Hyundai HB20 1.0 e 1.6
Com versões 1.0 e 1.6 manual e automática, o novo compacto parte para cima do Gol
Por Péricles Malheiros | foto: Marco de Bari | 05/10/2012
Confira a galeria de fotos
TEXTO  

Quanto custa? O que vem nele? O acabamento é bom? Anda bem? Vai ser caro de manter? Todo carro que chega ao mercado é sempre cercado das mesmas perguntas, mas com o Hyundai HB20 a expectativa das respostas era especialmente mais elevada. Ao se tornar a marca-símbolo do arrojo em termos de design no mundo, ao lado da irmã Kia, a Hyundai tornou-se uma espécie de fabricante de sonhos de consumo sobre rodas. E com o HB20 não é diferente.

O modelo inaugura a fábrica construída pela gigante coreana em Piracicaba, no interior de São Paulo. Instalações que custaram 600 milhões de dólares. Uma pechincha perto do que foi investido para a criação do novo Azera - mais de 1 bilhão de dólares, segundo a própria Hyundai. O hatch de linhas tão sinuosas quanto as dos últimos lançamentos da marca, como o bilionário Azera e o Elantra, também serve como um termômetro da importância do mercado brasileiro. Em vez de simplesmente produzir aqui o compacto i20, a Hyundai optou por desenvolver um produto específico para o brasileiro, montado sobre a plataforma que servirá de base para a próxima geração do i20. Então, ao menos em tese, o HB20, por enquanto, é estruturalmente mais evoluído que o irmão vendido na Europa.

Com 3,90 metros, o Hyundai empata com o Gol em comprimento. Eles também são equivalentes em largura (1,68 ante 1,66 metro) e altura (1,47 contra 1,46 metro). Essa similaridade de proporções com o Volkswagen não é gratuita: a Hyundai nunca escondeu que o Projeto HB seria um anti-Gol. Mas é bom que a concorrência se prepare, pois a primeira impressão deixada pelo HB é empolgante, permitindo ao compacto encarar inclusive rivais de categoria superior, como Sonic, New Fiesta e C3. E, se briga com carros do andar de cima, nada mais natural que dar um passeio nos concorrentes diretos - mas isso é assunto para um comparativo futuro, uma vez que a marca não liberou a entrada de modelos concorrentes na fábrica de Piracicaba, onde fizemos os testes para obtenção de números provisórios de desempenho, ruído e consumo. As três versões avaliadas (1.0, 1.6 e 1.6 automática) serão testadas novamente em nosso campo de provas, em Limeira, tão logo sejam cedidas pela Hyundai. Ainda que extraoficiais, os números são animadores.

Os motores são modernos, com bloco e cabeçote de alumínio e duplo comando no variador de fase nas válvulas de admissão. Tanto o 1.0 como o 1.6 são flexíveis e, apesar do frescor do projeto, trazem o tanquinho de partida a frio. Ambos fizeram bonito na pista da Hyundai, os 1.6 especialmente. O com câmbio manual, por exemplo, acelerou de 0 a 100 km/h em 10 segun- dos cravados e consumiu, com etanol, 7,4 km/l na cidade e 11,4 km/l na estrada. Para efeito de comparação com a concorrência, o Gol 1.6 2013 cumpriu as mesmas provas com 11,3 segundos e 7,6 e 10,3 km/l. As duas transmissões, manual de cinco marchas e automática de quatro, mostraram-se adequadas ao peso do HB, 953 kg o 1.0, 1000 kg o 1.6 manual e 1 027 kg o 1.6 automático.

A suspensão, diferentemente da do Gol, tem acerto suave, mais voltada para o conforto. Incomoda um pouco o curso curto dos amortecedores, que "dão batente" com certa facilidade ao passar com mais velocidade sobre pisos irregulares.

Cardápio com nove opções

Ao todo, o HB20 hatch - sedã e hatch aventureiro serão mostrados no Salão doAutomóvel de São Paulo e lançados até março de 2013 - terá nove combinações possíveis de equipamentos, como mostra o quadro da página 63. Os preços do 1.0 variam de 31995 reais (Comfort) a 37995 reais (Comfort Style), enquanto o 1.6 vai de 36995 reais (Comfort manual) a 47 995 reais (1.6 Premium automática).

O HB é um carro bem equipado de série, mas uma análise mais atenta revela alguns deslizes. Ar-condicionado, air-bag duplo, computador de bordo, limpador do vidro traseiro e direção hidráulica são de série desde a versão de entrada. No caso do 1.0, o sistema ABS só está disponível a partir do segundo pacote de opcionais (Comfort Style), que exige um investimento extra de 6000 reais - no 1.6 de entrada (Comfort), o ABS é de série.

De acordo com a Hyundai, as vendas do HB20 têm início na segunda semana de outubro. "Com muitas vantagens inéditas para o consumidor", ressalta Rodolfo Stopa, gerente de marketing da marca. Além da garantia de cinco anos, o HB20 chega com preços especiais de seguro: 1 300 reais o 1.0 e 1 600 reais o 1.6, independentemente da versão, do perfil do segurado e do CEP do local onde o carro irá rodar a maior parte do tempo. O HB será vendido em concessionárias dedicadas exclusivamente a ele, com visual próprio e farta exposição de material de divulgação da lista de preços de revisões (as duas primeiras terão mão de obra gratuita), peças e substituição dos principais itens de desgaste natural, como disco e pastilha de freio e embreagem. Infelizmente, a marca não divulgou os valores de revisões e peças nem enviou um carro para que o Cesvi pudesse determinar o índice de reparabilidade.



Equipamentos do HB20

1.0


Comfort - R$ 31.995
ar-condic., dir. hidr., airbag duplo, comp. de bordo, limp. do vidro tras.

Comfort Plus - R$ 33.995
Comfort + chave-canivete, travas e vidros elétricos, alarme, desemb. do vidro tras., tecido nas portas

Comfort Style - R$ 37.995
Comfort Plus + rodas de liga leve aro 14, retrov. elétricos compisca incorporado, faróis de neblina, volante com ajuste de altura e prof., ABS e som com CD, MP3, USB, iPod e teclas no volante

1.6

Comfort - R$ 36.995

ar-condic., dir. hidr., airbag duplo, comp. de bordo, limp. do vidro tras., ABS, retrov. da cor do carro

Confort Plus - R$ 38.995
Comfort + chave-canivete, travas e vidros elétricos, alarme, desemb. do vidro tras., tecido nas portas

Comfort Style - R$ 42.995
Comfort Plus + rodas de liga leve aro 14, retrov. elétricos com pisca incorporado, faróis de neblina, volante com ajuste de altura e prof. e som com CD, MP3, USB, iPod e teclas no volante

Comfort Style AT - R$ 45.995

Comfort Style + câmbio aut. e apoio de braço no banco do mot.

Premium - R$ 44.995
Comfort Style + rodas de liga leve aro 15, volante e câmbio de couro, faróis com acion. aut., sensorde estac., banco tras. bipartido

Premium AT - R$ 47.995
Premium + câmbio aut. e apoio de braço no banco do mot.

O sistema de som com CD, MP3, iPod, USB e comandos no volante está disponível como opcional livre (por 995 reais) nas versões Comfort e Comfort Plus dos HB20 1.0 e 1.6.



Veredicto


O ABS poderia ser de série desde a versão 1.0, mas a Hyundai optou por esperar pela sua obrigatoriedade, a partir de 2014. As versões 1.6, bem-equipadas, valentes e econômicas na pista, se mostram asde melhor custo-benefício.

>> Confira aqui o Desempenho do carro

>> Confira aqui a Ficha Técnica do carro

PUBLICIDADE

  • Novo Sandero
  • Vezel
  • Novo Fox
  • Duster
  • HB 20
  • Golf
  • Novo Ka
  • Corolla
  • Civic
  • Saveiro cab dupla
  • | A-Z |

PUBLICIDADE