONTE: MOLICAR

*Valores em reais, coletados em maio


Preço das peças

Pára-choque dianteiro
ORIGINAL - 587
PARALELO - 300

Farol
ORIGINAL - 310
PARALELO - 180

Amortecedor dianteiro
ORIGINAL - 108
PARALELO - 90

Retrovisor elétrico
ORIGINAL - 250
PARALELO - 200

Jogo de Pastilha
ORIGINAL - 120
PARALELO - 75


Pense também em um...

Peugeot 206
Assim como no Fiesta, o design do 206 é o ponto forte para seus donos. Tem opções de 1.0 e 1.6 e em geral é encontrado em versões bem equipadas, incluindo direção hidráulica e ar-condicionado. Entre os destaques estão a praticidade de uso na cidade e a economia de combustível. Os básicos, principalmente de duas portas (versão inexistente no Fiesta), são baratos e têm boa aceitação no mercado. Mas o preço de peças e de manutenção está acima da média dos rivais.


Onde o bicho pega

Caixa de direção
Problema comum nos modelos da Ford, o sistema apresenta folga e ruído após algum tempo de uso. Os carros que trafegaram em pisos ruins apresentam esse defeito mais cedo e com maior intensidade.

Freios
Falta de sensibilidade e ineficiência são reclamações constantes, principalmente nos carros mais antigos. Às vezes isso acontece porque o modelo está na lista dos cinco recalls de freio.

Cheiro de gasolina
É típico do 1.6 Flex, devido ao reservatório de gasolina (que fica no compartimento do motor). A razão é um vazamento, que também provocou um recall.

Embreagem
Com desgaste precoce em alguns carros, o defeito aparece em veículos com menos de 15 000 quilômetros. O principal sintoma é a trepidação do pedal, mas em alguns casos a embreagem pode patinar na troca de marcha.

Coxim do câmbio
Na versão 2003, a peça se desgastava com maior facilidade, provocando barulhos no motor e trepidação no volante e na alavanca de câmbio. Na época o reparo era feito de graça quando o carro ainda estava em garantia.

* Reportagem publicada na edição dejunho de 2007 da revista QUATRO RODAS





» FOTOS

Publicidade